9 meses de gestação: a reta final

Bruna de França
A hora do parto está se aproximando. O cansaço é grande, mas a ideia de ter enfim o bebê nos braços é reconfortante 

No nono mês de gestação, é hora de ajeitar os últimos detalhes e descançar para a chegada do bebê.


Mudanças na mamãe no 9º mês de gravidez

No nono mês de gestação, que se inicia na 36ª semana de gravidez, a barriga da futura mamãe torna-se cada vez mais proeminente e os seios, rígidos. É comum sentir contrações irregulares e pouco dolorosas e o estiramento dos ligamentos da bacia provoca dores. 

A boa notícia é que, como o bebê está descendo, a pressão do útero sobre os outros órgãos diminui. O bebê apóia-se menos sobre as costelas da mamãe e, no último mês de gestação, as grávidas respiram melhor e têm menos problemas digestivos. Por outro lado, é preciso ir ao banheiro frequentemente e é difícil encontrar uma posição confortável para dormir. Sem contar o estresse que só aumenta com a aproximação do grande dia. 

O bebê no 9º mês de gravidez

O bebê está crescendo e passa o último mês na barriga da mamãe engordando. Ganha cerca de 250 g e 1,5 cm por semana. No dia do nascimento ele deverá ter atingido por volta de 3 quilos e 50 cm.

No 9º mês de gestação ele perde a penugem, chamada de lanugo, que o recobria. A pele do bebê é agora completamente rosada e bem menos enrugada. Ele não consegue mais se mexer muito, pois não tem espaço para isso. Seus braços estão cruzados sobre o peito, suas pernas levantadas e dobradas, e a cabeça, na maioria dos casos, voltada para a saída. A quantidade de líquido aminótico diminuiu. A partir do 9º mês o bebê não é mais considerado prematuro. Todos os seus órgão funcionam perfeitamente. Ele está pronto para vir ao mundo!

No 9º mês de gravidez, é hora de…

Fechar as malas

Mesmo que seu médico tenha marcado uma data aproximada para o nascimento, saiba que o bebê pode chegar a qualquer momento! Na 36ª ou  na 37ª semana de gravidez, por exemplo. É preciso, portanto, ficar preparada e não se afastar da maternidade.

Acompanhar de perto a evolução do bebê

No 9º mês de gravidez, as consultas médicas servem para acompanhar o desenvolvimento do bebê, determinar como se dará o parto, medir as contrações e a pressão da mamãe e o ritmo cardíaco do bebê. 

Ir à maternidade

É preciso ir ao hospital se:
  • sua bolsa estourar - pois a partir desse momento o bebê não está mais protegido contra infecções;
  • sentir contrações dolorosas e regulares (que durem de 30 segundos a 1 minuto e venham a cada 5-10 minutos durante uma hora); 
  • tiver sangramentos;
  • ou se não sentir mais o bebê se mexer. 

Além disso, é preciso ir para a maternidade se você tiver atingido a data prevista para o parto, mesmo se não apresentar nenhum desses sinais.

Não deixe para última hora detalhes que podem ser esquecidos. Junte todos os documentos que serão necessários para a entrada na maternidade, tais como: 
  • carteira de identidade; 
  • carteirinha do convênio; 
  • cartão de pré-natal ou carta do médico com informações do pré-natal; 
  • cartão Nacional de Saúde (cartão SUS); 
  • e eventualmente, o recibo de adiantamento pago à maternidade.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto