Saiba como escolher as flores certas para os arranjos de casamento

Jessica Krieger
Não faltam opções para todos os estilos, mas alguns detalhes simples podem baratear os custos e deixar a festa ainda mais bonita
Arranjos pequenos com flores da estação estão em alta.

Naturais ou artificiais, modernos ou vintage, repletos de plantas ou minimalistas. Os arranjos de flores, combinados a outros elementos que fazem parte da decoração do casamento, conseguem criar uma atmosfera romântica e intimista na festa e também na cerimônia. O problema é que são tantas opções disponíveis que os noivos ficam até perdidos na hora de fazer a escolha!
 
Muitos fatores devem ser levados em conta na hora de selecionar as flores para o casamento: a festa será ao ar livre? O espaço fechado é climatizado? Quais são as cores favoritas do casal? Os convidados poderão levar os arranjos para casa? Qual o orçamento disponível para estes itens? “Após definir as diretrizes iniciais, o casal consegue começar a pensar em preços, já adequando a seleção às reais necessidades da decoração e estrutura do evento”, afirma a arquiteta Tatiana Goldstein. 

Flores da estação

Escolher flores da estação é uma forma de baratear as despesas com a decoração do casamento. No verão, se a noiva escolhe casar com tulipas ou peônias, por exemplo, com certeza terá um custo exorbitante, porque são plantas que crescem nos dias mais frios do ano. Apostar em espécies que costumam ser mais baratas e que florescem o ano todo pode ser um diferencial.
 
Arranjos altos deixam a decoração mais sofisticada e moderna.

Flores mais resistentes são apostas para o verão. “Apostar nas suculentas é uma ótima ideia: apesar de não serem flores, têm formato floral e são perfeitas para um casamento ao ar livre. Se a noiva quer algo mais delicado e clássico, vale apostar na chuva de prata, uma flor comum, de relativo baixo custo e de certa resistência”, afirma Tatiana.
 
Para arranjos de flores mais elaborados, sofisticados e para orçamentos mais flexíveis, a dica é o lisianthus. “Uma flor linda, que dura até três dias, mesmo no calor, mas de alto custo em comparação com outras espécies”, completa.  Na Primavera, a oferta de flores é maior e, por isso, os valores diminuem consideravelmente. Ao contrário do inverno, quando os gastos com transporte e manuseio são mais altos. 

Tendências em arranjos

Os arranjos de flores são elementos cada vez mais flexíveis na ornamentação do casamento, já que hoje há uma variedade imensa de tamanhos e modelos disponíveis aos noivos. Tudo vai depender do orçamento, estilo de festa e também a personalidade do casal. A mistura de cores e tamanhos de flores está em alta, assim como o mix de espécies que contrastam entre si.
 
É possível fazer arranjos redondinhos e perfeitos ou aqueles mais assimétricos, em um estilo selvagem com flores do campo. “Arranjos monocromáticos para uma decoração mais tradicional e coloridos, para uma decoração mais descontraída. Os maxi arranjos continuam em alta para festas sofisticadas e cheia de glamour”, enumera Tatiana.  
 
Flores minimalistas na decoração da Igreja.

Para a paisagista e designer floral Silvia Cavalcante, os noivos estão optando cada vez mais por buquês com elementos como galhos secos, materiais rústicos e artesanais. “Outra tendência é fazer uma composição de muitos vasos com poucas flores, para um visual minimalista que fica lindo”, completa. 

Quais flores escolher?

Silvia afirma que, na Igreja, as topiarias ainda fazem muito sucesso, além do uso de flores como lisianthus, rosas, alstroemérias e aster. “Já na recepção, podemos diversificar e usar a criatividade. Sempre lembrando que a mesa dos doces é o ponto principal e a decoração deve ser bem caprichada”, observa.
 
As orquídeas ainda são as queridinhas dos noivos, conferindo um toque de requinte e sofisticação ao ambiente da festa e da celebração religiosa ou civil. Nos meses mais quentes do ano, esta planta tem valores ainda mais atrativos – o que contribui com a escolha. Além disso, os tons fortes desta flor, que vai do roxo ao rosa, passando por matizes azuladas, contribuem para destacar os arranjos florais no casamento.
 
Com orquídeas ou outras flores, confira algumas dicas de como selecionar as espécies e elaborar arranjos incríveis para o casamento:
  • A noiva deve procurar um profissional da área para ajudar na escolha das flores e tamanho dos buquês que vão decorar a festa; 
  • É importante escolher as cores para adaptar os arranjos de flores à palheta de tons definidos;
  • Se o casamento for ao ar livre, cuidado com flores que atraem muitos insetos;
  • Fique atento à resistência das espécies: não há nada pior que flores murchas na decoração;
  • Escolha suportes que permitam o uso de água ou até pedras de gelo, em caso de espécies especialmente delicadas.
Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto