Os benefícios do pepino vão desde a hidratação até o combate ao câncer

Ana Paula Cardoso

Nada de torcer o nariz para o alimento! O pepino hidrata, desincha e ainda pode manter o organismo fortalecido contra doenças graves

Pepino: alimento tem alto potencial refrescante e hidratante. © iStock


Vegetal que faz parte da mesma família do melão e da abóbora, o pepino é reconhecido por suas propriedades medicinais desde os tempos antigos. De tratamentos de pele até o auxílio ao combate do câncer, o alimento, que muitos acham indigesto, deve fazer parte de um cardápio saudável diário.

A nutricionista funcional e ortomolecular Raiet Gebrin Domingues, pós-graduada em coach pela Profissional Nutrition Coaching, listou os cinco principais benefícios do pepino para a saúde:

  • o pepino contém uma substância chamada cucurbitacina, que ajuda no combate ao câncer;
  • o alimento contribui na hidratação, porque contém cerca de 90% de água, o que ajuda a eliminar as toxinas presentes no corpo;
  • tem baixo valor calórico, o que faz dele um grande aliado no controle do peso (cerca de 19kcal por 1 xícara);
  • o pepino é alcalinizante, isto é, capaz de equilibrar a acidez do sangue tornando-o menos ácido, o que pode dificultar o crescimento de células cancerosas.
  • contém fibras, principalmente na casca, o que ajuda na saciedade.

Pepino contra inchaços

Devido a sua alta capacidade hidratante, o legume é usado frequentemente como paliativo contra alguns problemas, como inchaço e dores de cabeça. Quem nunca viu a  clássica imagem de uma mulher com uma rodela de pepino em cada um dos olhos? Não se trata de uma imagem de ficção.  

“O pepino é amplamente utilizado para vários problemas de pele, incluindo inchaço sob os olhos e queimaduras solares. Acredita-se que por promover refrescamento, ser calmante e emoliente, o alimento acalma a pele irritada e/ ou inchada”, confirma a nutricionista Raiet Gebrin Domingues.

Segundo a coach de nutrição, não há nada comprovado cientificamente relacionando o pepino ao alívio da dor de cabeça, porque a causa de enxaquecas e dores de cabeça em geral é multifatorial. “Mas se a dor de cabeça está relacionada à desidratação, o pepino ajudaria por ser rico em água”, diz Raiet.

Não existe uma quantidade exata de consumo. Uma xícara de pepino, com casca, tem, em média, 16 calorias. Mas atenção: o pepino é considerado um alimento flatulento (que provoca gases). “Quem sofre com algum problema do aparelho digestivo não deve consumir o pepino em excesso”, completa  a nutricionista.

Suco de pepino detox

O acúmulo de substâncias tóxicas no organismo pode levar a danos importantes em nível celular, devido ao aumento na produção de radicais livres e substâncias carcinogênicas. Algumas vitaminas e minerais presentes no pepino são importantes para ajudar o fígado a eliminar estas substancias. 

Para ajudar aqueles que querem se beneficiar das propriedades, mas têm pouca tolerância ao alimento, a nutricionista Raiet Gebrin Domingues  forneceu uma receita de suco detox:

“Vale lembrar que 'detoxificar' significa ajudar o organismo a eliminar substâncias potencialmente tóxicas. Essas substâncias podem ser geradas pelo próprio corpo, como resultado das reações de metabolismo, ou ainda provenientes de agentes externos, como agrotóxicos e aditivos químicos”, ressalta a especialista.

Receita de suco detox de pepino

Ingredientes:

  • 2 rodelas de abacaxi
  • 1 pepino médio com a casca
  • 4 folhinhas de hortelã
  • 200 ml de água de coco

Modo de preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador. Tomar imediatamente, de preferência em jejum. Evite coar, para consumir as fibras.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto