Os 5 tratamentos estéticos mais procurados nos consultórios

Carolina Ferreira

Dermatologistas explicam quais os procedimentos faciais que estão em alta

O botox é um dos tratamentos mais procurados. © Istock


De acordo com uma pesquisa divulgada pela Associação brasileira de dermatologia, os tratamentos estéticos mais procurados nos consultórios são: preenchimento, toxina botulínica, peeling, laser e suspensão com fios (5º). As médicas Karla Assed e Valéria Marcondes explicam cada um deles:

1. Preenchimento

Doutora Valéria: É indicado não somente para levantar uma ruga ou vinco, mas também para remodelação facial e sustentação da face. Como as rugas acontecem por queda da musculatura, perda da gordura e absorção do esqueleto, o rosto começa a escorrer para frente, daí a importância do procedimento.

Normalmente usamos ácido hialurônico, durando de 1 ano a 1 ano e meio. Se usar um estimulador de colágeno ele dura mais ou menos 2 anos. A idade indicada é a partir dos 35, 40 anos, quando as rugas começam a aparecer. Mas também pode ser usado em pessoas mais jovem, que às vezes querem dar uma sustentação a face. 

2. Toxina botulínica

Doutora Karla: Indicado para paciente com rugas de expressão na testa, olhar mais caído com peso nas pálpebras – o botox “abre” o olhar. Serve para qualquer tipo de pele, pode ser feito três vez por ano e assim como o preenchimento pode ser feito assim que surgir indicação de envelhecimento.

3. Peeling

Doutora Valéria: Pede o uso de creme e aparelhos.  É possível fazer peelings  para manchas, acne, melasma, fechar os poros, melhorar a pele, deixar a pele mais lisa e sedosa. Dependendo da pele, é feito em diferentes níveis de aplicação (superficial, médio e profundo). Normalmente são feitos no inverno, pois, após o procedimento, ocorre o processo de descamação da pele, que a torna muito sensível e impede a exposição ao sol. Número de sessões também vai variar com a intensidade e profundidade do peeling. Faixa etária a partir dos 40 anos em diante.

4. Laser

Doutora Karla: Dependendo do tipo de laser, o procedimento pode ser indicado para melhorar as manchas, fechar os poros, deixar a pele mais lisa e sedosa e estimular colágeno. O tipo de laser vai variar com o tipo de pele do paciente. Pode ser feito em consultório e o intervalo vai depender também do tipo de laser indicado.

5. Fio de sustentação

Doutora Valéria: O procedimento serve para sustentar a pele e para estimular o colágeno. Existem dois tipos de fios: os polidioxanona, mais recentes, e os ácidos poliláticos,  fios  mais antigos. Os dois são absorvíveis pela pele – diferente dos fios de ouro, que ficavam muito tempo embaixo da pele, formando bactérias, inflamando e inchando o rosto, dando rejeição anos depois. Esses novos fios não apresentam esse problema, são absorvidos em mais ou menos um ano após o procedimento. A indicação é quando há um pouco de queda ou quando se quer um estímulo de colágeno.


LEIA TAMBÉM

Conheça as causas e principais tratamentos para estrias

Lipo laser: uma opção menos agressiva e muito eficaz contra gordura localizada

Os tratamentos são complementares

De acordo com a doutora Karla, um tratamento complementa o outro, pois o laser e os peelings tratam a pele como um todo – estimulando colágeno, clareando a pele, dando brilho e firmeza.

"O preenchimento trata da volumização que com o envelhecimento vamos perdendo, deixando o rosto mais magro, com sulcos. O fio traciona a pele, melhorando a flacidez de uma maneira mais rápida. A toxina botulínica pode ser aplicada na face e pescoço".

Os tratamentos não são só para o rosto. Valéria lembra que podem ser usados em outras regiões do corpo, como pescoço e mãos (fios de sustentação).  

"Botox tem aplicação nas axilas, mãos e pés para diminuir o suor. Laser também pode ser aplicado em outras regiões do corpo, para tratamento de vasinhos, por exemplo".

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto