Aprenda a decorar uma sala branca

Carolina Ferreira
  • As cores vibrantes em objetos quebram a monotonia do ambiente exclusivamente alvo 

    A sala toda branca ajuda na versatilidade da decoração. © Cécile Débise/A Revista da Mulher


    O branco - e suas variações de tons - é uma das cores mais usadas na decoração. A maior parte dos móveis vendidos no varejo vem nesta tonalidade e encontrar uma sala branca nos lares é comum. A cor traz leveza e calma ao espaço, além de conferir uma sensação de amplitude. 

    É o caso da sua sala? Então veja algumas dicas para não pesar a mão na cor. Pois se o branco foi exclusivo ou majoritário no ambiente, pode acabar esfriando e trazendo monotonia ao espaço. 

    "A sala toda branca ajuda na versatilidade da decoração. Por ser um tom neutro, podemos ousar e trabalhar com cores vibrantes, com o intuito de aquecer o ambiente ou, ainda, trabalhar com único padrão de cor e algumas leves variáveis da tonalidade”, explica a arquiteta Ana Cano Milman .

    Na visão da arquiteta, a escolha da marcenaria é um dos pontos principais, pois a partir de alguns detalhes do material, como tonalidade e textura, começa-se a pensar nos itens decorativos que irão compor o ambiente.

    Muitas cores para alegrar

    Outra questão muito importante são as cores que vão compor os tons precisam ser estimulantes. Segundo a especialista, um ambiente total white, por exemplo, por mais aconchegante que seja, tende a inibir a interação.

    Tons intensos como coral, amarelo, vermelho devem ser pontuais, fazendo contraponto às paredes e demais partes brancas do ambiente. Essas cores podem estar em sofás, tapetes ou almofadas.

    “É possível trabalhar com as cores em pequenos detalhes nas paredes. Dessa forma, quebra-se um pouco da sobriedade do branco e conseguimos esquentar um pouco o ambiente”, pontua a arquiteta.

    Atenção também à iluminação. A predominância o branco favorece a iluminação natural. O ideal é contar com boas janelas para aproveitar a entrada de luz solar.

    "Para iluminação artificial, opte por por uma iluminação geral e alguns pontos focados em partes de destaques da sala, como em algum item decorativo, painel de madeira, etc.", explica.

    De acordo com a arquiteta Paula Martins, para sair da monotonia e evitar aquela aparência estéril e totalmente lisa, as plantas podem ser aliadas na decoração de salas brancas. Ele lembra que a vegetação quebra a atmosfera de assepsia, levando vida à sala.

    "Dá para ousar em vasos com plantas mais altas e folhagens exuberantes, além de arranjos com flores coloridas", aconselha.

    Cuidado com o acúmulo de sujeira

    Em ambiente muito claro, é  importante tomar cuidado na escolha dos materiais e evitar o acúmulo de  sujeira. Paula desaconselha as texturas na parede, por exemplo, pois retêm poeira, principalmente nos pontos mais altos.

    Segundo a arquiteta, uma boa alternativa são os ripados e demais elementos de orientação vertical, que facilitam a limpeza. Seu sofá é branco? É sempre melhor optar por materiais naturais ou para o couro, que são de fácil manutenção, diz Paula.

    "Aqui também vale um truque para facilitar a vida: na hora de escolher os tecidos, invista nos off-whites ao invés dos 100% brancos", acrescenta a especialista.

    Veja na galeria ideias de salas brancas e inspire-se

  • Luz natural

    Cortina transparente para deixar a luz natural entrar. © Eloide Rothan

    A predominância do branco favorece a iluminação natural. Uma cortina transparente - pode ser de linho - ou persianas são ideias para os espaços com muitos tons de branco.

  • Tons coloridos pontuais

    Quadro colorido na parede quebra a monotonia. © Eloide Rothan

    Objetos coloridos são fundamentais para quebrar o padrão. Especialmente itens de decoração com tons intenso como o vermelho e o laranja, que vão deixar o ambiente mais quente

  • Materiais complementares

    Pedras e vidro se misturam neste ambiente © Eloide Rothan

    As pedras e o vidro se juntam para dar um ar mais contemporâneo à sala branca. As enormes janelas deixam a luz entrar valorizando os materiais escolhidos.

  • Aquecendo o ambiente

    Mantas verdes aquecem o cômodo mais clean. © Eloide Rothan

    Para o inverno: a monotonia do branco-areia nos móveis e na parede desta sala de uma casa de campo é quebrada por mantas verdes nos sofás e nas poltronas. Aconchego é a palavra de ordem.

  • Do chão ao teto

    Móvel e almofadas de cores contrastantes ao branco. © Eloide Rothan

    Em ambientes em que a opção é por usar o branco também no piso, a arquiteta Cristina Grossi opta em porcelanatos de grande formato com junta mínima de até 2 mm. No caso deste ambiente, um móvel preto dá um toque moderno à sala.

  • Sofá com capa

    Sofás brancos sujam com facilidade. © Eloide Rothan

    A cor suja com facilidade, então uma boa opção são sofás brancos de capa ou que capas em linho ou brim peletizado. Especialmente para quem tem crianças e animais de estimação.

  • Para iluminar o piso

    O piso escuro precisava de móveis mais claros. © Eloide Rothan

    Nesta sala, o piso de azulejos provençais deixam o ambiente escuro. Por isso, a opção foi por paredes e móveis brancos, além de grandes janelas para iluminar o cômodo

  • Madeira quebra o clean

    Toque de madeira no universo branco. © Eloide Rothan

    Um ambiente totalmente clean pode ser quebrado com o uso de algum móvel em madeira natural clara. No caso desta sala, a mesa de centro, os degraus da escada e até o pé das poltronas ajudam neste objetivo.

  • Clássico revisitado

    Clássico em tons neutros. © Eloide Rothan

    O sofá e as paredes claras combinam com o restante dos móveis com pátina,  uma coluna e objetos antigos de decoração e o lustre de cristal. Uma sala clássica.  

  • Estantes com laca

    A estante complementa o restante da decoração em branco. © Eloide Rothan

    No caso das estantes, a arquiteta Cristina Grossi acredita que ficam mais elegantes e valorizadas com a laca sem brilho. Ela utiliza iluminação direcionada e, às vezes, prateleiras de vidros.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto