Aprenda a limpar e conservar o ladrilho hidráulico

Ana Paula Cardoso

Peça belíssima usada na decoração de pisos e paredes exige cuidados especiais para não ser danificada

Ladrilhos hidráulicos: belos, mas exigem cuidados na limpeza. © Elodie Rothan


Charmosas peças de decoração, principalmente para pisos e paredes, os ladrilhos hidráulicos são peças que encantam há várias gerações. Feitos à base de cimento pintado e mergulhados em água por oito horas (o que justifica o nome), costumam ser considerados difíceis de limpar.

O material e a forma praticamente artesanal com que são fabricados são a razão da dificuldade de se fazer a limpeza – grande reclamação opta pelo ladrilho. Seja na decoração da sala, cozinha, banheiros e varandas, convém saber um pouco dos detalhes da peça, para melhor fazer a manutenção.

“A superfície dos ladrilhos hidráulicos é composta por cimento branco, pó de mármore e óxido de ferro. Esse material é sensível a ácidos em geral, ao cloro, e outros produtos químicos”, esclarece Hamilton Cristofalo Jr., proprietário da Ladrilar Ladrilhos Artesanais, fabricante de ladrilhos hidráulicos desde 1922.

Cristofalo Jr. completa ainda que a limpeza dos ladrilhos hidráulicos resulta de uma ação mecânica de fricção ou abrasão e não de um efeito químico. “Na verdade a limpeza dos ladrilhos é bem simples, desde que as peças estejam protegidas adequadamente”, diz o proprietário da Ladrilar.

Instalação correta evita sujeira e manchas

Para o especialista, o que ocorre normalmente é que as peças são instaladas no momento errado da obra. Os ladrilhos hidráulicos devem ser um dos últimos itens a serem colocados.

Muitas vezes os instaladores assentam as peças e resinam corretamente, mas a obra ainda corre por mais alguns dias ou meses. Durante este período, resto de cimento, poeira, tinta, etc.  vão caindo na superfície dos ladrilhos.
 

Ladrilhos hidráulicos ficam lindos na parede. © Divulgação/ Ladrillar


“E em vez de limparem com água e sabão neutro (que dá mais trabalho) , as pessoas usam algum tipo de ácido (o mais comum se chama Limpa Pedra) e isso acaba limpando todo o ladrilho, mas remove a resina junto”, explica Cristofalo Jr.

Após esta limpeza o ladrilho hidráulico fica totalmente desprotegido e poroso e qualquer produto que cai é absorvido, dificultando a limpeza.

Dicas de limpeza 

Para começar, força no braço! Conforme lembra Hamilton Cristofalo Jr., os ladrilhos hidráulicos são limpos com fricção ou abrasão, e não com produtos químicos.

Veja a seguir as dicas fornecidas pela Ladrilar:

  • Lave os ladrilhos sempre com água limpa e sabão neutro usando uma vassoura de piaçava ou escova. Caso a sujeira não saia, use uma bucha (Scotch Brite) com sapólio em pó esfregando diretamente no local;
  • Resíduos de cimento ou manchas de obra podem ser removidas com o uso de uma lixa d’água nº 220 . Com um pouco de água, lixar suavemente, com movimentos circulares;
  • A manutenção pode ser feita com aplicação de cera líquida incolor a cada três meses.

Cristofalo Jr. reforça ainda que nunca se deve usar o produto Cândida, uma água sanitária e um desinfetante muito usado para limpar banheiro, por ser um oxidante muito forte.
 

Combinados com piso de madeira, ladrilhos hidráulicos ficam ainda mais charmosos. © Divulgação/Ladrilhar

Conservação dos ladrilhos hidráulicos

Quando os ladrilhos hidráulicos são danificados, na maioria das vezes, podem ser recuperados. Existem empresas especializadas neste tipo de tratamento e limpeza.

Mas este revestimento deve sempre ganhar uma camada de proteção. “Sugiro a resina 100% acrílica e, depois, cera comum, para dar um meio brilho e o cheiro inconfundível de casa limpa”, completa o proprietário da Ladrilar. 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto