Conheça 7 óleos vegetais que ajudam a perder peso

Jessica Krieger
Aliados a uma alimentação saudável e prática de exercícios físicos, eles ajudam a eliminar gordura 

O óleo de coco, por exemplo, tem propriedades que aceleram o metabolismo.


Dietas malucas para perder peso muitas vezes podem deixar de lado itens vitais para manter o equilíbrio e a saúde. Entre eles estão os óleos vegetais, que são capazes de estimular a eliminação de gordura corporal, desde que aliados a um estilo de vida saudável, pautado na ingestão de muita água e prática de exercícios físicos

Para a nutricionista Patrícia Lopes, da Global Suplementos, os óleos vegetais e funcionais podem auxiliar na perda na perda de peso. “Para aquelas que querem exibir um abdome definido, felizmente existem no mercado inúmeros óleos vegetais capazes de impulsionar a eliminação de gordura corporal e que apresentam qualidades nutricionais”, afirma. 

Conheça os principais óleos vegetais indicados pela nutricionista e seus benefícios para o corpo e manutenção da saúde:

Óleo de Coco

Antioxidante natural que retarda o envelhecimento e previne doenças como o câncer, por exemplo. É indicado para a redução das taxas de colesterol e também promove saciedade ao corpo. Atua com agilidade na absorção e no transporte da gordura para o fígado, onde esta se transforma em energia, acelerando o metabolismo

Óleo de Baru 

Uma das novidades no mercado, este óleo vegetal é extraído da semente da castanha de baru. Possui propriedades nutricionais por ser rico em ácidos graxos - ômega 3, ômega 6 e ômega 9 -  proteínas, fibras, além de ser fonte de minerais, como cálcio, ferro e zinco. O baru aumenta a atividade das enzimas antioxidantes e desempenha papel importante na redução do estresse, um dos principais agentes causadores do ganho de peso. 

Óleo de Linhaça 

Rico em ácidos graxos que estimulam a saciedade, este óleo vegetal extraído da semente de linhaça auxilia na redução do colesterol ruim, o LDL, e protege o organismo de doenças cardiovasculares e cancerígenas na mama e na próstata. Outro benefício do consumo deste óleo é a prevenção dos sintomas da menopausa.

Óleo de Amêndoas 

Fonte de ácidos como oleico, linoleico e palmítico, além de ferro, cálcio e fósforo, o óleo de amêndoas possui propriedades rejuvenescedoras, regeneradoras, hidratantes e nutritivas. Por isso é tão usado na indústria de cosméticos. Na dieta, pode ser utilizado em saladas e refogados. 

Óleo de Abóbora

Este óleo vegetal é rico em vitamina E, alfa-tocoferol e gama-tocoferol. É também fonte de vitamina A e complexo B, minerais como cálcio, ferro, potássio, fósforo e selênio. Além de ser um poderoso antioxidante, é utilizado pela medicina popular como diurético e vermífugo.

Óleo de Cártamo 

Excelente para aqueles que buscam redução da gordura corporal e o aumento da massa magra. Este óleo vegetal atua na gordura localizada do abdome, além de trazer em sua composição de 60 a 80% de ácido linoleico e de 20 a 40% de ácido oleico - duas substâncias importantes para ajudar na perda de peso

Óleo de Gergelim 

Alivia os sintomas da TPM por conter elevadas quantidades de vitamina E. Antioxidante natural, protege as células contra os radicais livres e o envelhecimento precoce. Fonte de ácidos graxos insaturados, ômega 9 e 6, é indicado para quem deseja suplementar a alimentação com nutrientes fundamentais para o funcionamento do corpo.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto