Chá de gengibre tem poder anti-inflamatório e ajuda a emagrecer

Fernanda Lima
Com alto teor de vitamina C, o chá de gengibre fortalece o sistema imunológico e acelera a queima de calorias

Combinado  com o limão, o chá de gengibre tem seus benefícios potencializados.


Nascido na Ásia, o gengibre é um daqueles alimentos versáteis: pode ser usado tanto na medicina quanto na culinária. Além de ser utilizado para temperar saladas e preparar sucos e sopas, o gengibre é comumente consumido na forma de chá.

Segundo Paula Cavalini, nutricionista e educadora física, o gengibre contém compostos naturais que ajudam a prevenir e tratar uma ampla quantidade de enfermidades. “Devido ao seu alto teor de vitamina C, o chá fortalece o sistema imunológico, também alivia a congestão nasal e combate problemas respiratórios”, explica. 

Estudos recentes mostram que o chá também melhora a função neurológica e retarda a perda de células cerebrais. “Pessoas que sofrem de síndrome do intestino irritável também devem consumir o chá, pois ele tem efeito calmante sobre o sistema digestivo.”

Outros estudos, conta Calavini, indicam que o chá de gengibre alivia náuseas, melhora a circulação sanguínea e previne problemas cardiovasculares. Uma vez que possui fortes efeitos antioxidantes, ele também combate os danos dos radicais livres, atrasando o envelhecimento celular.

Emagrecimento e treino

Quantos benefícios em um único chá, não é mesmo? Mas eles não param por aí. O gengibre também é famoso pelo seu efeito termogênico, acelerando o metabolismo. Com isso, a queima de gordura ocorre mais facilmente. 

Mas não basta apenas consumir a raiz. Segundo Paula, “seu efeito termogênico ajuda no emagrecimento, mas para isso é preciso que esteja alinhado à uma dieta balanceada e a exercícios físicos.

O chá de gengibre é também um poderoso aliado na redução das dores musculares e no tempo de recuperação entre os treinos ou exercícios. Isso porque o gengibre contém compostos anti-inflamatórios poderosos conhecidos como gingerols

Estas substâncias promovem a reparação muscular, além de reduzir as dores musculares e a inflamação pós exercícios extenuantes.


Faça em casa

O gengibre pode ser adicionado em diversas receitas: bolos, carnes, sobremesas. É possível usar a raiz em pó ou ralar o gengibre fresco na hora. Para preparar o chá, não há nada mais simples: ferva um litro de água, acrescente 1 colher de chá de gengibre ralado ou 4 rodelas da raiz e deixe descansar por 10 minutos. 

O ideal é consumir de um a dois copos do chá por dia, a qualquer hora. Calaviti também explica que combinado com o limão, o chá tem seus benefícios potencializados. 

O limão tem pouquíssimas calorias e possui alta concentração de vitamina C, nutriente que tem poder antioxidante e tem efeito detox no organismo, limpando de impurezas que impedem ou dificultam a perda de peso. A fruta também é uma importante aliada na luta contra o inchaço, além de reforçar o sistema imunológico e afastar gripes e resfriados. Sendo assim, a combinação dos dois é uma boa pedida.

Quem não aprecia o gosto do gengibre tem a possibilidade de optar pelas cápsulas da planta. Mas “para isso, procure sempre um profissional de saúde (médico ou nutricionista) antes de suplementar ou começar qualquer processo de perda de massa gorda ou ganho de massa magra” esclarece Gilberto Kocerginsky, médico ortomolecular. 

Contra indicações

O consumo do chá é liberado para a maioria das pessoas, contudo, os efeitos do consumo para as gestantes ainda é algo incerto. “Alguns especialistas dizem que o gengibre pode afetar os hormônios sexuais do feto e até favorecer um aborto”, explica Calavini.

Também não é indicado para quem tem hipertireoidismo, pois o metabolismo dessas pessoas já é acelerado. Neste caso, seu consumo pode causar a perda de massa muscular. Além disso, as crianças, pessoas com cardiopatias, enxaqueca, úlcera e alergias não podem consumir os alimentos termogênicos abusivamente, pois eles podem aumentar a pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

1 comentário

tomei  chá  de gengibre e fiquei muito mal. Fiquei com diverciculite e até saberei. Então pergunto o gengibre pode provocar essa inflamação?