Pular corda ajuda a emagrecer mais rápido e de maneira saudável

Etiene Resende
Saiba como perder peso rápido e manter a sua saúde em alta sem precisar ir à academia apenas pulando corda 

Pular corda ajuda a definir o corpo e queimar gorduras mais rapidamente.


Existem diversas maneiras de perder peso, algumas mais saudáveis, outras mais arriscadas para a saúde (como as dietas malucas), mas nenhuma delas fácil. Se você está na luta contra a balança e não sabe mais o que fazer para acelerar a perda de peso, vai aqui uma dica valiosa: pule corda

Não se trata de uma brincadeira, pelo menos não quando o assunto são os benefícios que pular corda traz para a saúde e para o corpo. Por se tratar de um exercício físico aeróbico, possui a capacidade de acelerar a queima de gordura, o que aliado a uma alimentação equilibrada pode ser determinante para a perda de peso.

Benefícios de pular corda

Mais do que simplesmente queimar gordura e levar à perda de peso, pular corda contribui também para afinar a silhueta, aumentar o equilíbrio do corpo, melhorar ritmo e a coordenação motora, além de dar mais agilidade. Tudo isso devido ao esforço corporal que a atividade exige e da impulsão que é essencial para quem pratica.

Alguns especialistas afirmam que é possível perder até 4 quilos em 15 dias apenas pulando corda e controlando a alimentação. Mas isso pode depender muito de como cada corpo reage ao exercício e da maneira com a qual se pratica a atividade. 

Aprenda a pular corda corretamente

Como o objetivo agora vai muito além da diversão – o que nos impulsionava na infância , é preciso compreender a maneira mais correta de pular corda, o que será determinante para alcançar os resultados. Assim, a primeira dica é a escolha da corda

As cordas de plástico com rolamentos são as melhores opções, lembrando que o tamanho vai variar de acordo com a sua estatura. Use roupas confortáveis e que evitem o suor, além de tênis com amortecimento que possa suportar o impacto dos pulos e evitar lesões nas articulações. Evite pular em piso de asfalto ou concreto, optando por pisos mais macios como carpete ou grama. 

Estando tudo certo com o material e o local do exercício, siga os passos abaixo para pular corda corretamente:

  •  Sempre mantenha o corpo reto, olhando para frente;
  •  Comece a pular com os dois pés – como na época de criança;
  •  A cada vez que for pisar no chão, pise sempre com a ponta dos pés primeiro;
  •  Pule com as pernas estendidas e aterrisse com os joelhos levemente dobrados

Para potencializar o exercício, basta ir alternando o ritmo, pulando 30 segundos em nível leve, mantendo a velocidade baixa, passando em seguida para outros 30 segundos moderados, um pouco mais rápido e depois pule por 30 segundos em ritmo forte. Após esta sequência descanse e comece outra vez. 

O ideal é começar com uma sequência de 10 minutos, para iniciantes. Quando a prática passar para 20 minutos, chega-se ao estágio intermediário e com 30 minutos de exercício, ao nível avançado.

Na medida em que for se acostumando com o exercício é possível também fazer variações, pulando com o pé esquerdo e depois com o direito, por exemplo, ou mesmo colocando uma perna para frente depois a outra enquanto pula, alternando os pés 

Copyright fotos: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto