Aprenda como reduzir a vontade de comer doce

Ana Paula Cardoso

Veja dicas tirar a fissura por sobremesas e diminuir o consumo de açúcar

Vontade de comer doce pode ser amenizada com ideias simples. © iStockphoto.com/fizkes


Quem nunca viu alguém que parece uma formiga: onde tem açúcar, está por perto? A intensa vontade de comer doce pode causar desequilíbrio na alimentação e levar à obesidade. Mas é possível controlar essa fissura por açúcar sem eliminar de vez o ingrediente da dieta. Basta consumi-lo com moderação.

Em primeiro lugar, convém saber como surge, em geral, a vontade de comer doce sem controle. O fenômeno está relacionado à oscilação brusca da quantidade de insulina nas células. Quando este hormônio está em alta ou em baixa, é sinal de desequilíbrio no metabolismo. As células sentem falta de açúcar e mandam ao organismo sinal de que é preciso comer.

Vontade de comer doce? Mantenha o açúcar por perto

Segundo a nutricionista Marcia Daskal em muitos casos, é a falta de conhecimento que faz com que as pessoas sejam radicais e acabem excluindo o açúcar da alimentação. A boa notícia é que o açúcar pode estar presente na dieta todos os dias, principalmente quando ingerido após ou próximo às refeições.

"Ao juntar açúcar e carboidrato com outros nutrientes ingeridos durante o almoço ou o jantar, como fibras, proteínas e gorduras, são evitados os chamados 'picos de insulina'", orienta a nutricionista.

Marcia explica ainda que a insulina é um hormônio que transfere a glicose da circulação sanguínea para as células. Dessa forma, quando a insulina está desequilibrada (em alta excessiva), a glicose não chega às células, causando a hipoglicemia ligeira (baixa glicose não crônica no sangue) e, consequentemente, aumentando a vontade de comer doce.

Dicas para reduzir vontade de comer doce

A especialista ressalta que em casos de dietas restritivas, sem carboidratos, ou quando se fica muito tempo sem comer, essa vontade de comer doce poderá ser maior e mais presente.

"O que comprova que a restrição não é um bom meio para atingir determinados objetivos, como a perda de peso de forma saudável", ressalta Marcia Daskal.  Veja a seguir algumas dicas para diminuir a vontade de comer doce:

1) Opte por doces mais "simples"

Como os que são a base de frutas: qualquer doce é permitido, desde que consumido em pequena quantidade. Porém, quanto mais nutrientes e ingredientes naturais trouxerem, melhor para a saúde. Alguns exemplos são: compotas, goiabada, geleia com um pedaço de queijo, bolos sem recheio e sem cobertura, doce de leite e chocolate com alto teor de cacau.

2) Seja seletivo, escolhendo qual doce quer comer

É louco por pudim? Então, quando bater a vontade de comer doce, o ideal é escolher aquele que mais gosta e saboreá-lo com calma. No dia seguinte, prove outro, sempre com a consciência do que se está fazendo e aproveitando o momento.

3) Use menos açúcar em receitas

Muitas pessoas consomem açúcar diariamente em produtos como pão, bolo, sucos, iogurtes, mostarda, molho de tomate e etc. Às vezes, sem perceber. Então, outra dica é usar um pouco menos de açúcar do que a receita pede quando for cozinhar. Também vale experimentar o suco, o café e o chá antes de adoçar.

4) Só uma vez por dia

É recomendável que o doce seja ingerido apenas uma vez por dia e em porções pequenas, pois ele serve para matar a vontade de comer doce e  dar energia - e não para matar a fome. Com moderação e equilíbrio, pode fazer parte de uma dieta saudável e combiná-lo com a prática de exercícios físicos.

5) Coma devagar

O sabor é sentido apenas na boca, então, não há vantagem em comer rápido. Além disso, o indivíduo acaba comendo mais quando come rápido e não aproveita o gosto e sensação proporcionados pelo alimento. "É importante dar tempo para o corpo entender a quantidade de comida que está sendo ingerida e saiba pedir o quanto é realmente necessário", diz a nutricionista Marcia Daskal.

6) Use especiarias

Especiarias como cravo, canela ou baunilha acentuam o sabor da frutose (o açúcar natural das frutas). A dica é usar esses ingredientes em preparações para evitar o uso do açúcar refinado. Assar uma maçã com canela, por exemplo, pode ser uma deliciosa opção de sobremesa.

7) Substitua o açúcar pelo mel

Segundo Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, o mel atua como um agente regenerador no intestino, local onde ocorre a produção da serotonina. “O alimento potencializa a liberação do hormônio e, consequentemente, fornece mais disposição e melhora o humor. Também vale destacar que é ótima alternativa ao açúcar, pois fornece diversos benefícios importantes para o organismo”, complementa Cyntia.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto