Especialidades gastronômicas da Bretanha: descubra as iguarias da região francesa

Ana Paula Cardoso

Crepe, galette, ostras e manteiga. Conheça as especialidades gastronômicas da Bretanha

Ostras, caramelos e crepe estão entre os segredos culinários da Bretanha.


Um passeio pela Bretanha enche os olhos. Não apenas pelas paisagens rochosas e um mar cor de esmeralda, mas também pela riqueza culinária da região. Localizada no extremo oeste do norte da França, a Bretanha é conhecida por ser o berço do crepe, pelas ostras inigualáveis e por uma manteiga especial, com a  qual se produz o caramel au beurre salé.

“O crepe de trigo sarraceno, o famoso blé noir, é um dos cartões de visita da região. Mas antes de prosseguir, convém uma correção: na França crepe é a denominação do prato quando ele é recheado com algo doce. Os 'crepes salgados' na verdade recebem o nome de galette”, explica a relações públicas do Office de Tourisme de Saint Malo, Virginie Lizion.

Ostras da Bretanha

Um  dos segredos da Bretanha é que a região é a maior fornecedora de ostras servidas nos restaurantes estrelados de Paris. Ostras da Bretanha são divididos em duas categorias de acordo com seu gosto e origem. As mais famosas são as ostras de Cancale, carnudas e mais salgadinhas, e as de Belon, com sabor mais delicado.
 

As ostras frescas vendidas no mercado de Cancale são degustadas à beira do mar.


Em Cancale, cidade litorânea a 40 minutos de Saint Malo, as ostras são vendidas em um mercado exclusivo – onde só se vende o molusco. Pode-se levar para casa ou pedir para o mercador abrir na hora. Uma dúzia da maior ostra custa em média 7,50 euros. Em Paris, quantidade similar da mesma ostra sai, em média, por 30 euros.

As ostras devem ser sempre compradas fechadas. Abre-se com uma faca especial, sempre até no máximo uma hora antes de consumi-las. Este processo deve ser feito de forma delicada, para não correr o risco de cortar a mão.

Outra dica: as ostras recebem também uma classificação numérica. Mas atenção! Quanto menor for a numeração, maior é a ostra.

Galette: o ‘crepe salgado’ tradicional

O bretão, por natureza, é um povo orgulhoso. Não é para menos. O crepe ou panqueca, apareceu na Bretanha em torno do século XVIII, quando o trigo sarraceno (le blé noir) chegou à região vindo da Ásia, através das Cruzadas. O prato evoluiu no resto do mundo ocidental e se transformou na panqueca, feita com farinha branca.
 

O galette complet: crepe de massa crocante e trigo sarraceno.


A peculiaridade do crepe e do galette bretão é justamente ter mantido a confecção da massa com o trigo original, o que dá ao prato uma consistência mais crocante. O recheio típico desta delícia bretã é o chamado 'gallette complet': feito com queijo Ementhal, presunto e ovo.

Mas no Breizh Café de Saint Malo, é possível experimentar sabores como o de arenque defumado com batatas de Saint Malo. Para harmonizar, os galettes e crepes são servidos com cidra doce ou seca.

Manteiga e caramelo

E por uma manteiga com cristais de sal que, além de fazer sonhar quando passada no pão, também serve de matéria-prima para a produção de uma das melhores sobremesas francesas: o caramel beurre salé. Este tipo de caramelo é feito da mesma forma que o caramelo comum, mas com manteiga salgada na receita. 

O caramel beurre salé: especialidade da Bretanha.


O resultado? Uma sobremesa de sabor doce quebrado pelo sal da manteiga local. O caramelo bretão é vendido tanto em forma de bala como em compotas, funcionando muito bem como calda para acompanhar os crepes.

Quem quiser provar um dos melhores caramelos beurre salé da Bretanha deve ir até a Maison Bordier. A casa, inaugurada em 1927, hoje é uma rede espalhada por toda região. Na cidade de Saint Malo, a charmosa loja funciona como um pequeno museu que conta a história da manteiga. E vende caramelos, queijos e...manteiga, bien sûr!

Serviço dos sabores da Bretanha

Seguem as dicas gastronômicas para quem for passear por Saint Malo, uma das cidades mais belas da região bretã:

Le Comptoir Breizh Café

6 Rue de l'Orme, 35400 Saint-Mal

La Maison du Beurre Bordier

9 rue de l’Orme – 35400 Saint-Malo

Marché de Cancale

Centro da Cidade de Cancale, à beira do mar.

Todos os domingos de 8 às 12 horas

Copyright foto: Fernanda Baronne 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto