7 dicas práticas para evitar as estrias

Fernanda Lima

Alimentação correta, atividade física e pele sempre hidratada são algumas das dicas da especialista

Hidratar a pele com cremes ou óleos é fundamental para evitar as estrias.


As estrias são consideradas um dos maiores pesadelos femininos, pois afetam a autoestima e qualidade de vida. São mais comuns nas regiões de coxas, quadris, flancos, abdômen, mamas, costas e braços. Além de variar de espessura, podem acometer pequenas ou extensas áreas em uma ou diversas regiões do corpo.

De acordo com Silvilena Bonatti, fisioterapeuta dermatofuncional e consultora científica da Ibramed, as estrias são caracterizadas pela ruptura das fibras de colágeno da pele, formando lesões lineares. Inicialmente, elas são avermelhadas, chamadas de estrias rubras. Com o tempo, tornam-se brancas, sendo denominadas de estrias albas. Felizmente, não causam dores ou sintomas físicos.
 

Quais são as causas da estria? 

Segundo a especialista, as causas mais comuns do surgimento das estrias são o “estirão” da adolescência, a gestação, o ganho de peso ou grandes emagrecimentos. “A pele tem propriedades elásticas que permitem que ela seja estirada e volte ao normal, mas quando ela é esticada além do seu limite, suas fibras tendem a romper-se em algumas regiões, formando-se as estrias”, explica Silvilena.

Genética e hábitos de vida também são considerados fatores agravantes para o surgimento das estrias. Duas causas menos comuns são o uso crônico de corticoesteróides e a presença da Síndrome de Cushing, uma condição rara que atinge quem tem altos níveis de cortisol.

Apesar de não ser possível remover as estrias definitivamente, há inúmeros tratamentos estéticos que amenizam e disfarçam o problema. Mas vale lembrar prevenir é o melhor remédio. Por isso, confira algumas dicas práticas que podem ajudar a evitar este problema. 

 

Dicas práticas para evitar as estrias

  1. Mantenha uma alimentação balanceada
    É fundamental manter uma boa alimentação, pois ela reflete na pele. Por isso, evite doces em excesso. Eles causam um processo chamado glicação em que a molécula de glicose se liga à fibra de colágeno, comprometendo sua distensibilidade e função.
     
  2. Invista nos alimentos certos
    Alguns alimentos podem ajudar a evitar as estrias, principalmente os que contêm vitamina C, como laranja, acerola e damasco.
     
  3. Não esqueça de hidratar a pele
    Hidrate a pele no mínimo duas vezes por dia com bons hidratantes, de preferência recomendados por um profissional capacitado. Também é aconselhado o uso de óleos à base de semente de uva, macadâmia, amêndoas e rosa. O bepantol também é uma boa opção.
     
  4. Tente não oscilar tanto o peso 
    Engordar ou emagrecer muito contribui para o estiramento da pele, causando estrias. Por isso, evite o efeito-sanfona. No caso das futuras mamães, alguns cuidados podem ajudar a manter a pele livre de estrias durante a gravidez: utilizar cremes adaptados e manter uma alimentação saudável - o que previne o ganho de peso desnecessário - são as principais dicas.
     
  5. Pratique atividade física
    É importante praticar exercícios físicos, pois eles também ajudam a manter a pele firme, evitando as estrias.
     
  6. Faça massagens
    Faça massagens localizadas enquanto aplica o creme hidratante, realizando uma espécie de drenagem linfática para melhorar a circulação da área.
     
  7. Beba água
    A água ajuda a manter o corpo e a pele hidratados, evitando rupturas no tecido e, consequentemente, as estrias.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto