Mega hair: descubra os mitos e verdades do alongamento dos fios

Jessica Krieger
Confira os prós e contras de cada uma das técnicas de alongar os cabelos e saiba como manter as madeixas saudáveis 

Apliques loiros estão entre os mais caros porque cabelos naturais neste tom são raros.


A maioria das mulheres já pensou em mudar radicalmente os cabelos do dia para a noite. Se o desejo for madeixas curtas, basta escolher um bom corte; se for transformar a cor, é preciso escolher o tom e tingir. Mas se a vontade é ter os fios mais longos...Há algum tempo, era preciso esperar anos e anos para ter os cabelos compridos e, hoje, é possível conseguir em poucas horas, com o uso do mega hair. 

Este técnica, também conhecida como alongamento, consiste em colocar mechas de apliques para ter o efeito desejado – seja para ter cabelos maiores ou com mais volume. Existem no mercado, inclusive, extensões com franja, para alongar a parte da frente do cabelo. A seleção do alongamento leva em conta o tipo de frio, textura e tonalidade para garantir um resultado ainda mais natural. 

“O mega hair virou um sucesso entre as famosas. Só que para ter um cabelo de estrela é preciso ter cuidado e atenção tanto ao colocar, quanto para manter. A saúde do couro cabeludo também é fundamental para evitar a queda dos cabelos”, alerta a hair stylist Caroline Leone, do Centro Estético Revigore Beleza.

Tipos de alongamentos

A empresária e cabeleireira Nilta Murcelli, da Nilta Perucas, conta que atualmente o uso da fita adesiva para fazer o alongamento está entre as técnicas mais usadas. “Ainda aconselhamos as clientes usarem o entrelaçamento, pois essa técnica não requer uso de química para fixação das tiras”, recomenda.

Ela explica quais são os principais tipos de mega hair existentes no mercado, além dos prós e contras de cada um deles:  

Alongamento instantâneo: utiliza presilhas “tic-tac” para facilitar a colocação e retirada pela própria cliente. Esses alongamentos são ideais para ocasiões especiais. Além das tiras de cabelos, há também a franja, tranças, rabos de cavalo, entre outros, que garantem um novo visual rapidamente. O grande benefício dessa técnica é a versatilidade. A pessoa coloca e tira o alongamento quando e como quiser.

Alongamento mega hair: este alongamento usa uma cola com queratina, o que pode danificar os cabelos. Para utilizar essa técnica é necessário ter uma dose extra de cuidados, caprichar na hidratação...  A manutenção deve ser feita a cada três meses. 

Alongamento microlink – técnica de entrelaçamento fixo, na qual as mechas finas de cabelo são presas aos fios naturais por meio de anéis metálicos. Pode ser demorado, mas o resultado vale a pena.

Alongamento com fita adesiva: técnica consiste em colar a tira de cabelo diretamente no couro cabeludo. A manutenção é mensal. 

Cabeleireiro separando as mechas para inserir as tiras de aplique.


Alongamento com ponto americano: com técnica exclusiva, criada pela Nilta, a cabeleireira entrelaça o aplique direto no próprio cabelo da pessoa. Leva, em média, de 15 a 30 minutos para entrelaçar cada tira. Para quem deseja aumentar o volume do cabelo, geralmente basta usar uma tira. Já para alongar o comprimento, é recomendado o uso de duas tiras de cabelos ou mais. “Este é o método mais recomendado, pois não danifica o cabelo. Com essa técnica a pessoa só precisa fazer a manutenção uma vez por mês e pode realizar as atividades do dia a dia normalmente, inclusive praticar esportes e lavar os cabelos.”, analisa Nilta. 

Quanto custa?

A especialista afirma que, atualmente os preços variam bastante de acordo com a cor e a textura desejadas. “A paleta de loiros é a mais procurada e, paradoxalmente, a oferta de cabelos naturais brasileiros loiros é menor. Então, o preço dos loiros acaba sendo mais elevado”, conta Nilta Murcelli.  

De maneira geral, uma boa tira loira totalmente natural custa a partir de R$ 2,5 mil. Uma morena, sai mais em conta. Mas antes de escolher a técnica, é preciso ter cuidado com a compra dos cabelos, escolhendo fios naturais e que não tenham passado por qualquer processo químico

Danifica os cabelos?

O mega hair pode sim danificar os cabelos, especialmente se os fios não forem tratados regulamente. Independente da técnica utilizada “é necessário, não somente cuidar dos alongamentos, mas do próprio cabelo, tratando o couro cabeludo”, diz Nilta. “Algumas clientes chegam ao salão para aumentar o comprimento ou volume dos cabelos que são fracos, mas ao longo do tempo, com o tratamento, os cabelos ganham mais força e elas conseguem diminuir o número de tiras...”, conta. 

A saúde do couro cabeludo também é importante neste processo. Por isso, antes de colocar um mega hair, é importante ter o aval de um dermatologista, que poderá checar a saúde da região em relação a problemas como dermatite ou escamação da pele

Cuidados essenciais

Com um mega hair, não tem problema lavar os cabelos todos os dias, mas é proibido dormir com os fios molhados, já que a atitude pode agredir as madeixas. A recomendação é hidratar sempre, com máscaras em casa ou tratamentos especiais no salão. 

Veja as dicas da hair stylist Caroline Leone para manter os cabelos com alongamento ainda mais bonitos: 

  • Lavagem:  Como o volume de cabelo aumenta, fica mais difícil lavar bem toda a cabeça, o que pode aumentar a oleosidade e facilitar a queda. A sugestão é usar um shampoo que deixe o couro cabeludo mais ressecado;
  • Cuidados na hora de pentear os fios:  Separe em mechas e comece a pentear de baixo para cima, bem devagar; 
  • Alisamento dos fios:  É importante muito cuidado com a chapinha e o secador. Ao usar a chapinha, mantenha uma distância mínima de três dedos da raiz do cabelo;
  • Manutenção: A troca periódica é muito importante para não atrapalhar no crescimento dos fios naturais;
  • Coloração: Não é correto fazer mudanças radicais de cor depois de ter o mega hair aplicado. O cabelo aplicado é delicado, merece um cuidado especial; 
  • Fuja da piscina: Piscinas não são indicadas por causa do cloro, pois afeta a durabilidade do fio e altera a coloração, deixando os fios do mega hair mais claros que o cabelo natural.
  • Na hora de dormir: Faça uma trança para dormir, o que evita o emaranhado e embaraçado dos fios.
 
Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto