Dieta Dukan foca na saúde e não limita quantidade de comida

Jessica Krieger
Pode comer à vontade, mas precisa caminhar todos os dias: veja o passo a passo da dieta que fez a princesa Kate ficar perfeita para o seu casamento

A Dieta Dukan  secou Kate Middleton e virou febre mundial.


Quando Kate Middleton surpreendeu ao aparecer muito mais magra no seu casamento com o príncipe William, muito se especulou sobre o que ela teria feito para perder 10 cm de cintura e sair do manequim 40 para o 36. O segredo, na verdade, era simples: caminhada diária e alimentação baseada em um farelo integral que promove saciedade e estimula o intestino: a aveia.

O método acabou ficando conhecido como a "Dieta da Princesa", e virou sensação mundial. Criador da dieta e nutricionista com 35 anos de experiência, o francês Pierre Dukan explicou à Revista da Mulher que, além de perder os quilos indesejados, o objetivo é auxiliar a estabilizar o peso ideal. “É para quem realmente precisa emagrecer, em média 10 quilos, estando com sobrepeso ou já sofrendo a obesidade. Menos voltada para a estética e mais para a saúde”.

Com mais de 19 livros escritos e milhões de cópias vendidas em todo o mundo, ele afirma que a dieta é estruturada em quatro fases: duas para emagrecer e duas para a manutenção do peso ideal. “Este é o que chamamos de peso certo, aquele em a pessoa consegue alcançar sem colocar a saúde em risco e também aquele que consegue manter por longo prazo, evitando o efeito sanfona”.  


O plano de emagrecimento consiste em comer à vontade os 100 alimentos permitidos, sem contagem de calorias ou limite de porções. Quando o peso ideal é alcançado, o regime continua com uma reeducação alimentar para manter um estilo de vida saudável. Em todas as fases da dieta, Dukan incluiu todos os grupos de alimentos necessários para a atividade metabólica do corpo: o carboidrato aparece na forma integral no nutritivo farelo de aveia; as proteínas são liberadas e sempre recomendadas em cortes e origens com pouca gordura.
 
Cada uma das fases tem uma função dentro deste plano de emagrecimento. A chamada fase de ataque traz a perda rápida de peso, o que motiva muitas mulheres a seguirem com a dieta. Na seguinte, a fase de cruzeiro, é possível perder em média até um quilo por semana. “Já a fase de consolidação é uma reeducação alimentar, em que o paciente aprende a fazer as escolhas certas na hora de se alimentar, optando por alimentos integrais e sem açúcar e farinha refinados”, esclarece Dukan. A quarta fase é uma espécie de planejamento de longo prazo, oferecendo medidas para manter o peso ideal por um longo tempo. 
 
Abaixo, veja detalhadamente como funciona cada uma das fases:
 

Fase 1 – Ataque

Fase das “proteínas puras”, em que só são permitidas refeições com este grupo de alimentos. Ou seja: nesta fase, é preciso escolher entre 66 alimentos ricos em proteínas, sem limites de quantidades. Dukan recomenda que seja realizada, no máximo, durante 7 dias para quem precisa perder mais de 20 quilos. Nesta fase, o consumo de 1 colher e meia de sopa de farelo de aveia e também 2 litros de água por dia é imprescindível, além da caminhada de 20 minutos.

 Fase 2 - Cruzeiro

São acrescentados 34 vegetais à lista de alimentos permitidos, também sem restrições em relação à quantidade, além do consumo diário de 2 colheres de sopa de farelo de aveia associado a 2 litros de água. Nesta fase, tempo de caminhada aumenta para 30 minutos diários.

Fase 3  - Consolidação

Esta etapa é longa o suficiente para inserir um novo hábito alimentar. A pessoa tem que seguir por 10 dias para cada quilo perdido. Se perdeu 10 quilos, a fase três terá a duração de 100 dias.  Alimentos como pães integrais, frutas e itens ricos em amido são inseridos na dieta. Aqui, são permitidas o que a Dieta Dukan chama de "refeições de gala", onde a pessoa está liberada para comer o que desejar – servindo-se apenas uma vez - com direito a sobremesa e uma dose de bebida alcoólica. Além disso, deve ser mantido o consumo diário de 2 colheres e meia de sopa de farelo de aveia e 25 minutos de caminhada.

Fase 4  - Estabilização

Com o novo peso estabelecido e passado o período de reeducação alimentar, pode-se comer o que desejar. Seguindo, é claro, três regras. Primeiro: toda quinta-feira é dia da fase de ataque, só com o consumo de proteínas puras. A segunda regra é andar pelo menos 20 minutos por dia e dar preferência às escadas, substituindo os elevadores. Em terceiro lugar, continuar ingerindo três colheres de farelo de aveia por dia. Também é recomendável continuar tomando 2 litros de água diariamente.

Copyright foto: ZOB/WENN.COM/SIPA

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto