Limpeza de pele: benefícios e dicas para os cuidados em casa

Jessica Krieger

Descubra a importância de fazer o tratamento com um profissional especializado e como é possível tratar a cútis com uma rotina diária em casa

Dermatologistas recomendam que a limpeza de pele seja feita por um profissional capacitado. © iStockphoto.com/petrenkod


Pode parecer simples, mas fazer uma boa limpeza de pele necessita de cuidados. Afinal, esse tratamento tem como objetivo remover as impurezas produzidas pelas glândulas sebáceas e que não são facilmente eliminadas.

E não basta uma apertadinha em um cravo ou cutucar aqueles pontinhos brancos chamados de milium. É preciso ter em mente que uma limpeza de pele mal feita pode até mesmo gerar cicatrizes indesejadas. É por esse motivo que os dermatologistas alertam que este procedimento deve ser feito apenas com esteticista especializado.

“Estes profissionais com uma boa formação e treinamento específico identificam os problemas da pele,  usam produtos para cada tipo de pele e realizam o tratamento da melhor forma possível”, esclarece a Dra Lidiane da Silva Cruz, dermatologista do Hospital Norte D´Or.

Benefícios da limpeza de pele

A dermatologista explica que a limpeza de pele é indicada para desobstruir os poros do rosto, além de remover cravos e milium. “Serve também para desintoxicar, remover células mortas e manter a pele macia e saudável”, diz. 

O procedimento ajuda, ainda, a controlar a oleosidade da pele – o que auxilia no combate à acne. E, dependendo do tipo de pele, a recomendação é que seja feita uma vez por mês. Este é o intervalo de tempo indicado, por exemplo, para mulheres com pele mista, oleosa ou com tendência a ter espinhas. Já no caso de peles normais e secas, a limpeza pode ser feita a cada dois meses. 

Cuidados começam em casa

Mesmo que a recomendação seja fazer a limpeza de pele apenas com profissionais especializados, é possível manter uma rotina de cuidados diários em casa. Para isso, é necessário respeitar o tipo de pele. 

A dermatologista Dra.Vanessa Baggio afirma que para limpar e tonificar a pele em casa é importante utilizar produtos com ativos próprios para cada tipos de derme: 

  • Pele normal: apostar em itens com vitamina C que favorecem  a síntese de colágeno, responsável pela firmeza e elasti
  • cidade da pele, e a Vitamina E que mantem a integridade da pele otimizando a capacidade da pele em reter água;
  • Peles oleosa e com acne: pode ser usado sabonete contendo ácido hialurônico;
  • Pele seca: a limpeza requer muito cuidado para não piorar a sua condição. Por isso, devem ser usados tensoativos suaves, comuns em leites ou loções de limpeza que, além de limpar a pele, têm a função de hidratá-la;
  • Pele mista: a limpeza deve ser feita com sabonete líquido suave ou uma loção de limpeza, entre os principais ativos está o ácido hialurônico; 
  • Pele sensível: loções ou leite de limpeza são os mais indicados e um ativo recomendado é o extrato de camomila.

Dicas para limpar e tonificar a pele em casa

Uma rotina de cuidados em casa deve começar com a higienização, com sabonete específico para cada tipo de pele. Retirar as impurezas da maquiagem diária, com um bom demaquilante também contribui para manter a saúde da cútis em dia. 

“Depois de limpar, recomendo tonificar para equilibrar o pH da pele, usar protetor solar e hidratante apropriado”, completa Dra. Vanessa, lembrando que a ingestão de água ajuda (e muito!) a deixar a pele bonita de dentro para fora. 

Durante o dia, outra boa opção é usar séruns com vitaminas e derivados hialurônicos, que têm propriedades antioxidades e antienvelhecimento.  À noite, borrifar água termal gelada no rosto ajuda a recuperar o tecido cutâneo e preparar a pele para receber o creme noturno.

“Essa é a hora de reparar a pele dos danos sofridos durante o dia. Produtos clareadores e regeneradores como ácido retinoico, glicólico ou salicílico são os mais indicados”, finaliza Dra. Lidiane. 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto