Formato da prótese de silicone influencia no resultado?

Etiene Resende
Especialista explica como o formato das próteses pode influenciar no resultado final e aponta avanços nas técnicas para implantes

O formato da prótese de silicone pode influenciar no resultado final.


Na última década houve um grande aumento no número de mulheres que buscam no implante de silicone nos seios uma maneira de se sentir melhor com o corpo. Estima-se que são realizadas anualmente mais de 110 mil cirurgias de aumento da mama no Brasil. Considerando que existem hoje mais de 200 modelos de próteses diferentes, é comum que haja dúvidas na hora de decidir.

O Cirurgião Plástico e especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, André Colaneri, afirma que cada formato de prótese tem uma indicação. “Hoje há vários tipos de próteses (redonda, anatômica, cônica). Podem variar de perfil (super alto, alto, moderado, baixo). Os planos de colocação também podem variar (abaixo da glândula, abaixo do músculo, abaixo da fasquia, duplo-plano)”, destaca.

Formato da prótese de silicone

André Colaneri reforça que o formato da prótese de silicone influencia sim no resultado final do implante, o que aumenta a responsabilidade do profissional em orientar a paciente sobre o que ficará melhor. Ele lembra que atualmente o formato mais procurado ainda é a prótese redonda, seguida da que traz um perfil anatômico.

Em relação ao material, o mais utilizado nas próteses mamárias para implante é o silicone gel. “Hoje pouco se usa a prótese salina (com soro fisiológico dentro), visto que estas são mais facilmente rompidas e dão resultados menos naturais”, ressalta.

O cirurgião explica que o primeiro passo para quem quer fazer um implante de silicone ou qualquer outro tipo de cirurgia plástica é procurar um especialista para passar em consulta e ver as possibilidades e melhores opções. “São muitas variáveis e uma pessoa leiga não tem conhecimento para escolher sozinha a melhor opção”, conclui.

Implante de silicone: pré e pós-operatório

O nome técnico utilizado por especialistas é Mamoplastia de Aumento, procedimento que tem como objetivo principal aumentar ou retomar o formato natural (anterior à ação do tempo). Apesar de gerar discussões, não há uma idade mínima ou máxima recomendada, mas deve ser feita somente após o desenvolvimento completo da mama. 

O preço pode variar de acordo com cada caso, dependendo sempre da avaliação do especialista responsável. Por questão de ética profissional os especialistas não indicam um valor exato, mas é fácil encontrar informações que apontem para preços que variam entre R$ 6 mil e R$ 15 mil reais atualmente.

A cirurgia para o implante das próteses dura em média uma hora, com estadia na clínica entre 8 e 24 horas. O período de recuperação é em média de 7 a 14 dias. Além disso, os avanços nas técnicas de implante permitem hoje que a cicatriz seja ainda mais discreta, quase imperceptível.

Durante o pré-operatório devem ser feitos os exames laboratoriais (como em qualquer outra cirurgia) além da mamografiaJá no pós-operatório será preciso o uso de um curativo em forma de sutiã nas primeiras 24 horas, sendo contraindicado também dormir de bruços por pelo menos 10 dias.

Em relação à duração dos resultados, especialistas afirmam que vai depender de cada caso, podendo ser feitas cirurgias para remoção ou mesmo troca das próteses sempre que necessário. 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto