Manteiga de karitê: conheça os benefícios e aprenda a usar na pele e cabelos

Ana Paula Cardoso

Tratamento natural é excelente para a hidratação do corpo e proteção dos fios contra ressecamento

Manteiga de karité é excelente como hidratante de pele e cabelo. © iStockphoto.com/PaoloAirenti


Em função da sua composição, a  manteiga de karité tem várias propriedades que a tornam um princípio ativo bastante interessante para uso cosmético. Originária da África, a pasta de karité (Butyrospermum parkii) - que significa árvore de manteiga - quando pronta, apresenta um aspecto cremoso, de cor esbranquiçada e um odor característico suave de nozes.

Na sua forma como produto de beleza,  é indicada, principalmente, para manter a hidratação da pele e dos cabelos, evitando o aspecto de ressecado. "Pela presença dos fitoesteróis, a  manteiga de karité atua como um filtro solar natural e auxilia na proteção da pele e dos cabelos contra a radiação ultravioleta", explica Marcia Del Grandi, nutricionista estética da Clínica CPlástica.

A planta pode ser usada ainda para potencializar o efeito de filtros solares disponíveis no mercado farmacêutico. Outra de suas ações é proteger a pele das agressões externas: frio, vento e água do mar ou da piscina (cloro). 

"Nos cabelos secos, fracos ou quebradiços, a manteiga de karité é um revitalizante eficaz que  proporciona brilho, flexibilidade e maciez, além de protegê-los contra a radiação solar", acrescenta Marcia. 

Mais bonita com a manteiga de karité 

A karité é um excelente emoliente, e tal como as outras manteigas vegetais, exerce uma ação protetora sobre a pele e cabelos contra o ressecamento. O processo ocorre em função da grande quantidade de ácidos graxos (que retêm  a umidade),  proporcionar a hidratação  e melhorar a elasticidade da pele.

"Por conter uma boa quantidade de tocoferóis, a planta tem propriedades antioxidantes e  anti-inflamatórias - acalma a pele inflamada -  pode ser usada depois da depilação com lâmina ou cera. Para os homens também é um excelente pós-barba natural", completa a especialista da Clínica CPlástica. 

Outras propriedades da planta são:

  • previne cicatrizes;
  • minimiza manchas de acne;
  • suaviza as rugas;
  • ajuda no tratamento de queimaduras, feridas, cicatrizes, dermatites, psoríase e estrias.

Como usar a manteiga de karité

O mercado proporciona inúmeros cosméticos usando essa matéria-prima como base, mas é possível também comprá-la in natura. Neste caso preciso ficar atento se ela é 100% pura. Apesar de não ter contraindicação e, de uma forma geral, não provocar alergias, ideal é sempre ser instruído pelo profissional capacitado para utilização de forma correta. 

Para hidratar e suavizar a pele coloque pouca quantidade de  manteiga de karité na palma da mão, esfregue com os dedos, aplicande diretamente sobre a pele, massageando suavemente. 

Em caso de perda de peso rápida ou gravidez, pode ser para prevenir a aparição de estrias no abdome, nos seios e nas pernas. Pode ser usada diretamente como hidratante labial e nas unhas.

"Outra dica é misturá-la ser misturada  ao hidratante corporal. Basta derretê-la em banho-maria, jamais no micro-ondas, pois a temperatura sobe muito e há  perda de suas propriedades", indica a nutricionista.

Manteiga de karité nos cabelos

A ação antioxidante da manteiga de karité remove as células mortas e atua como emoliente. Sua propriedade umectante auxilia na absorção e retenção da umidade e proporciona a hidratação. Contribui para suavização do couro cabeludo por ser cicatrizante – coadjuvante no tratamento de caspa e seborreia.  F

Além disso, a manteiga de Karité  tem o poder de  ativar a circulação, ou seja, auxilia no crescimento capilar. É compatível com qualquer tipo de cabelo (mesmo tingidos ou com química) e serve como protetor térmico inclusive no uso de chapinhas ou secadores.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto