Dicas caseiras para amenizar a cólica menstrual

Etiene Resende
Problema comum que atinge grande parte das mulheres, as temidas cólicas menstruais podem ser amenizadas com dicas caseiras simples

É possível amenizar as cólicas menstruais com dicas simples e caseiras.


Não é raro as mulheres reclamarem das tais cólicas menstruais. Um dos sintomas mais comuns que acompanham os ciclos menstruais, o incômodo costuma melhorar com o passar dos anos, sendo mais intenso entre as adolescentes.

Os conhecimentos populares podem dar uma grande ajuda para amenizar a cólica menstrual, com dicas simples de chás e alterações nos hábitos diários. Veja as os conselhos abaixo.

Dicas caseiras para amenizar a cólica menstrual 

Um dos remédios caseiros mais indicados para a para cólica menstrual é o chá de orégano ou de folhas de mangueira. 

Chá de orégano

Ingredientes
2 colheres (de chá) de orégano
1 xícara de água

Modo de preparo: Ferva a água e em seguida coloque o orégano. Tampe o recipiente por 5 minutos e deixe descansar. O mais indicado é beber o chá entre 2 e 3 vezes ao dia, de preferência sem ser adoçado. Seu efeito se dá pelo fato de possuir uma ação diurética e sudorífera, o que contribui para eliminar as toxinas do organismo. Além das cólicas menstruais, o chá de orégano ajuda também em casos de dores de cabeça. 

Chá de folhas de mangueira

Ingredientes
20 gramas de folhas de mangueira
1 litro de água fervente

Modo de preparo: Coloque as folhas de mangueira em água fervente e deixe por 5 minutos, desligando o fogo em seguida. Após desligar, espere amornar e coe, adoçando em seguida com uma colher de chá de mel de abelhas  (para cada xícara) quando for beber. É indicado tomar o chá de folhas de mangueira 4 vezes por dia e sua eficácia se dá devido as suas propriedades antiespasmódicas.

Outras dicas

É importante lembrar também que os chás de camomila ou de menta, quando tomados quentes, ajudam a aliviar a dor gerada pela cólica menstrual, além dar a sensação de relaxamento.

“Ter uma alimentação mais equilibrada pode também contribuir muito para reduzir a intensidade ou mesmo eliminar as cólicas, uma vez que o corpo passará a funcionar melhor”, destaca a nutricionista Cristina Santos. 

A especialista afirma que para isso é importante reduzir drasticamente a ingestão de gorduras, cortando do cardápio as frituras, manteigas e carnes gordurosas. Elas são responsáveis diretas pela elevação dos níveis de estrógeno, o que por sua vez leva às temidas cólicas.

A ingestão de fibras também possui sua importância, uma vez que a substância presente nos cereais integrais, frutas e verduras favorecem a eliminação do excesso de estrógeno, que é um hormônio que leva ao espessamento do útero e causa contrações musculares para saída do sangue menstrual.

O motivo pode ser outro

Por mais que pareça normal, ter cólicas menstruais com alta intensidade e com certa frequência pode indicar a presença de outras doenças, entre elas a endometriose. Segundo informações da Associação Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE), cerca de 176 milhões de mulheres em todo o mundo sofrem com a endometriose, muitas delas sem mesmo ter conhecimento

Trata-se de uma doença que surge devido ao crescimento do endométrio (tecido que reveste a parede uterina e que envolve o embrião) fora do útero. Esse desenvolvimento anormal causa inflamação, podendo causar cólicas menstruais, alterações urinarias e intestinais durante a menstruação, dores nas relações sexuais e até infertilidade.

Apesar de ter sintomas tão comuns, o diagnóstico da doença não é tão simples, conforme explica a ginecologista e obstetra, Dra. Ana Lucia Beltrame, “É preciso uma atenção especial ao cuidado com a mulher. Ela pode viver anos com o desconforto sem ao menos saber que tem a doença e isso pode ter consequências graves, como a dificuldade para engravidar. O diagnóstico requer prática e habilidade do especialista, além de exames de imagem como ultrassom transvaginal com preparo intestinal”, alerta.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

1 comentário

nathaliagfrein

Conteúdo muito bom e informativo! Também escrevi um artigo sobre cólicas menstruais aqui: https://www.drentrega.com.br/bem-estar/dores-e-sintomas/saiba-se-voce-tem-colica-menstrual