Nutricionista dá dicas para entrar no verão com a barriga chapada

Fernanda Lima

Investir nos alimentos certos, como chás, aveia e o óleo de coco, além da prática regular de atividade física, estão entre as sugestões da expert

Nutricionista ensina como entrar no verão com a barriga chapada. © iStock/jacoblund


Emagrecer e ter a tão sonhada barriga chapada é o desejo de muitas mulheres, especialmente quando chega o verão. No entanto, para alcançar esse objetivo é preciso literalmente suar a camisa, aliando alimentação balanceada com a prática regular de exercícios físicos. Confira as dicas da nutricionista para conquistar a barriga lisinha.

Foco na alimentação

Segundo Flaviane Calônego, nutricionista especializada em nutrição esportiva e metabolismo humano, a primeira dificuldade na qual as mulheres esbarram quando o assunto é ter uma “barriga chapada” é a alimentação. 

"Diversos estudos mostram que deficiências nutricionais e maus hábitos como a ingestão de carboidratos simples (pães, arroz branco, massas e farinhas brancas), frituras, queijos amarelos e bebidas com gás precisam ser evitados, pois podem deixar o corpo inchado"

Outro fator que dificulta alcançar a tão sonhada barriguinha é a retenção de líquidos. Segundo Flaviane, este problema pode ser amenizado com o aumento do consumo de água e a inclusão de chás na dieta. Opte por chá de Hibisco e chá verde que são diuréticos e para turbinar as bebidas, a dica é acrescentar gengibre e canela. 

A nutricionista sugere ainda sempre priorizar verduras, legumes e frutas, alimentos de fácil digestão. Aconselha-se também aumentar o consumo de fibras, pois elas ajudam no funcionamento do intestino e diminuem a sensação de abdome estufado.

Além disso, Flaviane indica o consumo de alimentos como a aveia, farinha de coco, óleo de coco, goji berry e a pimenta vermelha para acelerar o metabolismo e contribuir ainda mais com o emagrecimento

As gorduras mono e poli-insaturadas,  em doses adequadas, também ajudam na diminuição da gordura abdominal, pois promovem maior oxidação dos ácidos graxos (“gordurinhas”) e são capazes de reduzir o índice glicêmico dos alimentos.

“Entre as boas gorduras estão azeite de oliva extra-virgem, abacate, e oleaginosas, como castanha do pará e amêndoas.” Outra dica da nutricionista, é fazer as refeições fracionadas. "Coma em menores quantidades e mais vezes durante o dia, mastigue bem os alimentos, pois quanto mais ‘quebrados’ eles estiverem, mais fácil será a digestão", explica a expert.

Atividade física é indispensável

Flaviane destaca ainda que, de fato, a alimentação é muito importante, mas não vale esquecer dos exercícios físicos. “A relação é 50% de uma alimentação balanceada para o objetivo, e 50% de atividades físicas diárias para conquistar a tão desejada barriga chapada", explica.

E sobre a quantidade e frequência das atividades físicas, é importante praticar, no mínimo, cerca de 3 dias na semana, considerando que uma caminhada aos finais de semana pode ser incluída nesta somatória. Para chapar a barriga, o ideal é fazer abdominais de três a quatro vezes por semana.  

Receita: suco chapa-barriga

Confira a sugestão de um suco rápido e prático que contribui para chapar a barriga sugerida pela nutricionista Flaviane Calônego.

Ingredientes

  • 3 fatias de melancia
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • 1 colher de chá de linhaça triturada
  • 150 ml de água

Modo de preparo

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto