Chá de cavalinha: ajuda a emagrecer e reduz celulite

Fernanda Lima

Este chazinho poderoso é rico em substâncias que funcionam como diuréticos e também em silício, mineral que melhora a saúde da pele

Conheça os benefícios da chá de cavalinha para a saúde. © iStock


Dar um basta na temida celulite não é nada fácil. Já está mais do que comprovado que para reduzir ou eliminar o aspecto "casca de laranja", é fundamental investir na prática regular de atividade física, além de tomar cuidado com os alimentos ingeridos. O chá de cavalinha é um destes alimentos “parceiros” que não deve ficar de fora do cardápio.

De acordo com Roberta Thawana, nutricionista clínica e funcional da clínica Karina Gilio, a cavalinha contém silício, um mineral essencial para estabilizar o colágeno e melhorar a saúde da pele. “Consumir o chá de cavalinha contribui para a melhora do aspecto da celulite, mas sua ingestão deve ser associada à uma alimentação adequada”, explica.

O chá também é um poderoso aliado do emagrecimento, isto porque é rico em saponinas e flavonoides, que funcionam como diuréticos. “O chá de cavalinha ajuda na redução de inchaço e eliminação de toxinas”, explica a nutricionista.

Chá de cavalinha + chá verde

Com o intuito de exterminar de vez a celulite e dar uma turbinada no emagrecimento, muitas pessoas investem no consumo do chá de cavalinha aliado ao chá verde. De acordo com a nutricionista, a combinação pode, de fato, ser positiva.

"O chá verde tem efeito termogênico (de acelerar o metabolismo). Associado à cavalinha temos efeito termogênico e ao mesmo tempo diurético, o que estimula o emagrecimento”, explica a especialista.

Entretanto, vale o alerta: o chá verde não pode ser consumido por quem tem hipotireoidismo, por isso, o ideal é consultar um nutricionista antes de tomar as chás.

Modo de preparo e consumo

Para preparar o chá de cavalinha, basta ferver 200ml de água e acrescentar 1 colher de sopa da folha. No caso do consumo combinado com o chá verde, coloque meia colher de cada erva. Depois, desligue o fogo, abafe por 5 minutos, coe e sirva.

O ideal é consumir duas xícaras do chá de cavalinha por dia, uma de manhã e outra à tarde. A bebida poderosa não deve ser consumida por gestantes, pessoas que têm pressão baixa, insuficiência renal e por aqueles que usam medicamentos diuréticos e anti-hipertensivos. Vale ressaltar que, em excesso, o chá pode levar à irritação gástrica e urinária.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto