Saudação ao sol: saiba mais sobre essa posição da ioga

Fernanda Lima

Atividade fortalece o corpo, melhora o alongamento, aumenta a capacidade respiratória, diminui o cansaço e muito mais!

Fazer a saudação ao sol queima até 417 kcal.

 
A ioga é uma das atividades físicas mais completas, pois trabalha o corpo, a respiração, o equilíbrio e ainda é relaxante. Uma das posições mais famosas da prática é a Surya Namaskar, mais conhecida como saudação ao sol, que oferece uma série de benefícios para o corpo.
 
Segundo Adriane Lafemina, instrutora de ioga, pilates, alongamento e hidroginástica da Personal Work, a saudação ao sol foi criada pelos antigos hindus, que a consideravam como uma forma de reverenciar e honrar o sol, além de manter o corpo forte e flexível.
 
Para os antigos, o Surya (sol) representa a forma visível do divino, aquele que pode ser visto claramente a cada dia. "Fazer a saudação significa honrar tanto ao sol interior quanto o exterior, além da força criativa e vital que habita em nós", ensina a instrutora.
 
A posição é considerada um exercício corporal completo e tem como objetivo sincronizar os asanas (posturas) à respiração. Fortalece o corpo, melhora o alongamento, diminui o cansaço e dores na coluna, estimula as glândulas adrenais e o timo, produzindo uma sensação de leveza. Aumenta também a capacidade respiratória e proporciona o aquietamento das emoções e pensamentos.
 
Os benefícios não param por aí. Fazer a posição diariamente ajuda a aquecer a musculatura, além de estimular a lubrificação de praticamente todas as articulações e melhorar a circulação sanguínea.
 

A saudação ao sol na prática

A saudação ao sol, explica Adriane, é composta por duas rondas, que consistem, cada uma, numa sequência de 12 posturas de ioga. Primeiro, alonga-se o lado direito do corpo. Depois, o lado esquerdo. É indicado realizar a saudação logo cedinho, ainda em jejum. Segundo a instrutora, a saudação pode ser feita como um aquecimento ou como uma prática completa, porém a respiração deve sempre ser natural, sem forçar. 
 
Os iniciantes podem começar realizando de duas a quatro rondas e ir aumentando gradativamente, até chegar ao limite máximo de 108 séries. Fazer o exercício durante 30 minutos queima até 417 kcal (o mesmo tempo correndo na esteira elimina 414 kcal). Realizado em ritmo acelerado, é um excelente exercício cardiovascular. Se feita mais lentamente, a postura ajuda a tonificar os músculos. 
 
Por fim, a instrutura explica que a prática é contraindicada para quem tem hérnias de disco, problemas graves nas articulações ou passou por intervenções cirúrgicas diversas. Além disso, como em qualquer outra atividade física, é importante consultar um médico antes de iniciá-la. “Os iniciantes devem respeitar os limites do seu corpo e sempre aprender a sequência da Saudação ao Sol com um professor de ioga”, finaliza Adriane.
 
Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto