Páprica: saiba como usar a especiaria

Priscila Pegatin

Culinarista dá dicas para usar a especiaria feita a partir de pimenta e pimentões e ensina uma receita saborosa

Páprica é produzida com pimentão seco e moído © iStockphoto.com/miss_j


Páprica é uma especiaria feita a partir do pimentão ou pimenta secos e moídos. Muito popular em diversos países do mundo, o condimento é típico da culinária da Hungria. E não por acaso, o nome do ingrediente vem de uma palavra húngara que significa pimenta. 

A páprica existe em duas versões: doce ou picante. O que muda é a variedade do pimentão usada e o processo de fabricação. “Geralmente a páprica mais ardente e de cor clara é produzida com o pimentão sem sementes. Já a páprica escura é a doce, preparada com sementes”, explica Adriana Almeida, culinarista. No entanto, essa regra tem exceção, já que existem diversos tipos de pimenta e pimentão que dão origem ao tempero.

Como usar a páprica?

A páprica doce é assim chamada pois não é apimentada como a versão picante. De sabor bastante suave, ela é usada sobretudo para colorir diversos pratos. Quem busca um gosto mais acentuado deve dar preferência à páprica picante.

Para os iniciantes na cozinha, a culinarista sugere experimentar a especiaria em pratos simples, como arroz, batata assada ou em preparações com frango (veja receita abaixo). Peixes, carnes, aves, canapês, ovos, tortas salgadas e molhos também podem levar o ingrediente. Outra dica saborosa é salpicar páprica sobre batata frita.

É preciso tomar cuidado, entretanto, para não ferver o condimento, pois ele pode dar um gosto amargo aos alimentos. “A páprica pode ir ao fogo por pouco tempo, no máximo cinco minutos, e o ideal é acrescentá-la ao final da receita” ensina Adriana Almeida.

Benefícios para a saúde

A boa notícia é que, além de dar mais sabor às receitas, a páprica também apresenta benefícios para o organismo. Ela melhora a saúde do coração e dos olhos, auxilia no tratamento do diabetes e doenças autoimunes e é rica em antioxidantes.

Para desfrutar desses efeitos benéficos para o corpo, basta usar de uma colher de chá a duas colheres de sopa (dependendo do prato) na receitas do dia a dia.

A seguir, confira uma deliciosa receita de frango com páprica preparada pela culinarista:

Filé de frango com iogurte e páprica doce

Páprica doce é ideal para receitas de carnes, peixes e frango © iStockphoto.com/Bartosz Luczak

 

Ingredientes

1 kg de filé de frango
Suco de 1 limão
Sal marinho e pimenta a gosto
Azeite

Molho

1 cebola grande picada
1 colher (sopa) de páprica doce
1/2 xícara (chá) de mel
200 ml de iogurte desnatado
1 xícara (chá) de cubinhos de cenoura
1/2  xícara de (chá) de alho-poró
3 dentes de alhos amassados

Modo de fazer

  1. Em um recipiente, coloque os filés de frango. Tempere com suco de limão, sal e pimenta. Reserve.
  2. Em uma forma pincele o azeite, coloque os filés para assar e reserve-os.
  3. Refogue primeiro o alho, depois a cebola picada. Junte o mel e a páprica e misture. Cozinhe por aproximadamente 3 minutos.
  4. Adicione o iogurte e misture.
  5. Acrescente as cenouras, mexa e cozinhe por aproximadamente 10 minutos.
  6. Em um prato, coloque os filés e regue-os com o molho.
  7. Salpique com alho-poró quando for servir.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto