Como escolher a cor da tinta da parede?

Cibele Maciet

Mudar a cor da parede - ou só de uma parte dela - dá um up no décor e maior ou menor profundidade ao espaçoSaiba como escolher a cor certa para cada cômodo

A cor arquipélago é uma das favoritas para a decoração em 2017. © Divulgação/Eucatex


A cor tem o poder de transformar o look de uma pessoa, mas também a "cara" de um cômodo da casa. Desde cores claras e delicadas até tons fortes e carregados, em peças inteiras ou apenas em uma parede ou mural, a tinta decide o mood da casa.  Já dizia a cromoterapia que as cores influenciam a concentração, o humor e o estado de espírito. Com elas, é possível deixar um ambiente mais alegre, descontraído e cosy. Mas quais cores escolher para cada um dos cômodos?

De acordo com Gregório Bastos Alencar, gerente de produtos da marca Eucatex, a escolha da cor vai ao encontro das necessidades do dono da casa e até do momento atual do mundo. 

“Uma boa opção é o Azul Arquipélago, a cor do momento: ela representa um ponto de equilíbrio entre a paz, calma e tranquilidade que as pessoas buscam para o cotidiano e a necessidade do novo, criativo e inovador. O objetivo é restabelecer a harmonia entre esses contrapontos, proporcionando, por meio da cor, a confiança e o bem-estar”, explica o especialista. Mas será que essa cor vai bem em todos os cômodos? Veja a seguir algumas dicas para não errar na hora da pintura.

Qual parede escolher?

Um bom truque para aumentar ou diminuir um espaço - ou, pelo menos, dar a sensação que algo mudou - é pintar uma parede com uma cor diferente que o resto.

Mas tudo depende da posição: pintar a parede do fundo de um corredor, por exemplo, dá a sensação de aproximação. Mesma coisa com o teto: para locais em que o teto é muito alto, pintá-lo com uma cor mais escura contribui para criar uma sensação de aconchego e aproximação em relação a quem está em pé.

Por outro lado, aplicar uma cor diferente na lateral de um cômodo estreito vai causar a sensação de alargamento do espaço. Uma outra boa ideia nesse quesito é pintar só um cantinho em um tom mais forte, como, por exemplo, o espaço da mesa de jantar ou do escritório, delimitando o ambiente.
 

Na cozinha vale ousar na escolha de cores. © Divulgação/Eucatex

As melhores cores para os diferentes cômodos

Existem dois fatores a serem levados em conta na hora da escolha das cores: a orientação e o tipo de cômodo. Todo cômodo com luz solar direta deve obrigatoriamente ser pintado em tons mais doces e claros, e peças com falta de luz em cores quentes e escuras, para compensar a falta de luminosidade.

Vale lembrar que as cores frias se dividem em verde, azul, roxo e tons mais escuros como azul marinho e marrom. As cores quentes são o vermelho, amarelo, laranja e tons próximos como o rosa. As cores quentes deixam o ambiente mais vivo e enérgico enquanto as frias deixam o clima mais aconchegante.

Quanto ao tipo de cômodo: os quartos devem ser pintados em tonalidades claras e delicadas para não afetarem diretamente no sono - imagina dormir num quarto vermelho? Mesma coisa para os quartos das crianças: o rosa e azul não são obrigatórios! Cores pasteis e paredes coloridas trazem graça ao ambiente.

Salas pedem cores vivas e alegres para trazer convivialidade ao espaço. Mas nada impede também a escolha de tons neutros como cinza perolado, bege, marrom claro e areia, que conferem uma atmosfera aconchegante ao espaço. Uma coisa importante: pense nos móveis e objetos de decoração da sala e tente adaptar a cor das paredes a eles, sem que haja sobrecarregamento de cores.

Para a cozinha, a palavra chave é ousar! Aqui há duas opções: ou a parede é pintada numa cor completamente diferente dos moveis ou, então, num tom aproximado para criar um efeito camaieu (variações de uma mesma cor  em tons mais claros e escuros). Detalhe: a tinta da cozinha deve se resistente à gordura e à umidade, e, de preferência, lavável.

E, finalmente, na pintura de banheiro, não aplique cores escuras. O branco transmite uma sensação de higiene e limpeza, mas não é a única alternativa: os pasteis também são bem aceitos. Se optar só por paredes coloridas, o resto do espaço deve ser mais claro para não haver conflito de cores.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto