Os 11 melhores alimentos para queimar gordura

A redação
  • Saiba quais são os 11 alimentos recomendados por nutricionistas para ajudar a acelerar a queima de gordura do corpo. Lembre-se de colocá-los em sua lista nas próxima compras!

    Alimentos que podem acelerar o metabolismo devem ser acrescentados à dieta diária.


    Em vez de parar de comer, ingerir os alimentos certos. Esta é a recomendação de nutricionistas que prescrevem e acompanham dietas de emagrecimento mundo a fora.  Uma maior perda calórica pode ser favorecida ao se acrescentar alguns tipos de alimentos no cardápio diário. E não há nenhuma receita milagrosa, mas algumas comidas, temperos e bebidas são capazes de ajudar a chegar mais rápido ao peso almejado.

    Copyright foto: iStock
  • Maçã

    Maçã

    Maçãs são ricas em fibras e água, ajudando a garantir saciedade.


    Frutas são sempre fiéis aliadas no processo de perda de peso e medidas: elas oferecem inúmeros de benefícios e fornecem grande parte das vitaminas necessárias ao bom funcionamento do corpo. O melhor das frutas é que elas suprem a necessidade do sabor doce durante as dietas e poupam o organismo do acúmulo de gorduras - causado principalmente pelo consumo de açúcar. E as maçãs, quando ingeridas com casca (não esqueça de lavar bem!), têm uma grande quantidade de fibras e água, o que ajuda na satisfação da fome por mais tempo.

    Copyright foto: iStock
  • Canela

    Canela

    Canela pode reduzir o açúcar no sangue.


    A canela, além de ter um perfume delicioso, é conhecida por sua capacidade de auxiliar na redução de açúcar no sangue. A especiaria também ajuda a diminuir o excesso de apetite. Coloque canela em frutas, no café, no iogurte - pode abusar dela no leite e derivados, fica uma delícia! Há inúmeras maneiras de ingerir canela: em pó, em frutas e bebidas, e em pau, cozinhando com frutas. Ela também pode ser usada para fazer deliciosos chás. 

    Copyright foto: iStock
  • Ovos

    Ovos

    Ovo: saciedade e alto índice de proteínas.


    A vantagem dos ovos é que eles contêm calorias muito reduzidas e alto percentual de proteína, além de outros nutrientes benéficos ao organismo. Estudos têm mostrado que a ingestão de ovo no café da manhã é capaz de reduzir significativamente o número de calorias que serão ingeridas ao longo do dia. Apesar de a gema ter um alto teor de colesterol, comer ovos de forma equilibrada pode ser uma boa opção, uma vez que esse alimento possui inúmeros benefícios. Coma somente a clara, ou metade da gema, caso tenha índice de colesterol alto e prefira cortar outros alimentos ricos em gordura para dar espaço ao ovo na dieta.

    Copyright foto: iStock
  • Chá verde

    Chá verde

    Chá verde tem inúmeras propriedades antioxidantes


    A importância do chá verde na batalha contra o acúmulo de gordura no sangue pode não ter sido ainda totalmente explorada. As folhas do chá verde, ricas no componente phytochemical catechins, têm propriedades antioxidantes de alta potência, capazes de acelerar o metabolismo. Recomenda-se tomar o chá verde quente, de forma mais lenta, para estender o efeito dos benefícios. Acrescentar limão e mel, não somente deixará o seu chá mais saudável e nutritivo, como também o deixará mais saboroso.

    Copyright foto: iStock
     
  • Frutas vermelhas

    Frutas vermelhas

    Frutas vermelhas são saborosas e têm baixíssimo teor calórico.


    As frutas vermelhas (também conhecidas como frutas do bosque ou simplesmente berries) não devem ser ingeridas somente em compotas, geleias ou acompanhadas de creme chantilly. Não apenas porque estas frutas são ricas em fibras e antioxidantes, ou porque são muito saborosas, mas também pela baixíssima quantidade de calorias. Para se ter uma ideia, uma xícara de frutas vermelhas costuma ter, no máximo, 40 calorias. Portanto, coma as frutas vermelhas de forma natural ou, caso queira sentir um sabor diferente, experimente-as em saladas. Fica uma delícia!

    Copyright foto: iStock
     
  • Amêndoas

    Amêndoas

    Alimentos ricos em gordura saudável, as amêndoas são excelentes para se comer entre as refeições.


    As amêndoas são ricas em proteínas, fibras e gorduras saudáveis ​​para o coração, um verdadeiro alimento três em um. Uma porção de amêndoas (cerca de 23 unidades) ajuda a manter a saciedade. Uma das grandes vantagens das amêndoas, além do sabor, é a facilidade de se carregar para onde se quer, tornando-se uma excelente opção para um lanche entre as refeições. 

    Copyright foto: iStock
  • Pimenta vermelha

    Pimenta vermelha

    Pimenta vermelha, a ardência ajuda a acelerar o metabolismo.


    Ingerir pimenta vermelha faz o corpo arder e não é força de expressão. Também conhecida como pimenta-dedo-de-moça ou pimenta caiena, este alimento tem um alto teor de capsaicina, o componente responsável pelo grau de ardência de uma pimenta, capaz de reduzir o apetite e elevar a  temperatura corporal, ajudando na aceleração do metabolismo. Teste a sua resistência e acrescente pimenta às suas refeições. Sua dieta agradece.

    Copyright foto: iStock
  • Pimenta do reino

    Pimenta do reino

    Substitua o sal pela pimenta do reino e evite inchaço ou pressão alta.


    A pimenta do reino também tem mostrado sinais de redução da formação de células de gordura no corpo. Este tempero ajuda a aumentar o metabolismo, além de ser recomendado para dar mais sabor a saladas cruas, em substituição ao sal. Esta medida simples ajuda no controle da pressão arterial e evita o inchaço pela retenção de líquidos. Além de auxiliar na perda de alguns quilos.

    Copyright foto: iStock
  • Café

    Café

    Café é excelente para acelerar o metabolismo, mas deve ser ingerido com moderação.


    Bebida mais apreciada do mundo, o café, graças à cafeína, acelera o metabolismo. No entanto, este só é o caso quando for ingerido puro, sem os engordativos açúcares, cremes ou biscoitinhos para acompanhar. Também convém estar ciente dos efeitos nocivos para o corpo, causados pelo excesso de ingestão de cafeína. O consumo máximo recomendado deve ser de uma a três xícaras de café por dia.

    Copyright foto: iStock
  • Quinoa

    Quinoa

    Escolha os carboidratos certos, como a quinoa.


    Um dos maiores equívocos sobre carboidratos é associá-lo ao ganho de peso. Não é exatamente o carboidrato que engorda, mas o tipo de carboidrato escolhido. A quinoa, por exemplo, é um carboidrato rico em fibras e proteínas, capaz de causar sensação de saciedade mesmo quando ingerido em pequenas quantidades. Seu índice glicêmico é baixo, quando comparado ao de outros grãos. Isso significa que a quinoa não aumenta o açúcar no sangue e, por sua vez, inibe a vontade de comer mais açúcar e carboidratos.

    Copyright foto: iStock
  • Legumes e verduras

    Legumes e verduras

    Escolha vegetais da estação e coma pelo menos duas porções diárias de frutas e legumes.


    Caso alguém pense conseguir reduzir peso e queimar gorduras sem ingerir vegetais, está completamente enganado. Os vegetais, legumes e verduras, são fontes inesgotáveis de diversos nutrientes e fibras, responsáveis pela sensação de saciedade necessária à continuidade de qualquer dieta. O recomendado é comer de duas a três porções de vegetais por dia para garantir a queima calórica. E não adianta apenas processar os vegetais e transformá-los em sucos e sopas: é preciso mastigá-los e também comê-los crus, pelo menos em uma das porções diárias.

    Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto