Saiba quais são os tratamentos para celulite mais eficazes

Fernanda Lima

Radiofrequência, carboxiterapia e ondas de choque acústico são alguns dos tratamentos indicados pelas especialistas

Conheça os principais tratamentos para a celulite e livre-se deste mal. © iStockphoto.com/puhhha


A celulite é um dos maiores pesadelos femininos. Os furinhos, que deixam a pele com aspecto de casca de laranja, incomodam e, infelizmente, não são fáceis de ser eliminados.

O problema acomete sobretudo as mulheres em razão das alterações hormonais próprias ao sexo feminino e é mais comum na região das coxas, quadris e nádegas. "Excesso de peso, fatores genéticos, vida sedentária, alimentação pobre em fibras e rica em gordura também aumentam a probabilidade de a celulite aparecer. (...) O problema apresenta diferentes graus e, por isso, o tratamento varia de acordo com cada caso" ensina Mônica Aribi, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Apesar de incômoda, a celulite é bastante frequente: ela se manifesta em 98% das mulheres a partir da puberdade. "A celulite surge do acúmulo de gordura e toxinas no local afetado, o que leva ao endurecimento das estruturas que sustentam as células de gordura causando fibrose", explica Aline Caniçais, Fisioterapia Dermofuncional.

Porém, nem tudo está perdido. Atualmente, há diferentes tratamentos para celulite que podem reduzir os furinhos, melhorar o aspecto da pele e, consequentemente, e aumentar a auto-estima.

7 tratamentos contra a celulite

O que não faltam são opções de procedimentos para tratar e melhorar o aspecto da celulite. Certos tratamentos, associados a cremes anti-celulite, atividade física e alimentação saudável, propiciam resultados satisfatórios. Confira os procedimento sugeridos pelas especialistas:

1. Radiofrequência

O que é?  Ondas eletromagnéticas são enviadas através de um aplicador monopolar que produz um aquecimento tridimensional sustentado na pele e tecido adiposo. O calor intenso produzido pela radiofrequência acelera o metabolismo e melhora a circulação local, combatendo a celulite, além de estimular a produção de colágeno.

Preço médio: R$ 150 a R$ 250 a sessão.

Número de sessões indicadas:  de 8 a 10 sessões, 1 vez por semana.

2. Carboxiterapia

O que é? Carboxiterapia consiste no uso terapêutico do gás carbônico (CO2) medicinal para fins terapêuticos. O gás é infundido com uma pequena agulha exatamente no local afetado, promovendo estiramento das estruturas afetadas e endurecidas pela celulite e causando um aumento de fluxo sanguíneo local, o que estimula a renovação e a remodelagem local.

Preço médio: R$ 100 a R$ 200 a sessão.

Número de sessões indicadas: de 8 a 10 sessões 1 vez por semana.

3. Terapia combinada

O que é?  Uso simultâneo de ultrassom de 1 ou 3 MHz e uma corrente elétrica terapêutica. Os resultados advêm do calor e micromassagem produzidos pelas ondas ultrassônicas associadas aos efeitos drenantes e estimulantes das correntes elétricas Aussie ou High Volt.

A escolha da correte vai depender de cada caso, enquanto a Aussie ajuda na drenagem e na tonificação dos músculos abaixo da área afetada; a High Volt age como uma forma de “detox” na microcirculação, ajudando a remover as toxinas acumuladas. Se usado gel acrescido de ativos, o ultrassom empurra o ativo para dentro da pele permitindo maior eficácia no tratamento.

Preço médio: R$ 100 a R$ 200 a sessão.

Número de sessões indicadas: de 8 a 10 sessões 2 vezes por semana.

4. Ondas de choque acústico

O que é? Este aparelho age  por meio de choques mecânicos que destroem as estruturas da celulite por meio das ondas acústicas emitidas. Funciona principalmente nos “furinhos” visíveis e aspecto de casa de laranja. É praticamente indolor e não impede exposição solar. A mesma tecnologia consegue também um levantamento das regiões como a dos glúteos.

Preço médio: R$ 300 a R$ 500 a sessão.

Número de sessões indicadas:  8 a 10 sessões, de 1 a 2 vezes por semana.

    5. Subcisão 

    O que é? É uma técnica cirúrgica feita em consultório e indicada para celulite de grau avançado. Trata as grandes depressões causadas pela celulite por meio de pequenas incisões com uma agulha especial e movimentos circulares, rompendo o tecido fibroso.

    Preço médio: entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

    Número de sessões indicadas: 1 sessão é suficiente para amenizar o problema.

    6. VellaShape 

    O que é? Trata-se de um aparelho que combina radiofrequência bipolar, raios infravermelhos e sucção a vácuo. Ele age aquecendo os tecidos da pele, destruindo as células de gordura e estimulando a produção de colágeno. Já o a sucção tem como objetivo melhorar a circulação e remodelar a região tratada, por meio de movimentos que lembram uma massagem modeladora. Como resultado, a pele se torna mais firme e sem as irregularidades causadas pela celulite.

    Preço médio: R$ 250 por sessão.

    Número de sessões indicadas: o número de sessões depende de cada caso.

    7. Sculptra

    O que é? Uso do ácido polilático injetável, que estimula a formação de colágeno na pele, o que melhora a aparência das depressões provocadas pela celulite. É indicado para graus de celulite mais avançado.

    Preço médio:  Entre R$ 2 mil e R$ 3 mil a sessão.

    Número de sessões indicadas: de 2 a 3 sessões, uma por mês.

    Leia também:

    Anúncio google

    Nenhum comentário disponível sobre este assunto