Queda de cabelo: conheça as causas e saiba como prevenir

Jessica Krieger
Alimentação saudável e uso de produtos específicos para cada tipo de cabelo ajudam a prevenir a tão temida perda dos fios

Estresse, alterações hormonais e até fatores emocionais contribuem para a queda dos cabelos.


Ao longo da vida, os fios de cabelo nascem, crescem e caem com frequência, mas são substituídos por outros mais novos e fortes. O problema é que algumas pessoas tem uma propensão maior à queda, ou seja, o volume dos cabelos que cai é muito maior que a média.

Estima-se que a perda de 100 fios todos os dias pode ser considerado normal e faz parte do processo de renovação capilar. Se uma mulher percebe que está perdendo mais cabelo que o normal é porque a substituição por novas madeixas está deixando de existir. “Quando nota-se que essa queda está passando do usual, deve-se procurar um dermatologista com experiência na área de doenças dos cabelos e couro cabeludo. É importante lembrar que a queda de cabelo pode ser o primeiro sinal de uma doença sistêmica”, acredita o médico dermatologista Rodrigo Pirmez. 


Causas da queda de cabelo

Entre as principais causas da queda de cabelos estão: a hereditariedade, estresse físico ou emocional, alterações hormonais, doenças no couro cabelo ou ainda a falta de nutrientes por causa de má alimentação. 

“Situações comumente envolvidas na queda são anemia, deficiência de nutrientes como o ferro, problemas na tireoide ou mesmo doenças infecciosas como a sífilis”, esclarece o dermatologista. 

Queda de cabelo x alimentação saudável

Um dos principais fatores que interfere na queda de cabelo é a falta de refeições saudáveis, rica em vitaminas, proteínas e minerais. Segundo a dermatologista Patricia Delgadillo Trigo, do Hospital Sepaco, uma alimentação balanceada – e não abundante – ajuda a combater a perda. “Alimentos ricos em vitamina A, D, C e zinco previnem a queda e podem ser encontrados na cenoura, laranja, brócolis, lentilha e peixes”, afirma. 

Dicas e receitas caseiras

Muitas mulheres preferem usar receitas caseiras como misturar mel puro com óleo de coco, máscaras feitas com manjericão ou aplicação de chá de folha de amoreira. Embora sejam passadas de mães para filhas ao longo dos anos, estas receitas não têm eficácia comprovada, mas podem funcionar desde que a crença esteja alinhada com um tratamento médico adequado para cada problema de queda de cabelo. 

Mas existem cuidados que podem ser tomados no dia a dia que auxiliam a evitar a perda dos fios e, de quebra, ainda deixam os cabelos mais bonitos. Confira as dicas da dermatologista Patricia Delgadillo Trigo: 

  • Boa alimentação;
  • Evitar uso frequente de pranchas, secadores, fixadores e produtos para alisamentos sem o aval de um profissional competente;
  • Ficar atento ao escolher loções capilares que combatem a queda de cabelo e também vitaminas;
  • Se a causa da queda for uma doença, como a anemia, por exemplo, é importante tratar diretamente o problema;
  • Usar um bom shampoo e condicionador de acordo ao tipo de cabelo;
  • Hidratar os fios a cada 15 dias;
  • Lavar os cabelos a cada dois ou três dias no máximo, já que a oleosidade acumulada prejudica o crescimento e aumenta a queda.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto