Nozes: grandes aliadas do organismo

Daniel Navas
Conheça todos os benefícios das nozes e tire bastante proveito dessa oleaginosa
As nozes contribuem com a perda de peso e com a saúde no geral
 
Bastante requisitada principalmente no fim do ano, a noz é uma oleaginosa que vem ganhando bastante destaque entre as adeptas da alimentação saudável. Isso porque esse fruto seco traz diversos benefícios a saúde. “Podemos começar dizendo que as nozes são ricas em antioxidantes, vitaminas E e C e selênio, o que contribui na prevenção do envelhecimento precoce ao bloquear a ação dos radicais livres”, conta Artur Pereira, nutricionista clínico e esportivo da clínica Dr. Fernando Bianco.
 
E tem muito mais. A oleaginosa diminui os níveis do colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL), prevenindo a arteriosclerose (formação de placas de gordura na parede dos vasos sanguíneos e podem levar ao infarto do miocárdio), graças a ação do ômega 3 presente no alimento. “A junção desse ácido graxo com o ômega 6, a vitamina E, o zinco e o potássio, traz outras melhorias ao organismo, como a redução do desenvolvimento de doenças cardiovasculares, melhora da capacidade cognitiva (processo de adquirir conhecimento por meio da atenção, memória, raciocínio, etc) e controle da glicemia (açúcar no sangue)”, explica Letícia Mendes, nutricionista da Estima Nutrição. 
 
Além disso, devido a presença do aminoácido L-arginina, que atua na formação do oxido nítrico no corpo, as nozes têm sido apontadas como importantes vasodilatadoras das artérias, contribuindo assim para a redução da pressão arterial
 

Menos quilos na balança 

A oleaginosa se tornou queridinha entre as malhadoras de plantão. Afinal de contas, ela é rica em proteínas (100g de nozes possuem 20g do nutriente) e fibras (as mesmas 100g do alimento têm 7g de fibras), o que leva o fruto a apresentar um grande poder de saciedade, mesmo ao ser ingerido em pequenas quantidades. E isso contribui no controle e, o melhor, na perda de peso
 
Mas fica o alerta: por ser extremamente calórica – 100g do alimento possui mais de 600 kcal –, a noz deve ser consumida com moderação. De acordo com Artur Pereira, estudos mostram que 30g, o equivalente a 3 unidades da oleaginosa por dia, são suficientes para se obter todos os benefícios à saúde. 
 
E o grande volume de prebiótico encontrado na noz também melhora a função intestinal, prevenindo problemas como a constipação (que atrapalha muito o dia a dia principalmente das mulheres). “Outro benefício pouco divulgado é a ação das nozes na saúde dos ossos. Elas são ricas em cálcio: mineral importante para o fortalecimento esquelético e a prevenção da osteoporose. O fruto ainda apresenta grande quantidade de fósforo, que vai atuar na formação e na manutenção óssea”, afirma Pereira.
  

Durma como um anjo

Para quem quer melhorar ainda mais a noite de sono, saiba que as nozes também são poderosas nesse quesito. Isso porque elas são ricas em triptofano, aminoácido que, junto com outras substâncias, é responsável pela formação da melatonina, hormônio responsável por regular o sono.
 

Já para a cozinha

Para ajudar a levar todos esses benefícios com muito mais sabor, o nutricionista Artur Pereira separou uma receita deliciosa para você preparar. Veja só:
 

Bolo integral de nozes

 
Ingredientes:
1 xícara de adoçante culinário próprio para ir ao forno
2/3 de xícara de farinha de trigo integral
1/2 xícara de farinha de trigo comum
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
1/2 xícara de nozes picadas ou trituradas
2 ovos
1/2 xícara de leite integral ou desnatado morno
1/2 xícara de manteiga sem sal
 
Modo de preparo:
Misture os ingredientes secos e, em outra tigela, coloque os líquidos. Depois, junte-os e mexa até formar uma massa homogênea. Preaqueça o forno a 180ºC por cerca 10 minutos. Coloque a mistura em uma forma untada com manteiga e farinha e leve para assar por, em média, 45 minutos. A partir dos 30 minutos, você já pode abrir o forno e fazer o teste com o palito. Saindo limpo, significa que o bolo está pronto.
 
Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto