Suplementos para mulheres e os seus benefícios

Daniel Navas

A proteína, importante para o ganho de músculos, também pode ser consumida em forma de suplementos 

O aumento de músculos vem da atividade física e do consumo de proteínas, que também pode ser ingerida em suplementos. © iStockphoto.com/Moussa81


Se a ideia é emagrecer, a matemática é simples: gastar mais calorias do que se consome. E, para isso, a atividade física e a dieta saudável formam a combinação perfeita. No ramo da nutrição, os suplementos para mulheres são bastante indicados, principalmente aqueles à base de proteína. 

“O consumo desse nutriente de boa qualidade estimula a síntese proteica muscular, favorecendo o ganho de massa magra (músculos). Além disso, a suplementação auxilia no complemento da alimentação e traz praticidade às refeições intermediárias e próximas ao treino”, esclarece Carol Kratz, nutricionista esportiva da Pulse, em São Paulo.

E por contribuir com o aumento da massa magra, o suplemento de proteína também pode ajudar no combate à flacidez (problema tão temido pelas mulheres). O que acontece é que a maior quantidade de músculos deixa o corpo mais rígido e longe da pele flácida.

Suplementos engordam?

O grande mito que envolve o suplemento para mulheres é a ideia de que o produto ajuda a engordar. "Se a pessoa tiver uma alimentação equilibrada com treino regular e utilização de proteína certa no horário certo, ela terá um aumento de massa muscular e diminuição de gordura. Porém, como os músculos pesam mais do que a gordura, pode ser que  a balança aponte um aumento”, explica Vivian Ragasso, nutricionista esportiva do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte, em São Paulo.

Por isso, a melhor maneira de saber se está emagrecendo ou engordando é por meio das medidas. Esqueça a balança e foque no tamanho da circunferência abdominal. Se essa medida estiver diminuindo, pode comemorar. E tem mais: o suplemento de proteína pode ser um grande aliado para as mulheres que querem seguir dietas hipocalóricas (destinadas ao emagrecimento). Isso porque ele é um nutriente com grande poder de saciedade, o que reduz a quantidade de alimentos ingeridos ao longo do dia.

Os tipos de suplementos

Existem dois tipos de proteínas: a animal e a vegetal. E em cada categoria existe uma diversidade de suplementos para mulheres. Por isso, é extremamente importante conhecê-los. 

Proteína animal

Caseína: sua composição leva 80% de proteína vinda do leite e os outros 20% é whey protein. Esse suplemento também contém boas quantidades de arginina – aminoácido que ajuda na liberação do hormônio do crescimento, também conhecido como GH – e de glutamina, que contribui para o aumento muscular. 

Sua absorção no organismo é lenta, podendo durar até 7 horas para que toda a proteína seja ingerida pelo corpo.

Whey protein: essa proteína é retirada do soro do leite durante o processo de fabricação do queijo. Além disso, é considerada uma boa fonte de aminoácidos essenciais – aqueles que não são produzidos pelo corpo –, elementos primordiais para a boa construção muscular. Existem três tipos de whey protein:

  • Concentrado: por volta de 80% de proteína na composição (o restante é composto por carboidratos e gorduras), além de conter lactose.
  • Isolado: por volta de 90% de proteína na composição e passa por um processo de retirada da lactose. Sem esquecer que algumas marcas reduzem a quantidade de gordura e carboidrato a quase zero, o que pode ser um ótimo aliado para quem quer emagrecer.
  • Hidrolisado: esse produto passa por um processo que transforma a proteína em fragmentos menores, o que facilita a digestão e aumenta a velocidade de absorção do nutriente no organismo.

Albumina: é a clara do ovo desidratada que, além de ser rica em proteína, também apresenta boas quantidades de aminoácidos essenciais, vitaminas do complexo B, ferro, potássio e fósforo. Sua absorção no corpo é lenta, o que pode aumentar o tempo de saciedade. 

Proteína de carne: esse produto, qu  é absorvido rapidamente pelo corpo e possui a maior quantidade de aminoácidos em um mesmo suplemento, por isso é um dos produtos mais indicados para quem busca bastante crescimento muscular.

Proteína vegetal

Soja, arroz e ervilha: os suplementos para mulheres derivados dos vegetais são indicados principalmente para veganos, intolerantes à lactose, ou com alguma outra alergia à proteína do leite. Mas também pode ser consumido por quem não possui esses problemas. 

A única ressalva é que os vegetais não possuem a quantidade certa de aminoácidos essenciais. Então, a dica é procurar por suplementos que tenham a maior quantidade desses elementos em sua composição (como arroz e ervilha, por exemplo).

Quantidade ideal

E para evitar o excesso de consumo de suplementos para mulheres, o que pode causar sobrecarga dos rins, é indicado uma ingestão máxima diária. “A média seria de 1,5 a 2 g por quilo de peso, dependendo do tipo de esporte, objetivo e idade”, afirma Helton Finnochio, nutricionista esportivo, de Niterói.

Portanto, para quem pesa 60 kg, por exemplo, o ideal é consumir 120 g de proteína por dia – para ter uma ideia, 1 scoop desses que vem junto com os suplementos proteicos, contém em torno de 20 a 25 g do nutriente.

Na prateleira

Para conhecer o que o mercado tem a oferecer, A Revista da Mulher separou cinco suplementos para mulheres que são os mais indicados pelos profissionais. Veja só:

1. Cycle 6 (Integralmédica). O produto é composto por seis tipos diferentes de proteínas: whey protein concentrado, isolado, hidrolisado, proteína do leite concentrada, caseína e albumina. Além disso, sua absorção é lenta e, cada scoop, tem cerca de 22 g de proteína.  

2. Red Berry Whey (Essential Nutrition). O suplemento é composto por whey protein hidrolisado e isolado, peptídeos de colágeno (que melhora a elasticidade da pele), polpas naturais de frutas e adoçantes naturais. Não contém lactose e cada dose (30 g) tem 22 g de proteína em sua composição.

3. Pussycat Whey (Black Skull). Whey Protein concentrada e isolada, que contém o chamado peptídeo de colágeno bioativo, que age diretamente na pele ao melhorar a firmeza e reduzir os efeitos da idade. Fornece 22 g de proteína por scoop (30 g) e tem absorção rápida.

4. Proteína da Carne (Growth Supplements). O processo de fabricação desse suplemento isola a proteína da carne o que, segundo o fabricante, impede que a gordura e o colesterol sejam inseridos no produto. De rápida absorção, 1 colher medidora (30 g) do suplemento apresentam 25 g de proteína.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto