Tiger eye é tendência para iluminar os cabelos

Priscila Pegatin

Técnica mescla cores sem perder o tom natural dos fios

Conheça a técnica Tiger eye. © Reprodução/Instagram


Depois da febre do ombré os cabelos ganharam uma nova técnica de coloração, o tiger eye. A inspiração veio de uma pedra que tem o mesmo nome, olho-de-tigre, em tradução livre. O estilo, inclusive, já é o favorito de famosas, como Jennifer Lopez, Jessica Alba e Alessandra Ambrósio

A coloração mescla tons de marrom e caramelo, lembrando a pedra e proporcionando um efeito com luminosidade, contraste e profundidade, sem perder a cor natural.

Como é feito?

O tiger eye é feito a partir de pequenas mechas de cabelo que recebem tintura no comprimento, deixando a raiz natural. Diferente do ombré hair, em que são usadas cores que deixam o cabelo degradê e mais claro nas pontas, no tiger eye a coloração combina tons de caramelo, dourado, marrom, chocolate ou avelã, resultando em fios uniformes.

“Os tons escolhidos devem estar de acordo com o tipo de pele da mulher. Se ela for de um tom mais quente, para ter o efeito do tiger eye, é preciso usar tons mais frios ou o contrário, resultando em uma harmonia no visagismo”, explica Bruno Ximendes, hairstylist do C. Kamura SP.

Como o tiger eye é um procedimento químico, o cabelo deve estar saudável, ou sejahidratados e sem danos, para obter um bom resultado. “Fazemos uma avaliação de cada cabelo antes da indicação da técnica”, diz.

Os cuidados com o tiger eye

A vantagem do tiger eye é que, além de deixar os cabelos naturais, a raiz permanece sem química e o intervalo entre os retoques é maior. “Pode ser feita uma nova coloração a cada dois a três meses”, diz Ximendes.

Sobre os cuidados em casa, o hairstylist aconselha que eles sejam os mesmos de qualquer outro tipo de química. "Usar produtos com indicação para cabelos coloridos, hidratação ou máscara e protetor solar nos fios", finaliza. 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto