Check up ginecológico: saiba quais são os exames indispensáveis

Fernanda Lima
De acordo com especialistas, a visita ao médico deve ocorrer anualmente. Papanicolau e mamografia estão entre os exames mais importantes

Saiba quais são os exames ginecológicos mais importantes e quem deve realizá-los.


Exames ginecológicos são indispensáveis para toda mulher, pois ajudam a prevenir doenças como o câncer de mama ou o câncer de útero. De acordo com a Dra. Juliana Amato, ginecologista e obstetra da Amato Instituto de Medicina Avançada, é importante que todas as mulheres façam um check up ginecológico pelo menos uma vez por ano.

Idade, vida sexual ativa e resultados alterados podem determinar quais exames deverão ser feitos. Com a ajuda da Dra. Juliana e do Dr. Isaac Yadid, ginecologista e diretor médico da Primordia Medicina Reprodutiva, A Revista da Mulher separou uma lista dos exames mais importantes para o check up anual. 

Check up: exames indispensáveis

Exame: Papanicolau 
Objetivo: É o exame padrão para detecção de câncer de colo de útero.
Como é feito: Coloca-se um aparelho na vagina que permite visualizar o colo do útero e colhe-se raspas do tecido que serão enviados para análise.
Quem deve fazer:
Mulheres que já iniciaram a vida sexual.
Quando deve ser feito: Deve ser realizado anualmente, salvo alguns casos de infecção viral ou alterações no seu tecido. Se o resultado do exame se mantiver normal durante três anos,  pode passar a ser feito de dois em dois anos.

Exame: Mamografia 
Objetivo: Exame padrão para detecção de câncer de mama.
Como é feito: Com a ajuda de um aparelho chamado mamógrafo que permite a visualização das glândulas mamárias e axilas de vários ângulos através de raio-x.
Quem deve fazer: É  indicado para mulheres acima dos 40 anos.
Quando deve ser feito: Deve ser realizado anualmente.

Exame: Ultrassom de mama
Objetivo: Detectar lesões, cistos, nódulos e tumores nas mamas de mulheres mais jovens.
Como é feito: É realizado por meio de um transdutor passado sobre as mamas que permitem a visualização das glândulas. Pode ser considerado uma triagem para a mamografia, pois caso o ultrassom indique algo, pede-se esse exame mais aprofundado. 
Quem deve fazer: É indicado para mulheres jovens, normalmente até os 35 anos, por ser menos invasivo e não comprimir a mama. 
Quando deve ser feito: Deve ser realizado anualmente.

Exame: Colposcopia
Objetivo: Detectar a presença de lesões na vagina ou colo do útero e, eventualmente, realizar uma biópsia. 
Como é feito: O exame é realizado com a ajuda de um aparelho chamado colposcópio, munido de lentes que aumentam a imagem e visualizam colo de útero e vagina. 
Quem deve fazer: Deve ser realizada por mulheres que tenham tido alguma suspeita após a realização do papanicolau.

Exame: Ultrassom Pélvico
Objetivo: Evidenciar anormalidades no útero e ovários, como cistos.
Como é feito: Pode ser feito por um transdutor colocado no abdome ou no no canal vaginal. Ambos permitem a visualização dos órgãos em uma tela.
Quem deve fazer: Mulheres que já iniciaram a vida sexual.
Quando deve ser feito: Deve ser realizado anualmente.

Exame: Pesquisa de Sangue oculto nas fezes
Objetivo: Rastrear câncer colo retal em pacientes mais velhas.
Como é feito: Realiza-se uma pesquisa de sangue em amostras coletadas de fezes.
Quem deve fazer: Mulheres que já estão na menopausa e acima de 60 anos.
Quando deve ser feito: Deve ser realizado anualmente.

Outros exames importantes: Exame de sangue para avaliação do lipideograma (colesterol e triglicerídeos) e avaliação hormonal, se necessária.  
Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto