Conheça os diferentes tipos de yoga

Daniel Navas

Saiba mais sobre as diferentes técnicas de yoga, como o Ashtanga, Power Yoga, Iyengar Yoga ou Kundalini Yoga

São sete tipos de yoga para conhecer e escolher aquele que melhor condiz com o objetivo pessoal. © iStockphoto.com/GeorgeRudy


Técnica de relaxamento que se baseia na respiração, a yoga é uma atividade milenar. Ao longo dos anos sugiram diversas variantes da modalidade: algumas exigem um esforço físico mais importante, outras se têm foco no lado espirital do yoga e há também aquelas que lançam mão de acessórios.

Para escolher o tipo de yoga que mais se adapta à você, saiba mais sobre as principais técnicas:

1. Ashtanga

Nesse tipo de yoga, as aulas podem ser guiadas por um instrutor ou o praticante segue seu próprio ritmo. “Existem seis séries de posturas com sequências fixas e para praticar a série seguinte o aluno precisa dominar todas as posturas da anterior”, explica Camila Vasconcellos, professora de yoga da academia Bodytech, em São Paulo. 

O diferencial da Ashtanga são as posturas mais pesadas. A técnica exige e ensina muita disciplina e é indicada para os que gostam de desafios físicos. 

2. Power Yoga

Uma vertente do Hatha Yoga, em que as posturas são praticadas com mais dinamismo, o que exige força física e consciência corporal. “Não existe sequência fixa e aulas duram de 50 a 99 minutos, incluindo exercícios respiratórios, posturas em pé, no chão e equilíbrios sobre o braço”, aponta a professora. 

Para esse tipo de yoga, o instrutor é livre para criar sua sequência (não precisa seguir algo pré-estabelecido). Por isso, a técnica é indicada para quem gosta de exercícios corporais fortes para chegar ao fim da aula em um nível de relaxamento profundo.

3. Yoga Integral

Combinação de práticas físicas e espirituais com abordagens psicológicas e filosóficas. “Nas aulas desse tipo de yoga, usa-se exercícios de respiração (pranayama), posturas (asanas) e meditação ou relaxamento (dharana e dhyana) como uma maneira de elevar o nível de consciência e se unificar ao seu eu superior”, fala a professora. 

E o melhor é que o Yoga Integral pode ser praticado por todos, independentemente da idade. Essa técnica promete um sistema nervoso mais calmo e uma reconexão espiritual.

4. Iyengar Yoga

“As aulas são estruturadas em posturas que são ensinadas com um grande vigor técnico e foco no alinhamento da coluna. Além disso, são utilizados os props, acessórios específicos, como blocos e almofadões, para auxiliar na execução dos exercícios”, explica Ana Luisa Matsubara, professora de yoga do curso do Namu.

Bastante acessível, o Iyengar Yoga se diferencia das outras modalidades por incentivar o uso desses materiais externos durante a prática dos asanas, tornando a realização das posições mais acessível.

5. Hatha Yoga

Considerada um dos tipos de yoga mais populares do mundo, a técnica é indicada para qualquer pessoa, sem restrição de idade. As aulas têm sequências mais lentas, em que os indivíduos permanecem por mais tempo na mesma postura.

Com o passar do tempo, a Hatha Yoga pode contribuir com a flexibilidade, força corporal, além de melhorar a energia e trazer mais equilíbrio. Sem esquecer do seu grande potencial de relaxamento. 

6. Kundalini Yoga

Também chamada de yoga da consciência, trabalha a energia vital que existe dentro de cada um. “Assim, a prática desse tipo de yoga permite o despertar e a circulação dessa energia através de técnicas, equilibrando todos os sistemas do organismo, promovendo bem-estar físico e emocional e um estado de consciência elevado”, aponta Subagh Kaur Khalsa, professora de yoga, de São Paulo.

A Kundalini Yoga trabalha com o equilíbrio entre o corpo físico e mental. Assim, além de técnicas físicas, tem um foco na metodologia respiratória.

Raja Yoga

Esse tipo de yoga vai além das práticas corporais, compreendendo éticas a serem seguidas para alcançar o chamado estágio de pura consciência. São elas:

  1. Yama - não matar, não mentir, não roubar, não ser desequilibrado e não cobiçar;
  2. Niyama - pureza do corpo e da mente, contentamento, auto-esforço, estudo de si mesmo e das escrituras sagradas, entrega de si mesmo a Deus;
  3. Asanas - posturas psicofísicas, exercícios físicos e mentais da hatha yoga;
  4. Pranayama - controle do prana através de exercícios respiratórios;
  5. Pratyahara - controle dos sentidos;
  6. Dharana - concentração da mente em um ponto;
  7. Dyana - meditação;
  8. Samadhi - união com o Ser interior.

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto