15 filmes sobre casamento que divertem e ensinam

Ana Paula Cardoso
  • Confira a seleção de clássicos do cinema que fazem refletir sobre as questões do matrimônio

    +-
    Filmes sobre casamento costumam fazer sucesso no cinema e ensinam sobre a vida. © iStockphoto.com


    Cinema é sempre uma grande diversão, mas pode ser ainda uma fonte inspiradora para grandes lições de vida. Na abertura do livro Lições que a Vida Ensina e a Arte Encena, os autores Douglas Peternela e Márcia Luz afirmam que os filmes e desenhos animados, produzidos pela indústria do cinema, podem ser instrumentos para facilitar a aprendizagem e o desenvolvimento do ser humano.
     
    De acordo com o livro, as obras cinematográficas despertam os sentidos e mexem com as emoções. Assim como a vida, que, em constante mutação, mostra a cada instante novas lições.
     
    Com os filmes que giram em torno do tema casamento não é diferente. Uns filmes são mais engraçados, outros mais sensíveis. O certo é que quando o cinema e o casamento se encontram, a união costuma dar certo. Inspire-se e relaxe com algumas obras cinematográficas, selecionadas especialmente para quem está nos preparativos para se casar.

  • O Casamento de Muriel

    +-
    O filme "O Casamento de Muriel" ensina como nunca desistir de seus sonhos. © Reprodução


    O filme australiano de 1994, dirigido por PJ Hogan, conta a história de uma moça rejeitada pelos pais e amigos, considerada esquisita, mas para quem a vida se resumia em duas grandes felicidades: ouvir músicas da banda Abba e sonhar com seu casamento.
     
    A comédia, com toques de drama, lançou a atriz Tony Collete, que explodiu anos depois em dois grandes sucessos: O Sexto Sentido e Pequena Miss Sunshine.
     
    O que o filme ensina: é preciso perseverar e acreditar nos seus próprios sonhos, mesmo que o mundo ao redor insista em lhe dizer ser impossível.

  • Casamento Grego

    +-
    "Casamento Grego" é um filme que aborda união entre duas pessoas de culturas distintas. © Reprodução


    Uma jovem grega se apaixona por um não-grego e precisa se esforçar para que sua família o aceite, ao mesmo tempo que tenta fazer o noivo se adaptar aos costumes e tradições de sua cultura. 

    Essa deliciosa comédia romântica foi dirigida por Joel Zwick e alcançou um estrondoso sucesso de bilheteria. O galã do filme é John Corbett e o roteiro foi escrito pela atriz que protagonizou o filme, Nia Vardalos

    O que o filme ensina: família adora se envolver nos preparativos. É preciso ter tolerância e muita habilidade para fazer as coisas do jeito que o casal quer, principalmente quando se casam duas pessoas oriundas de culturas distintas.

  • O Casamento dos meus Sonhos

    +-
    O filme "O Casamento dos meus Sonhos" mostra várias cenas de como organizar uma cerimônia. © Reprodução
     

    Neste filme para lá de romântico, Jennifer Lopez vive uma cerimonialista bem sucedida que acaba se apaixonando pelo noivo de um dos casamentos que organiza, vivido por Matthew McConaughey

    O filme mostra diversas situações típicas da organização de um casamento, como a escolha da decoração, música, além de algumas divergências entre noivos e a intromissão dos pais.

    O que o filme ensina: trabalho não compensa a falta de amor, a vida não pode ser controlada e casamento é muito mais do que uma grande festa.

  • O Banquete de Casamento

    O filme "O Banquete de Casamento" tem um final surpreendente. © Reprodução


    Dirigido pelo taiwanês Ang Lee (O Segredo de Brokeback Montain), o filme conta a história de Wai-Tung (Winston Chao), um bem-sucedido empresário tailandês do mercado imobiliário que vive feliz com o seu namorado Simon (Mitchell Lichtenstein). 

    Wai-Tung teria uma vida perfeita se não fosse a mentira que durante mais de vinte anos deu a entender aos seus pais que ele se casaria com uma mulher. O filme é cheio de sutilezas típicas das produções orientais e traz um dos desfechos mais surpreendentes da história do cinema.

    O que o filme ensina: por mais moderno que seja o casal, a aceitação do cônjuge pelos pais é sempre algo importante para quem vai se casar.

  • Noiva em Fuga

    "Noiva em Fuga" é um filme sobre tentar se adaptar ao outro. © Reprodução


    Nesta comédia romântica dirigida por Garry Marshall, Julia Roberts é uma personagem que tenta se casar por três vezes, mas na hora de subir no altar sempre acaba fugindo. 

    Um repórter, interpretado por Richard Gere, vai até a cidade apurar a história dessa noiva fujona e tentar entender os motivos de sua eterna desistência, sempre em cima da hora das bodas. O filme trouxe de volta o par romântico que protagonizou o sucesso Uma Linda Mulher.
     
    O que o filme ensina: não é preciso se moldar ao outro. Para ser feliz no amor, o importante é ser você mesma.

  • Quatro Casamentos e um Funeral

    "Quatro Casamentos e um Funeral" já é um clássico entre os filmes sobre casamento. © Reprodução


    Sob a direção de Mike Newell, o ator inglês Hugh Grant interpreta um homem que pensa ter encontrado a mulher de sua vida ao conhecer a bela e extrovertida americana Carrie (Andie MacDowell).

    Mas no desenrolar do filme, muitas surpresas parecem condená-lo à eterna vida de solteirão. Emocionante e divertido, o filme virou um clássico entre as comédias românticas inglesas.

    O que o filme ensina: muitas vezes nos sentimos fracassados no amor. Mas, na verdade, a felicidade pode vir depois de momentos difíceis.

  • O Casamento do Meu Melhor Amigo

    Julia Roberts é a estrela de mais um filme sobre casamento. © Reprodução


    Outra vez Julia Roberts está à frente de um filme sobre casamento. Nesta divertida história dirigida por PJ Hogan, a atriz interpreta uma crítica gastronômica que descobre-se apaixonada pelo melhor amigo, quando recebe a notícia que ele vai se casar.   

    Isso porque o casal de amigos havia combinado de se casar caso continuassem solteiros até completarem 28 anos. Julianne, nome da personagem vivida por Julia Roberts, aceita o convite para ser madrinha, mas tenta de tudo para fazer o amigo desistir da união.

    O que o filme ensina: é preciso saber a hora de parar de insistir naquilo que não vai dar certo.

  • O Filho da Noiva

    "O Filho da Noiva" retrata a realização do sonho do casamento em qualquer idade. © Reprodução


    A filmografia argentina tem conquistado cada vez mais um público cativo. Nesta comovente história, o conceituado ator portenho Ricardo Darin interpreta um homem muito ocupado e racional, às voltas com os problemas cotidianos, dentre os quais, a mãe que vai perdendo a memória. 

    Dirigido por Juan José Campanella (Oscar de melhor filme estrangeiro de 2010 por O Segredo dos seus Olhos), o filme é uma doce lição de vida e de amor.

    O que o filme ensina: não há idade ou doença capazes de impedir que se celebre o amor através do casamento.

  • Vestida para Casar

    No filme "Vestida para Casar" são vistos 27 modelos de vestidos para madrinhas de casamento. © Reprodução


    Um desfile de vestidos de madrinha e a predisposição para essa 'função'. Isso é o que se vê na tela deste filme dirigido por Anne Fletcher. Obcecada pelo sonho de se casar, a personagem interpretada por Katherine Heigl só consegue chegar ao altar pelo lado reservado aos padrinhos. 

    Depois de ser madrinha de 27 cerimônias, acaba virando matéria de revista e quase perde suas esperanças de realizar seu sonho. Mas a bela acaba aprendendo que a ansiedade não ajuda em nada na busca do amor.

    O que o filme ensina: a cerimônia deve ser sempre a cara dos noivos e nada é ridículo ou exagerado na hora de realizar um casamento.

  • Um casamento à Indiana

    "Um Casamento à Indiana" são mostrados as tradições e conflitos de uma cultura diferente da nossa. © Reprodução


    Mostrando detalhes da preparação de um casamento tipicamente indiano, que pode durar até uma semana, o filme dirigido por Mira Nair e lançado em 2001 fez sucesso no Brasil antes mesmo da novela Caminho das Índias.

    Embalada por cores e danças, a história retrata a organização de um casamento arranjado pela família e os conflitos que esse tipo de tradição causa nas novas gerações. Ao mesmo tempo, a energia que envolve os preparativos de uma festa tão rica em detalhes e rituais mexe até com quem está contrariado. 

    Interessante observar o tipo de roupa dos noivos e noivas, a importância das flores e dos alimentos servidos na festa. Tudo sempre com muita música e alegria, bem à moda indiana. 

    O que o filme ensina: a aura de alegria que envolve um casamento é contagiante a ponto de mudar as emoções negativas para positivas.
     

    LEIA TAMBÉM

    Amor sem fronteiras: curiosidades sobre casamentos ao redor do mundo
     

  • Mamma Mia!

    Mamma Mia!: de uma peça da Brodway para o sucesso no cinema. © Reprodução


    Sucesso como peça na Brodway durante muitos anos, a história contada através das canções do conjunto musical pop australiano Abba chegou aos cinemas em 2008. A versão para  a telona conta com cenários paradisíacos de uma ilha grega, onde será realizado um casamento.

    Com atuações brilhantes de atores consagrados, como Meryl Streep, o tema do filme gira em torno de como seguir sem gafes uma cerimônia tão tradicional como o casamento, quando os modelos de família já não são tão tradicionais.

    O que o filme ensina:  que um momento como o casamento é uma grande oportunidade para estreitar os laços de família. Envolver mãe, pai, amigos é o que dá graça e beleza a este momento que demarca uma mudança de vida.

  • A Jovem Rainha Vitória

    A Jovem Rainha Vitória: filme ganhou Oscar de melhor figurino. © Reprodução


    O filme inglês de 2010, dirigido por Jean-Marc Vallée, conta a história da rainha Vitória da Inglaterra quando jovem. A monarca, que reinou por 63 anos, ficou conhecida por ter casado por amor ao escolher o príncipe Albert como companheiro de vida. E o filme conta essa bela história de amor.

    Um dos pontos altos da película é justamente o figurino (o filme ganhou Oscar de melhor figurino) da cena de casamento da protagonista, vivida pela atriz Emily Blunt. Lembrando que o vestido clássico usado pela rainha lançou a moda do vestido branco em casamentos, que até então não era uma tradição. 

    O que o filme ensina: sobre o companheirismo entre os cônjuges e a importância de basear relação numa sólida amizade. E, sem dúvida, também dá uma visão bem atual de feminismo, afinal, se até a Rainha Vitória fez a proposta ao seu Albert, todamulher pode pedir um homem em casamento sem medo.

  • Missão Madrinha de Casamento

    "Missão Madrinha de Casamento": fala de casamento e amizade. © Divulgação


    O filme americano foi lançado em 2011 é uma comédia que retrata uma parte bem sensível da organização de uma cerimônia de casamento: a escolha e a função das madrinhas.

    No longa metragem, as amigas que vão acompanhar a noiva no altar entram em uma disputa para saber quem é a amiga mais próxima e criam uma série de confusões.

    O que o filme ensina: o valor da amizade, que nunca será substituído, mesmo quando se encontra o amor da vida e se resolve mudar de estado civil.

  • Um Casamento Quase Perfeito

    "Um Casamento Quase Perfeito": protagonista resolve casar com ela mesma. © Reprodução


    E quando o amor não chega e o seu sonho continua a ser realizar uma cerimônia e festa de casamento? No filme I Me Wed, traduzido para o português como Um Casamento Quase Perfeito e lançado em 2007, a personagem principal decide resolver este problema.

    Isabel Darden, vivida pela atriz Erica Durance, é uma mulher bem sucedida e atraente de 30 anos, fica cansada de pessoas perguntando "quando você vai se casar?" e decide levar ao altar a pessoa que ela mais ama:  ela mesma! Mas o destino, esse brincalhão, resolve colocar alguns obstáculos no caminho.

    O que o filme ensina:  o longa é divertido ao mesmo tempo que trata de questões o profundas, como a importância da autoestima para que os relacionamentos amorosos deem certo.

  • Noivas em Guerra

    "Noivas em Guerra": como pano de fundo, aula de como organizar um casamento. © Reprodução


    O filme, lançado em 2009 no Brasil, conta a história de duas melhores amigas que desejam a mesma data e local para realizarem o casamento, mas não querem fazer juntas. A partir daí, entram em uma disputa que parece sem fim, colocando em jogo a fiel amizade de ambas. 

    O que o filme ensina: entre situações cômicas, o filme, cujo título original é Bride Wars, acaba dando uma aula de como organizar um casamento. Afinal, as protagonistas passam a maior parte das suas aventuras entre visitas a locais da festa, da cerimônia e em contato com fornecedores.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto