Sementes de girassol fazem bem à saúde e ajudam a emagrecer

Ana Paula Cardoso

Entenda quais são as principais propriedades dos grãos e inclua-os na dieta

Sementes de girassol contêm propriedades capazes de auxiliar no emagrecimento.


As sementes de girassol sempre foram muito utilizadas como alimento de aves. Mas com as diversas descobertas sobre alimentação natural ou macrobiótica, o alimento vem ganhando a mesa de quem vive em busca de uma dieta funcional.

Ricas em vitamina E, as sementes de girassol auxiliam na neutralização dos radicais livres do nosso corpo. Os grãos têm ação anti-inflamatória e são ricos em fitosteróis, substância que reduz os níveis de colesterol ruim.

Incluir sementes de girassol na alimentação diminui ainda as chances de acidente vascular cerebral e de ataque cardíaco, graças à sua concentração de magnésio. O nutriente também  diminui a pressão sanguínea e ameniza a dor de cabeça.

"Rica em fibras, a semente de girassol é ainda indicada no tratamento de prisão de ventre ou constipação. Isso, consequentemente faz com que ela seja muito bem vista quando o assunto é perder alguns quilos, pois ajudará o intestino a funcionar melhor", explica a nutricionista Marcia Del Grand.

Semente de girassol e o ganho de massa muscular

Como possui proteínas responsáveis pelo ganho de massa muscular, a semente de girassol também pode ser incluída na refeição de atletas ou mesmo de quem pratica exercícios físicos. 

Estudos realizados pelo USDA Nutrient Database National, indicam que um quarto de xícara de sementes de girassol contribui para o ganho de massa magra, para a reparação do tecido muscular e para a produção de energia.

"Após o ganho da massa muscular, a vitamina E ajudará a recuperar a musculatura que é perdida durante o treino. Há também a presença de selênio, que auxilia no ganho de massa magra, uma vez que é antioxidante", explica a especialista.

Os benefícios da semente de girassol para a saúde

Segundo a nutricionista, a ingestão diária deve ser de uma colher de sopa de semente de girassol. "O alimento pode ser acrescentado em saladas ou sucos e é uma boa opção para petiscos", indica Marcia.

A boa notícia é que não são encontradas contraindicações, porém, como qualquer alimento, deve-se respeitar as quantidades. Uma colher de sopa cheia de semente de girassol tem, aproximadamente, 128 calorias. Veja a seguir o resumo das principais propriedades da semente de girassol:

  • ajuda a combater o colesterol alto evitando que ele se fixe nas paredes das artérias; 
  • é desintoxicante, pois ajuda na saúde intestinal; 
  • os fitoesteroides aliviam os sintomas da menopausa; 
  • auxilia na recuperação da musculatura no pós-treino; 
  • é comumente utilizada para tratar enxaquecas;
  • o consumo regular antes das principais refeições aumenta a saciedade; 
  • é anti-inflamatória;
  • alivia o estresse. 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto