Cacheada e loira: dicas para colorir e cuidar dos fios

Gabriela Torres
Procurar um profissional especializado em cabelo afro é um dos cuidados que a mulher deve ter para garantir um resultado perfeito

A hidratação mantém os cachos loiros mais bonitos e saudáveis.


Se antes o cabelo cacheado ficava escondido e restrito à cores naturais, hoje em dia isso não existe mais. Com produtos sem amônia e tratamentos intensos que hidratam os fios, agora, a mulher cacheada pode transformar o cabelo escuro em cachos loiros sem medo.

Para esta transformação, não basta decidir, correr para o salão e assumir os fios mais claros. Como o cabelo cacheado tende a ser mais frágil, é importante tomar alguns cuidados antes de mudar radicalmente a cor para não se arrepender depois.

O cabeleireiro Guto Ferreira, do salão Squasso, especializado em loiros e cabelos afro, explica que, para quem deseja ser loira mas está cheia de dúvidas na hora de clarear os fios, o primeiro passo é "procurar um bom profissional e ser verdadeira com ele".

A escolha do profissional

Esse é um ponto bastante importante, já que nem todos os cabeleireiros são especializados em coloração e cabelo afro. Por mais top que seja o salão ou o profissional, é essencial que ele entenda tudo sobre o seu tipo de cabelo, seja ele crespo ou cacheado, para não correr o risco do resultado dar errado. Se aventurar em colocar o cabelo cacheado nas mãos de quem não entende é super arriscado.

Seja sincera e tire todas as dúvidas

Pintar o cabelo é sempre uma mudança, ainda mais quando a escolha vai de um tom escuro para uma cor bem mais clara. Especialmente se o cabelo cacheado já passou por outros processos químicos. "Nunca minta para o cabeleireiro. Afinal, se ele não souber o que a cliente já usou ou usa nos fios, não pode saber o que usar, nem dar certeza que o cabelo não vai sofrer danos", explica Guto. 

Quem pode fazer

Não existe restrição antes do encontro com o profissional: o cabeleireiro vai saber o que pode ou não depois de conhecer o cabelo que será mudado. "Prefiro olhar e pegar no cabelo da cliente, mas de cara eu sei se é fraco ou não", afirma o hairstylist, que reforça a máxima de quanto menos química no cabelo, melhor, já que a cutícula é mais aberta e consegue absorver a cor de forma mais rápida. O teste de mecha também é importante para saber se o cabelo cacheado aguenta determinado produto.

Para quem usa química, a indicação são produtos sem amônia, que não agridem os fios. Para quem tem os fios mais sensíveis, ou seja, fáceis de serem quebrados ou danificados, o ideal é usar um descolorante específico para cabelos sensíveis. 

A escolha da cor

A escolha da cor ideal é importante não apenas para o tipo de cabelo, mas também para o tom de pele, afinal, boa parte das cacheadas são morenas e negras, e o loiro muda bastante. Ele ilumina o rosto e dá um efeito bem diferente do cabelo escuro. A mudança é tanta que até a escolha das cores da maquiagem deve ser repensada.

Como é feito o procedimento

O cabeleireiro explica que cada profissional tem uma forma específica de trabalhar, mas ele chama suas mechas de "criativas" e prefere aplicar o descolorante usando a técnica do esfumado.

Como a tendência é usar a raiz mais escura e clarear apenas o comprimento ou as pontas do cabelo, ele separa os fios por mechas e em cada uma delas passa o pente fino das pontas à raiz. Visualmente, fica um bolo de cabelo próximo ao couro cabeludo e alguns fios soltos, que vão receber a tinta.

O procedimento é mais fácil para quem tem cabelo liso. Para mulheres de cabelo cacheado ou afro, o ideal é fazer uma escova simples antes, só para facilitar o uso do pente fino e garantir um bom resultado. Feito isso em cada mecha, é colocado o papel laminado e controlar o tempo para o clareamento.

Cuidados necessários pós-coloração

Depois da coloração, é recomendado fazer hidratações periódica nos fios, pelo menos uma vez por semana em casa, além de usar cremes e finalizadores. No salão, a visita deve ser feita uma vez ao mês, para a uma reconstrução capilar. Os produtos usados pelo profissional agem de dentro para fora - exatamente onde a química atua.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto