Biomassa de banana verde ajuda a emagrecer e regula o intestino

Fernanda Lima

A biomassa é simples de fazer e substitui ingredientes como óleo, creme de leite e até ovos em receitas, além de deixá-las muito mais saudáveis. Confira os conselhos e receitas dos nutricionistas.

Biomassa de banana verde: um verdadeiro coringa na cozinha.

 
A receita e os benefícios da biomassa de banana verde são antigos, mas o seu uso na culinária se tornou mais frequente nos últimos tempos. A preparação ficou conhecida por ajudar na redução de peso e do colesterol, promover saciedade, controlar a quantidade de açúcar no sangue (glicemia) e melhorar o funcionamento do intestino.

Segundo Amanda Bellodi Gerbasi, nutricionista especializada em obesidade e emagrecimento, a biomassa contém um tipo de amido que não é digerido pelo organismo, conhecido como amido resistente. "Ele age no organismo da mesma maneira que as fibras insolúveis, aumentando o bolo fecal e promovendo saciedade", explica a nutricionista. 

O amido resistente também é fermentado no intestino grosso pelas bactérias que compõem a flora intestinal. Por essa razão, é chamado de alimento prebiótico, tendo como uma de suas funções a de ajudar o corpo a liberar e diminuir as toxinas. Leonardo Canellas, nutricionista da clínica homônima, explica que o amido também colabora no controle e diminuição do riso de algumas doenças como o câncer. "Existem estudos científicos indicando que seu consumo pode reduzir os riscos de câncer colorretal, pois o amido tem ação parecida com a das fibras, sendo eficaz para manutenção da saúde do intestino", explica. 

O expert acrescenta outros benefícios do consumo deste alimento: regular o trânsito intestinal, podendo colaborar no alívio de diarreias e combater a prisão de ventre. Além disso, aumentar a quantidade e atividade das bactérias benéficas que habitam o intestino. “A biomassa de banana verde também é fonte de vitamina A, que é um nutriente importante na saúde dos olhos e da pele”.

Biomassa e emagrecimento

De acordo com os dois especialistas, a biomassa de banana verde por de ser uma grande aliada no combate aos quilinhos indesejados. "Por ser um alimento de baixo índice glicêmico, evita os picos de glicose no sangue, que vai sendo liberada gradativamente tornando a absorção mais lenta e aumentando a sensação de saciedade por mais tempo, o que favorece o processo de emagrecimento", explica Leonardo.

Depois de pronta, a biomassa dura até cinco dias na geladeira, mas pode ser congelada sem prejuízos nutricionais por até três meses. "O ideal é conservar em porções de 200g em diferentes potes para ser utilizada nas receitas ou em forminhas de gelo para serem usadas no suco verde, por exemplo", sugere Amanda. Além disso, é importante usar a banana verde, pois depois que ela amadurece, o amido resistente é convertido em açúcares, como a glicose, frutose e sacarose.

Seu consumo, que pode ser de duas a quatro colheres de sopa por dia, não possui contraindicações, porém, explica a nutricionista, é preciso tomar cuidado com a quantidade diária. "Por ser rica em fibra, não é interessante o seu consumo desenfreado e pode gerar alguns desconfortos, como distensão abdominal, dores abdominais e formação de gases", alerta Amanda.


Biomassa na cozinha

Além de ser usada em receitas como sucos naturais, pães integrais, preparações sem glúten, vitaminas, tortas, sopas, maionese, mousses, bolos, a biomassa de banana verde também pode ser utilizada no preparo de alimentos como um espessante para aumentar a viscosidade e dar mais consistência em preparações culinárias. Ela é uma boa substituta para parte das receitas que fazem uso de amido de milho, ovo, óleos, maionese, creme de leite. E o melhor de tudo: não deixa sabor nenhum nas receitas.

Aprenda abaixo a preparar a biomassa e confira as receitas exclusivas que os nutricionistas revelaram para A Revista da Mulher: brigadeiro de biomassa de banana verde e tortinha de chocolate funcional. Bom apetite!

Receita de Biomassa

Ingredientes
10 bananas nanicas bem verdes (não devem estar em processo de amadurecimento)

Modo de preparo
Corte as bananas retirando a ponta sem deixar aparecer a polpa. Lave bem as bananas com casca utilizando uma esponja com água e sabão. Coloque em uma panela de pressão com água já fervendo e tampe a panela. Quando der pressão, conte 8 minutos e desligue. Deixe terminar o cozimento com o fogo desligado e panela tampada por mais 15 a 20 minutos. 

Após o termino do cozimento é importante manter as bananas quentes até serem processadas. Retire as cascas das bananas e leve ao processador ou liquidificador ainda quentes para não empelotar. Inicie o processamento adicionando água aos poucos em quantidade suficiente para virar um creme na consistência desejada. Guarde em seguida em pequenas porções na geladeira ou no congelador.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto