Criatividade e inovação nos sapatos da alta-costura em 2016

Jessica Krieger
  • Extravagantes, ultramodernos e com uma beleza sem igual: confira os modelos de calçados que chamaram a atenção nos desfiles haute couture neste ano 

    Modelos de Georges Hobeika e Iris van Herpen mostram riqueza em detalhes.


    Além dos looks conceituais e vestidos de festa luxuosos, os desfiles de alta-costura em Paris neste ano mostraram sapatos magníficos. Estes acessórios se destacaram nas passarelas pelo trabalho cuidadoso (e muitas vezes artesanal) de aplicações, recortes e muitos detalhes suntuosos - dignos da haute couture.

    Os modelos impressionaram pelo design e inovação, pautados na criatividade e até mesmo em um conceito que parece arquitetônico - mas que casou perfeitamente com a concepção de cada um dos desfiles. Nesta galeria, conheça os sapatos mais bonitos e inusitados das passarelas de alta-costura 2016.

    Copyright foto: iMAXtree
  • Adeline Andre

    Adeline Andre, coleção Outono/Inverno 2016.


    A estilista francesa Adeline Andre combinou sandálias minimalistas com salto vazado e meia-calça arrastão branca. Destaque para o shape, com formas geométricas modernas. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Alexandre Vauthier

    Alexandre Vauthier, passarela Outono/Inverno 2016.


    No desfile de Vauthier, as ankle boots bem ao estilo gladiadora ganharam versões modernas, cheias de amarrações na frente e no tornozelo. Os modelos de camurça surgiram abertos na frente e com um elegante salto fino. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Antonio Ortega

    Coleção Antonio Ortega, Outono/Inverno 2016.


    Bota em tom vibrante e rica em detalhes étnicos nas laterais: esta foi a aposta de Ortega para complementar looks em seu desfile de haute couture. O modelo meia-pata, com salto mais grosso, ainda ganhou amarrações em toda a parte de frente. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Armani Privé

    Armani Privé, desfile Outono/Inverno 2016.


    Giorgio Armani levou para as passarelas da Armani Privé uma nova versão do tradicional Mary Jane, conhecido por aqui como sapato boneca. Aberto atrás, este sapato trazia o cabedal estampado com desenhos geométricos, além de uma delicada tira fina em couro sobre o peito do pé. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Atelier Versace

    Desfile da Atelier Versace, Outono/Inverno 2016.


    Sapatos com laços imperfeitos, mais sutis e menos sexy, cobriram com muito charme o pé das modelos no desfile da Atelier Versace. Este acessório, preso com tira mais grossa ao redor do tornozelo, exibia um toque oriental - que permeou toda a coleção de Donatella Versace

    Copyright foto: iMAXtree
  • Chanel

    Chanel, coleção Primavera/Verão 2016.


    A Chanel apostou nas wedges de madeira com salto quase escultural. Na frente, o cap toe contrastou com o colorido do tecido artesanal escolhido para o restante da peça. O resultado? Sapatos repaginados, com uma nova interpretação de acessórios de temporadas anteriores.  

    Copyright foto: iMAXtree

  • Christian Dior

    Desfile da Dior, coleção Primavera/Verão 2016.


    O mule em couro com a irreverência de um lenço amarrado no tornozelo marcou o desfile da Dior. Este modelo nude, com uma tira preta quase imperceptível na lateral, é sinônimo de bom gosto e estilo. 

    Copyright foto: iMAXtree

  • Elie Saab

    Desfile de Elie Saab, Outono/Inverno 2016.



    Brilho e couro de cobra em tons de rosa se misturam nesta sandália meia-pata, com referências dos anos 70. Bem ao estilo party girl, o modelo com salto grosso consegue transformar a mais simples das produções. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Georges Hobeika

    Desfile de Georges Hobeika, Outono/Inverno 2016.


    O scarpin nas passarelas de Georges Hobeika ganharam aplicações de flores, que enchiam a parte do calcanhar e desciam em uma tira charmosa, contornando os pés até a lateral do sapato. Este trabalho artesanal, com bordados, também esteve presente em todos os looks do estilista. 

    Copyright foto: iMAXtree

  • Giambattista Valli

    Desfile Giambattista Valli, Outono/Inverno 2016.


    Giambattista Valli mostrou, mais uma vez, que os acessórios nas passarelas seguem o DNA ultra feminino de suas criações. Prova disso é a bota branca, toda estampada com ramos de flores - referência que foi destaque na última coleção do estilista. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Guo Pei

    Guo Pei, Outuno/Inverno 2016.


    Sapatos feitos com materiais brilhantes e metalizados arremataram os looks haute couture de Guo Pei, em Paris. Acessórios com cores fortes (e extravagantes) pontuaram o desfile da estilista chinesa.

    Copyright foto: iMAXtree
  • Iris van Herpen

    Iris van Herpen, no desfile Outono/Inverno 2016.


    Geometria baseada no estudo das ondas: esta foi a inspiração da holandesa Iris van Herpen para seus looks na semana de alta-costura de Paris. E o conceito foi replicado em sapatos estruturais, que lembram uma construção arquitetônica. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Maison Margiela

    Desfile da maison Margiela, Outono/Inverno 2016.


    A Maison Margiela apresentou botas de cano curto estampadas, com referências na decoração e tapeçaria. Este modelo, com verde e dourado, recebeu uma espécie de moldura, que começa no tornozelo, passa pelo calcanhar e termina no salto assimétrico

    Copyright foto: iMAXtree
  • Patuna

    Modelo da Patuna, Outono/Inverno 2016.


    Nas passarelas da Patuna, plataformas assimétricas pintadas à mão que revelam traços geométricos da arquitetura francesa. Os recortes nos tecidos do cabedal traduzem a arte e criatividade deste país - que foi o tema explorado do desfile. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Zuhair Murad

    Passarela de Zuhair Murad, Outono/Inverno 2016.


    O clima hippie chic das passarelas de Murad também pode ser visto nos sapatos. Nesta ankle boot em camurça, pequenos recortes vazados fizeram toda a diferença, assim como as amarrações crescentes na frente do calçado roxo intenso. 

    Copyright foto: iMAXtree
  • Yiqing Yin

    Yiqing Yin, na passarela de Primavera/Verão 2016.


    Os sapatos do desfile da jovem estilista Yiqing Yin foram assinados por Christian Louboutin. O designer traduziu em linhas, formas e cores sóbrias o tema pós-apocalíptico do desfile. 

    Copyright foto: iMAXtree

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto