Cravos: descubra como acabar de vez esse problema na pele

Jessica Krieger
Saiba como eliminar estes pontinhos pretos do rosto, que se agravam com a má higienização da pele e uso excessivo de maquiagem e cremes de textura oleosa

Sabonetes especiais, limpeza de pele e tratamentos avançados ajudam a combater os cravos.


O comedão, popularmente conhecido como cravo, é reconhecido como aqueles pontinhos pretos que surgem na pele, especialmente do rosto. É um dos problemas dermatológicos mais comuns, que aparecem com mais frequência na adolescência, mas também na vida adulta. Surgem de forma mais intensa no sexo masculino e mais persistente, no caso das mulheres. 

O cravo se forma graças a um desequilíbrio no processo de queratinização daqueles poros por onde nascem os finos pelos faciais. E isso gera um acúmulo de sebo e queratina por baixo da superfície da pele. A dermatologista Luciana de Abreu explica que os cravos podem ser pretos, quando este pequeno orifício fica aberto na superfície da pele, ou brancos, quando estes poros são fechados e recobertos por uma fina camada de pele. Mas quando os cravos apresentam um componente inflamatório, como o surgimento de bactérias, por exemplo, eles podem se transformar em espinhas.  

Aumento da oleosidade

Todas as mulheres estão suscetíveis ao aparecimento de cravos, tanto pela má higienização da pele, quanto pelo uso excessivo de maquiagem. “Os principais fatores desencadeantes são genéticos e hormonais; porém, o uso de cosméticos muito oleosos ou cremosos em excesso pode piorar o quadro”, acredita Luciana de Abreu, que integra a clínica Dr. André Braz no Rio de Janeiro. 

Um dos principais fatores associados ao surgimento dos cravos é a oleosidade da pele. O uso de hormônios masculinos e anabolizantes piora ainda mais a obstrução dos poros dilatados, favorecendo o surgimento de cravos e espinhas.  “Atualmente, há indícios de que o consumo de alimentos que promovam aumento rápido do índice glicêmico e derivados de leite de vaca possam agravar quadros de acne”, ressalta a dermatologista.

Combate aos cravos

Cyro Hirano, dermatologista de famosas como Giovanna Antonelli, Yasmin Brunet e Isabella Santoni, afirma que o tratamento contra os cravos deve ser global, incluindo procedimentos como a extração por meio da limpeza de pele. “A terapêutica visa também a diminuição das bactérias da pele, além de acelerar a esfoliação e diminuição do sebo”, explica Hirano, da CD Clínica Dermatológica. 

A limpeza de pele é útil na remoção da queratina e sebo que ficam dentro dos poros, melhorando a estética da pele e até mesmo reduzindo as chances da formação de espinhas. Já a esfoliação pode ser feita com buchas ou sabonetes específicos que contém microesferas, argila branca ou verde que auxiliam na remoção de impurezas da pele. 

O uso de sabonetes desengordurantes ajuda a reduzir a oleosidade da pele. “A indicação é lavar o rosto com estes produtos somente de 2 a 3 vezes ao dia. Caso contrário, podem ser irritativos, ressecando e até estimulando a seborreia”, diz Hirano. 

Novas tecnologias também podem auxiliar no tratamento. “Os peelings químicos são recomendados desde que realizados por um dermatologista. E as novas terapias com uso de lasers e LEDS (chamada de terapia fotodinâmica) que trazem excelentes resultados”, acrescenta o dermatologista. 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto