Quarto preto: veja dicas e fotos para não errar na decoração

Carolina Ferreira
  • O quarto pode ter uma decoração com a cor preta, basta saber dosar com outros tons

    A cabeceira preta no quarto deixa o espaço luxuoso. © Elodie Rothan


    Um quarto preto pode soar estranho em um primeiro momento. Local de relaxamento, o dormitório sempre é vinculado com cores claras. Mas é possível sim decorar com este tom mais escuro e ter um ambiente intimista. Basta saber dosar as cores.

    Na opinião da arquiteta Paula Martins, para ter um quarto preto, as mudanças nos padrões de textura são muito importantes para não dar a impressão pode ser de um ambiente monótono.

    "O preto pode aparecer em papéis de parede com detalhes aveludados, por exemplo, em contraste com materiais com tons de preto menos profundos", aconselha ela, que considera que vale apostar também em almofadas e detalhes em preto, assim como peles e tapetes.

    Para o arquiteto Lucas Barbosa, do Studio Lucca, o ideal é ornar o preto com tonalidades claras e deixar tons mais escuros ou intensos para partes pontuais, como um adorno ou detalhe da marcenaria.

    Ele lembra que a iluminação deve ser pensada de forma a dar mais amplitude ao espaço e, também, ser focada em partes de destaque do ambiente, como uma parede com um revestimento específico. Pensar na paleta de cores também é essencial. 

    "Misture tons de nude, branco e cinza. Dessa forma, a paleta de cores do ambiente se torna versátil, o que permite um uso maior de adornos em tons variados. Na cama, opte por usar mais cores nos detalhes. Uma colcha clara com almofadas/travesseiros e um manta em tons vibrantes pode ser uma boa pedida".

    Selecionamos algumas decorações de quartos pretos para você se inspirar. Confira as fotos

  • Cabeceira preta em destaque

    Cabeceira preta é o destaque do quarto. © Elodie Rothan

    A grande cabeceira preta cria um contraste com o mobiliário  do quarto, claro e tradicional. O móvel é decorado com espelho em formato de sol e uma imagem religiosa.   

  • Detalhes fazem a diferença

    Porta-retrato são destaque na decoração. © Elodie Rothan

    Preto e branco se misturam perfeitamente. O móvel escuro e os porta-retratos em preto se destacam no ambiente bem claro. Detalhe para o tapete que combinam as duas cores.

  • Para quem tem estilo

    Papel de parede cheio de estilo. © Elodie Rothan

    Para preencher a falta de janela, as  paredes do quarto foram cobertas com uma tinta levemente cinza. Os armários e cabeceira ganharam uma "tatuagem" com tons de preto. Arrisca?

  • Parede completamente preta

    A grande porta ilumina o ambiente. © Elodie Rothan

    Ousadia? A grande parede preta deixa o quarto mais quente e contrasta com o piso claro. A roupa de cama completa a mistura perfeita de preto com o branco.

  • Materiais se misturam

    Mistura no quarto de hóspede. © Elodie Rothan

    O preto revela suas nuances graças ao jogo dos materiais: a cabeceira com imitação de croco, colcha de pele, abajures em tecidos e prateleiras lacadas. E algumas pinceladas de branco. 

  • Aconchego e acolhimento da madeira

    Madeira clara dá aconchego. © Elodie Rothan

    Aqui, madeira clara como na porta, na escala decorativa e nos feixes expostos trazem um lado acolhedor para o cômodo e quebram o preto e branco total.

  • Choque no piso cru

    Jogo de cama em preto. © Elodie Rothan

    O preto no edredom e capas de almofadas neste quarto vem para tirar a monotonia das paredes brancas e do piso cru.

  • Tons de cinza

    A grande janela ilumina o quarto. © Elodie Rothan

    A grande janela permitiu pesar mais a mão nas cores deste quarto, com cabeceira e mesinha lateral em tons de preto. A parede pintada de cinza claro torna o cômodo mais moderno.

  • Tapete em alta

    Tapete fez toda a diferença na decoração. © Elodie Rothan

    O tapete com padrão geométrico em preto e branco é o destaque neste quarto branco e com madeira clara. As almofadas em diferentes tons de cinza completam a decoração.

  • Para os mais ousados

    Decoração preta e marrom no quarto. © Cécile Debise/A Revista da Mulher

    Marrom escuro com preto é uma combinação que pode não agradar a todos os gostos, mas deixa o ambiente bem elegante. Mas só vale em cômodos em que a parede e o rodapé são claros, para não pesar muito.

  • Escritório em preto e branco

    Preto e branco: uma mistura certeira. © Elodie Rothan

    Este espaço também lida com a dupla "preto e branco" com inteligência. Todo o mobiliário vem em branco enquanto os acessórios são escolhidos em preto. Os muitos quadros espalhados, as cortinas, a lâmpada de cabeceira industrial e as costas da cadeira vintage vêm em preto, imprimindo modernidade ao quarto-escritório.

  • A opção pelo piso preto

    Piso preto e parede cinza: mistura contemporânea. © Elodie Rothan

    Piso preto, paredes e teto cinza. No meio, uma parede branca para deixar a luz circular. Para completar, lençóis e almofadas brancas. Um quarto contemporâneo.

  • Para relaxar

    Pinceladas de objetos claros no chão preto. © Cécile Debise/A Revista da Mulher

    Outro exemplo de decoração com piso escuro. Nesta suíte, as paredes são brancas e o chão é coberto com revestimento de ardósia preto. A cama fica entre os dois tons: lençóis e almofadas brancos e pretos.

  • Azul completa a mistura

    Um quarto com muita classe. © Cécile Debise/A Revista da Mulher

    O banco, o tapete e os objetos em azul quebraram a monotonia deste quarto predominantemente preto. A enorme janela também ajuda a iluminar o cômodo com paredes e armários escuros.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto