Aeróbico ou musculação: qual o melhor para perder peso?

Etiene Resende

Entenda de uma vez por todas qual das duas modalidades ajuda a perder peso mais rapidamente e faça sua escolha entre aeróbico e musculação

Especialista afirma que o melhor é aliar as duas modalidades para resultados melhores.

 

A busca por informação em sites diversos sobre o que fazer para perder peso de maneira definitiva e saudável pode acabar complicando ainda mais a situação, uma vez que existem muitas informações que se contradizem sobre este tema. Entre as dúvidas mais recorrentes está certamente aquela sobre qual modalidade é melhor para queimar calorias, aeróbico ou musculação.

O personal trainer Danilo Bortman, explica que aeróbicos são os exercícios de baixa intensidade e de longa duração, nos quais ocorre um processo metabólico com a presença de oxigênio, glicose, carboidrato e gordura, utilizados como fonte de energia (uma corrida de 30 minutos de intensidade moderada, por exemplo). Já a musculação é uma modalidade de exercício de contrarresistência, praticado normalmente para o treinamento e desenvolvimento dos músculos esqueléticos.

 

Aeróbico x Musculação

Cada modalidade possui sua função e pode contribuir de maneiras diferentes para o alcance ou manutenção de uma boa forma física. “O exercício aeróbico é mais utilizado para queima calórica e para um condicionamento físico mais aprofundado. Já na musculação, o principal foco da maioria das pessoas é a estética, consequentemente adquirindo um fortalecimento muscular e a hipertrofia”, destaca o especialista.

Segundo Danilo Bortman, não há nenhum problema unir os dois exercícios no mesmo treino. “Porém, para quem quer um ganho de massa muscular é indicado fazer no máximo 30 minutos de aeróbico após o treino de musculação, pois quando sua reserva de carboidrato se esgota, o organismo transforma proteína em glicose. E essa proteína será retirada da massa magra, fazendo o músculo perder volume (catabolismo)”, alerta.

O personal trainer explica que o exercício aeróbico, quando realizado com constância, promove uma aceleração do metabolismo, o que gera a perda de peso. “Muitas pessoas pensam que a perda de gordura ocorre somente durante o exercício, mas é numa fase chamada EPOC (consumo excessivo de oxigênio após o exercício) que o corpo metaboliza a gordura através desse consumo. Portanto, é muito importante praticar exercícios aeróbicos pelo menos 2 vezes por semana para o metabolismo não entrar em homeostase (estabilidade)”.

Já no caso do treinamento resistido (musculação) é possível sim queimar bastante caloria e deixar bem condicionado, porém depende da intensidade com a qual será realizada. “O treinamento funcional, ou circuito dentro da musculação, é uma opção para ficar bem condicionado e perder caloria”, destaca Bortman.

 

Afinal, qual é melhor para perder peso?

Em um cenário onde seja obrigatória a escolha entre um ou outro, segundo o especialista, a melhor opção para emagrecer é realizar o treino aeróbico. “O ideal mesmo é praticar os dois exercícios, pois sem musculação as estruturas internas, tecidos conjuntivos, estarão fracas, levando ao risco de lesões nas articulações”, reforça.

É importante lembrar que toda atividade física deve ser feita com o aconselhamento e acompanhamento de um profissional, tanto para que os objetivos sejam alcançados quanto para evitar lesões que podem gerar desconfortos e até mesmo afastar a pessoa dos exercícios.

 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto