Como usar a calça flare: 5 dicas para acertar o look

O modelo certo, os complementos ideais para alongar a silhueta e ideias de produção para fazer bonito com a calça flare

5 dicas para usar a calça flare. © IMAXtree


Após uma longa ditadura, o skinny dá sinais de cansaço, abrindo espaço para outras modelagens mais confortáveis como o descontraído e quase esportivo  "mom jeans". No entanto, do outro lado do guarda-roupa, outra versão mais adulta reaparece como alternativa elegante para acrescentar um toque feminino ao jeans (e até à alfaiataria): a calça flare. 

Mas ainda que a modelagem seja amiga da silhueta, é preciso tomar alguns cuidados para não acabar conseguindo o efeito contrário. Abaixo, cinco dicas preciosas para acertar.
 

LEIA TAMBÉM

Encontre a calça jeans perfeita para seu tipo de corpo

Calça de cintura alta: dicas de como usar e fotos para se inspirar

1. Lei da proporção

Quanto mais alta você for, mais ampla pode ser a abertura da sua flare. Caso contrário, o efeito será achatador. Para evitar esse resultado, escolha modelos ajustados na altura do quadril e das coxas e que se comecem a se abrir perto dos joelhos - alguns modelos com um pouco de elastano são ótimos para desenhar a silhueta onde é preciso.
 

Jeans, sim! Mas com elegância. Camisa de seda e jaquetas curtinhas: ótimos complementos para a sua flare. © IMAXtree

2. Suba no salto - mesmo

Um dos grandes trunfos da calça flare, seja ela jeans ou tipo alfaiataria, é poder esconder os sapatos sob a abertura, o que cria a ilusão de pernas "infinitas", contribuindo para criar uma silhueta mais longilínea. Por isso, a não ser que você tenha 1,80m, não dispense um bom salto 10 ou 15 grosso e confortável para esconder sob a "pata de elefante".

Mas atenção: ainda que sua sandália ou bota não fique visível a maior parte do tempo, lembre-se que ao andar ou sentar ela será revelada, então escolha um modelo que converse com o resto do look.

3. Segure a barra 

Na hora de fazer a barra da sua calça, experimente-a com o sapato que você devera usá-la e meça de maneira que ela quase encoste no chão - atenção: quase. Depois de pronta, nem pense em trocar a plataforma 15 por um salto médio com a sua calça, já que ela ficará muito comprida e arrastará no chão, o que além de não contribuir para a silhueta, é sinônimo de descuidado e deselegância. 
 

Outras cores e até estampas. © IMAXtree

5. Cores, estampas

Branco, estampado, colorido: não tenha medo de ousar e apostar em versões diferenciadas para sua calça flare. Um modelo branco, por exemplo, pode ser uma ótima ideia para criar um look monocromático; já o vermelho fica lindo com um top preto ou cinza. Na hora de escolher uma estampa, preste atenção para que os motivos não se redimensionem onde a calça é mais ajustada (quadris). 

5. Outras dimensões

Para uma produção mais atual, que tal tirar alguns centímetros da sua flare? A versão cropped, perfeita para o verão, garante um charme descontraído à produção e pode ser usada tanto com salto quanto com mules (como na foto abaixo) - aqui também vale a regra da modelagem acima, ou seja, a calça deve ser de preferência mais ajustada na altura da cintura e quadris e começar a abrir após os joelhos.
 

Curtas © IMAXtree

 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto