Descubra os tipos de argila e seus benefícios para a pele

Jessica Krieger
A argila faz parte de tratamentos estéticos e medicinais graças as suas propriedades que regeneram, cicatrizam e tratam a pele

Argila verde para tonificar e fortalecer a pele do rosto.


Não é de hoje que os tratamentos estéticos à base de argila fazem tanto sucesso entre as mulheres. Seus benefícios para a pele são conhecidos há centenas de anos: os egípcios, por exemplo, usavam este produto de origem natural como componente para a mumificação. Já os gregos se serviam da argila quente para auxiliar no combate às dores reumáticas

Em máscaras faciais ou espessas camadas pelo corpo, tratamentos com argilas também conhecidos como Argiloterapia ou Geoterapia ajudam a eliminar as toxinas, além de regenerar e acalmar a pele. Tudo isso graças à rica composição da argila, que apresenta elementos como magnésio, zinco, ferro, cobre e titânio que limpam e hidratam, além de melhorar a reconstrução dos tecidos e a reprodução celular.

Por isso, os procedimentos estéticos com argila são utilizados tanto na pele quanto nos cabelos. “Seus componentes são ideais para absorver as toxinas nocivas para o organismo, sendo antimicrobiana e antisséptica. Existem tipos diversos de argila, cada um de uma cor e benefícios diferentes”, conta Gilsa Carmo dos Santos, fisioterapeuta dermato-funcional do Buddha Spa. 

Argilas mais usadas

Gilsa explica que, normalmente, as argilas mais indicadas para uso frequente são aquelas de cor branca e verde. “A branca pode ser usada em todos os tipos de pele e a verde promove uma esfoliação, nutre os tecidos com sais minerais e absorve radiação solar, retardando o envelhecimento e ambas são de fáceis de encontrar”, revela a fisioterapeuta. 

No caso da argila verde, Monique Lopes do staff da estética Beauté by Casal Plástica, esclarece que para peles oleosas, o uso pode ser feito em dias intercalados enquanto para peles secas, não é indicado passar mais que duas vezes na semana. “Para utilização diária, é indicada a rosa, por ser mais suave. Lembrando que este uso contínuo deve ser avaliado e indicado por um profissional”, acrescenta. 

Tipos de argilas e seus benefícios

Gilsa Carmo dos Santos, fisioterapeuta dermato-funcional do Buddha Spa, detalhou para A Revista da Mulher os principais tipos e cores de argilas e suas propriedades que fazem bem à pele:

Argila verde - é indicada para peles oleosas e com acne. Tem ação adstringente, tonificante, estimulante, secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante se aplicada como máscara facial no tratamento de beleza. 

Argila branca - é recomendada para peles sensíveis e desidratadas. Contém o maior percentual em alumínio e seu pH é muito próximo ao da pele. Seus benefícios são: clarear, absorver a oleosidade da pele sem desidratar, ação suavizante e cicatrizante. 

Argila vermelha - é indicada para peles mais sensíveis e rosadas. Tem grande capacidade de absorver oleosidade e renovar a estrutura das células, deixando o rosto, corpo e até os cabelos mais bonitos e saudáveis.

Argila rosa - é a mistura da argila branca com a vermelha. Por ser mais suave, a argila rosa é indicada para as peles sensíveis e delicadas. Ela possui ação desinfetante, cicatrizante e suavizante. 

Argila cinza - é usada em peles oleosas e com manchas. Devido ao titânio presente em sua composição, combate espinhas, cravos e é um excelente esfoliante. A argila cinza é antioxidante natural, retardando o envelhecimento da pele. 

Argila preta  - é a mais nobre de todas, pode ser encontrada também como lama vulcânica. Tem ação anti-inflamatória, antiartrítica, absorvente e antiestresse. É um excelente agente rejuvenescedor.

Argila dourada ou amarela - é rica em silício; tem ação tonificante é indicada para peles maduras e cansadas.

Argila marrom- é uma argila rara devida sua pureza. Eficaz contra acne e tem efeito rejuvenescedor do tecido.


Como fazer em casa?

No caso dos cabelos, o ideal é usar a argila somente na raiz, especialmente para retirar a oleosidade. Já para tratar celulite e gordura localizada, recomenda-se, depois de aplicar o produto na pele, cobrir a área com uma faixa. Lembrando que para um melhor efeito, é preciso aquecer o local, seja em sauna ou com aparelhos específicos para este fim.

Antes do uso, é importante escolher a cor da argila específica para cada objetivo. “Durante os protocolos estéticos, incluímos a argila pela carga de minerais importantes que podem ser repostos, tornando a pele nutrida, firme e saudável”, analisa Nancy Ishikawa, esteticista e educadora técnica da Dermalogica no Brasil. 

Para a aplicação em casa, ela recomenda os seguintes procedimentos: 

Mascara facial - Limpar a região a ser tratada com um higienizante. Hidratar aproximadamente 1 colher de sopa de argila em água ou em água termal. Aplicar na região a ser tratada. Deixar agir por 10 minutos. Mantenha a argila hidratada durante todo o tempo de ação. Retirar com água e aplicar o hidratante ideal para o tipo de pele.  

Mascara corporal - Limpar a região a ser tratada com um higienizante. Hidratar a argila em água ou em água termal. Aplicar na região a ser tratada. Deixar agir por 10 minutos. Mantenha a argila hidratada durante todo o tempo de ação. Retirar na ducha ou com gaze umedecida e aplicar o hidratante ideal para o tipo de pele. 

Mascara capilar - Hidratar 2 colheres de argila em água ou em água termal. Aplicar no couro cabeludo. Deixar agir por 10 minutos. Mantenha a argila hidratada durante todo o tempo de ação. Retirar com água e prosseguir com a rotina de higienização diária (shampoo e condicionador). 

Copyright foto: iStock

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto