Personal fighter das celebridades fala sobre artes marciais e exercícios físicos

Jessica Krieger
Conceito que une fitness e lutas fez a fama do professor Chico Salgado, que deu aula até para o ator Vin Diesel

Chico Salgado é responsável por tornear corpos de atrizes e modelos brasileiras.

 
O carioca Chico Salgado, de 33 anos, é faixa-preta de jiu-jitsu e foi até campeão pan-americano. Conhece bem a preparação de um lutador e os treinos sacrificantes que antecedem um combate. Parte desta rotina ele aplicou na criação de um novo método para manter a forma que faz sucesso entre as celebridades: o personal fighting.

“É um mix de treinamento funcional com a prática de outras modalidades de luta, como o muay thai, o boxe e o jiu-jitsu”, explica o professor, que cobra a perfeita execução dos movimentos destas artes marciais, de modo que o corpo todo seja exercitado. 

Pioneiro no ramo, o personal trainer rapidamente encheu a agenda de clientes. Alguns bem conhecidos, como Sabrina Sato, Fernanda Paes Leme e Giovanna Ewbank, que disse perder três quilos por semana praticando personal fighting. Até mesmo o norte-americano Vin Diesel, do filme Velozes e Furiosos, já recorreu aos seus serviços durante passagem no Brasil: “um amante do jiu-jitsu”, recorda Chico Salgado. 

Como funciona?

A dinâmica das lutas não é o único diferencial do método: o professor prefere dar aulas itinerantes para estimular. “Eu nunca me prendo a um só ambiente ou academia, a não ser que o aluno tenha isso como exigência, mas cada dia o treino é feito em um lugar e de uma maneira diferente”, destaca. Dependendo da dedicação do aluno, os primeiros resultados podem ser apreciados em apenas um mês.

No aquecimento, o aluno prepara o corpo para ter um bom desempenho e nenhuma contusão durante a prática dos exercícios. Já na parte técnica, são treinados os movimentos específicos das modalidades de luta e, na explosão, o aluno precisa se esforçar ao máximo para atingir os objetivos. 

“Normalmente as mulheres querem modelar o corpo da melhor maneira que o biótipo de cada uma permite. Além disso, buscam por uma boa capacidade respiratória, equilíbrio e tudo o que precisam para viver bem seu próprio dia a dia”, acredita.

Copyright foto: Arquivo pessoal

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto