Ágar ágar: conheça o ingrediente que substitui a gelatina na cozinha

Adriana Douglas

Aprenda a utilizar o produto extraído de algas marinhas que é muito aproveitado na culinária vegetariana e nos cardápios de dietas hipocalóricas

Extraído de algas marinhas, o ágar ágar substitui a gelatina comum em diversas receitas.


Ainda desconhecido por muita gente no Brasil, o ágar ágar é um ingrediente versátil que vem ganhando espaço na culinária nacional. Extraído de algas marinhas, ele adquire uma consistência gelatinosa que o torna um excelente substituto da gelatina comum – com a vantagem de ser totalmente livre de substâncias de origem animal.

Por esta razão, o produto vem sendo muito utilizado na culinária vegetariana em variadas receitas doces ou salgadas, de sopas, mousses, pudins até chás. “Um excelente ponto positivo do ágar ágar é justamente o fato de sua composição não derivar de nenhuma proteína animal. Pois assim evita-se o sofrimento e os maus tratos aos animais, como porco e vaca, que são as fontes da gelatina comum”, aponta a chef Bruna Pavão, especialista em nutrição e cozinha saudável.

Ágar ágar x gelatina

De acordo com a profissional, além da questão em torno do meio ambiente, o ágar ágar é também um ingrediente repleto de vantagens para a culinária do dia a dia. Comercializado em forma de pó ou em flocos, o produto tem um maior poder de gelatificação quando comparado à gelatina. “Quando utilizamos o ágar ágar nas receitas, elas tendem a solidificar mais rápido e ficar mais firmes e resistentes”, afirma.

Ainda que os dois ingredientes tenham aplicações parecidas na cozinha, as quantidades e forma de preparo do ágar ágar são diferentes da gelatina tradicional. A chef Bruna Pavão explica: “Para a utilização da gelatina, é preciso apenas hidratá-la em água quente ou fria. No caso do ágar ágar, é sempre necessário que ele seja fervido até obter uma textura viscosa”.

Sempre que for manusear o ingrediente vegetal em casa, a chef indica a seguinte proporção: dissolver cerca de 1 colher (chá) de ágar ágar em 1 xícara (chá) de água. Em seguida, é só levar a mistura ao fogo médio, mexendo por cerca de 2 minutos. “Se a sua receita tiver algum líquido nos ingredientes, utilize este líquido para dissolver o ágar ágar”, acrescenta.

Segundo Bruna, outro ponto positivo do ingrediente é que ele pode ser submetido a altas temperaturas - diferente da gelatina, que não pode ser aquecida a mais de 35 graus. “Caso você tenha utilizado muito ágar ágar na sua preparação, você pode retornar ao fogo (dependendo da receita), acrescentar mais líquido e as propriedades do ágar ágar não serão alteradas”, explica.
 

Ágar ágar é comercializado em forma de pó ou em flocos.


Outros benefícios

Bom para os vegetarianos, o ágar ágar também pode ser um grande aliado em dietas pouco calóricas ou restritivas. Rico em fibras solúveis, ele absorve um grande volume de água, dando a sensação de saciedade que ajuda a diminuir o apetite. Apesar de não ter nenhuma contraindicação específica, o ingrediente deve ser consumido por grávidas e pessoas diabéticas sempre com a orientação de um médico ou nutricionista.

Para quem quiser experimentar o produto, a chef ainda dá uma última orientação. “Evite o uso de ágar ágar em pó quando sua coloração estiver escura e seu odor muito forte e ruim, com características de alimento estragado. Quando adquirir o ingrediente, prefira os de coloração branca e uniforme”. Confira abaixo uma receita com ágar ágar, de Bruna Pavão, para testar em casa.

Terrine de berinjela

Rendimento: cerca de 10 porções

Durabilidade: até 2 dias na geladeira

Ingredientes

4 colheres (sopa) de bebida vegetal

1 colher (chá) de ágar ágar

3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem

1 berinjela cortada em cubos

2 talos de alho-poró em rodelas

1 xícara (chá) de cebolinha verde picada

3 colheres (sopa) de biomassa de banana verde

1/4 de xícara (chá) de vinho branco seco

1/2 xícara (chá) de tofu

1 colher (chá) de sal

1 pitada de pimenta do reino moída

Modo de preparo

  1. Em uma panela pequena, coloque a bebida vegetal e o ágar ágar. Leve ao fogo médio, mexendo sem parar, por cerca de 2 minutos. Retire do fogo e reserve.
  2. Em outra panela, aqueça o azeite e refogue a berinjela com o alho-poró. 
  3. Transfira para um liquidificador, acrescente a cebolinha, a biomassa de banana verde, o vinho branco e o tofu. Bata bem até ficar tudo homogêneo. Acrescente a mistura do ágar ágar e bata novamente.
  4. Despeje em uma forma de bolo inglês untada com azeite e leve à geladeira de um dia para o outro até firmar. Desenforme e sirva gelado. DICA: Decore as laterais da terrine com pepinos e cenouras cortados em tiras.

Copyright fotos: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto