Encontre a calça jeans perfeita para seu tipo de corpo

Gabriela Torres
O equilíbrio entre o corpo e o modelo da peça é a regra básica para encontrar a calça jeans ideal para cada tipo de corpo

As calças flare e reta são os modelos mais democráticos, caindo bem em todos os tipos de corpo.


O jeans é uma peça super versátil e podendo ser usado em diversas ocasiões. Mas como escolher a calça ideal para cada tipo de corpo e garantir uma produção cheia de estilo e conforto? O segredo é o equilíbrio, "a calça não deve ficar nem justa, nem larga demais", adianta a consultora de imagem Fernanda Fuscaldo.

Para não errar na hora da compra, a especialista ensina a escolher o modelo ideal de jeans para cada tipo de corpo, valorizando o que há de melhor e camuflando o que mais incomoda, sem perder o estilo, nem deixar o gosto pessoal de lado. O segredo é harmonizar às proporção sem abrir mão do conforto da peça.

Outros detalhes que não devem ser esquecidos são a bainha e o ajuste. Parece ruim ter que "mexer" na calça, mas a personal stylist afirma que é super importante. "Jeans largo na cintura e pano sobrando na barra da calça é muito feio e nada elegante", garante. E conclui: "Se a calça vestir bem nas coxas e no bumbum, não hesite em ajustá-la na cintura para ter um caimento perfeito".

Tipos de calça

Existem vários modelos de calça jeans. Uns mais justos, outros largos, cintura alta ou baixa, boca aberta, reta ou super justa, ou seja, tem para todos os gostos e corpos. E conhecendo bem cada peça e o que cada uma oferece, é possível valorizar os pontos fortes e camuflar o que incomoda no corpo feminino.

Flare

Um modelo mais atual da boca de sino (ícone fashion nos anos 70), a calça flare é levemente ajustada até a altura dos joelhos, onde começa a abrir a "boca", que progressivamente se alarga até a barra, cobrindo os sapatos. A não ser que a mulher seja muito alta e magra, o ideal é usar saltos, sejam eles finos ou grossos, e esquecer as rasteiras. Para não errar, o comprimento da barra não deve arrastar no chão, nem deixar o sapato todo à mostra. No máximo dois centímetros de salto deve aparecer.

Reta

A calça jeans reta é clássica e cai bem em todos os tipos de corpo, principalmente as mais curvilíneos. O corte deste modelo é bem equilibrado: desde o cós que não é baixo nem alto, mas na altura do umbigo, até o comprimento e barra, nada justo nem folgado, nem comprido e nem curto.

Skinny

Quando lançado, o jeans skinny era conhecido por ser um modelo super justo e de cós baixo, o que deixava a calça com um estilo vulgar. Com o tempo, a cós foi subindo para a altura do umbigo e um pouco acima dele. Para garantir um estilo sexy sem sem vulgar, o truque é equilibrar a calça justa com uma parte de cima mais soltinha.

Boyfriend

A tradução fashion para a calça boyfriend nada mais é do que "peguei emprestado do namorado". Afinal, as calças jeans masculinas são mais largas e sem formas. É o modelo que vem agradando muitas mulheres atualmente. O jeans boyfriend é um dos mais usados entre as fashionistas que buscam estilo e conforto. Com ele, o ideal é optar por peças mais ajustadas na parte de cima ou apostar nas largonas e entrar na onda oversized, que é tendência.
   

Usados na medida certa, os jeans skinny e boyfriend ficam super estilosos.


Tipos de corpo e o modelo de calça ideal

Muito além do padrão dos tipos de corpo, como o ampulheta, pera, oval, triângulo invertido e retangular, existem também pequenas diferenças entre uma mulher e outra, que mudam tudo na escolha do jeans ideal. Por isso, A Revista da Mulher pediu a consultora de imagem para destacar alguns deles e selecionar os melhores e piores jeans para acertar de vez no modelo perfeito.

Bumbum pequeno

Tanto as calças flare, reta e skinny são boas para quem não tem bumbum ou tem nádegas pequenas. Opte pelo jeans com bolsos na parte de trás, que dão a ilusão de volume, caso o objetivo seja aumentar as formas.

Bumbum grande

Se a vontade é esconder ou valorizar sem ficar vulgar, apenas o modelo skinny deve ser evitado, já que o jeans é mais justo e afina do comprimento à barra da calça, deixando o bumbum em evidência. Os modelos flare e reta equilibram o corpo.

Quadril largo

Aqui a calça skinny também deve ser evitada. Segundo a consultora, a melhor escolha é o jeans flare, que garante a harmonia das proporções. Já que a boca da calça começa a abrir logo abaixo dos joelhos, este modelo equilibra o quadril largo com o restante do corpo. 

Sem quadril

Já aqui, o jeans skinny é a escolha certeira, pois evidencia a parte menor do corpo, ou seja, os quadris. As outras calças também são bem vindas, desde que tenham a cintura no lugar.

Pernas finas

Cuidado com o modelo justo e calças escuras, que afinam ainda mais as pernas. Um jeans claro cria visualmente um volume a mais onde se tem menos. Atenção, porque as calças também não podem ser muito largas, para não parecer que se está vestindo um saco. Evite peças de cintura alta.

Pernas grossas

O jeans skinny vai "sufocar" as coxas, sobretudo se a calça for em cor clara. Os modelos mais estruturados, como flare e reta, são os ideais, pois não apertam as pernas.

Perna comprida

Aqui, a calça de cintura baixa é uma boa escolha. Com o cós mais alto, se tem a impressão que as pernas são bem mais longas do que realmente são. Dos modelos de jeans, todos estão aprovados.

Perna curta

A calça boyfriend deve ser evitada, ainda mais se for muito larga. Visualmente ela vai achatar o corpo, deixando a mulher menor ainda. Para criar o efeito inverso, os jeans em flare e reta com a cintura no lugar são as melhores opções para alongar.

Barriguinha saliente

Jeans com a cintura na altura do umbigo é o ideal, que não marca as gordurinhas extras, nem as deixa em evidência. Além disso, a cintura alta pode deixar a barriga ainda maior. Como a calça skinny é mais justa, deve ser evitada, as demais estão liberadas.

Copyright foto: Silvia Olsen/REX/REX/Sipa, ORB/ZOJ/WENN.COM/sipa e IMAXtree

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto