O bebê de 3 meses

Bruna de França
Dia após dia, os sentidos do bebê se desemvolvem. Aos poucos, ele descobre o mundo que o rodeia. Geralmente é neste período que a mamãe volta a trabalhar. Esta é uma etapa importante para a qual se deve preparar o bebê

O bebê evolui rápido está cada vez mais atento ao mundo que o rodeia.


O sono

Com três meses, o bebê já percebe a diferença entre o sono do dia e o da noite. Aliás, ele já é capaz de dormir de seis a oito horas seguidas, assim, pode-se dizer que ele dorme a noite toda. Seus períodos de vigília também são mais longos, de uma ou duas horas, aproximadamente. 

Fim da licença maternidade: com quem deixar o bebê?

Se a mãe tinha uma atividade profissional antes de ficar grávida, sem dúvida terá de retomá-la em breve. É então que os pais devem decidir com quem deixar a criança. Algumas soluções são as creches (municipais, estaduais ou particulares), uma babá ou um familiar.

Em qualquer caso, é preciso que a transição se faça progressivamente e que o bebê aprenda a conhecer as pessoas que vão se ocupar dele durante o dia. Um período de adaptação é previsto, em geral, nas escolinhas particulares. Com a babá, os pais podem proceder da mesma maneira. Assim, no começo, o pai ou a mãe pode ficar com a criança e, gradualmente, deixá-la sozinha com a babá.

O desenvolvimento

Nesta idade, pode-se dizer que o bebê explora o mundo, de tanto que está atento ao que o rodeia. Ele se agita, mexe muito, manifesta seu contentamento ou descontentamento. Sorri cada vez mais e começa até mesmo a gargalhar. 

O bebê já enxerga melhor e  acompanha com os olhos tudo o que lhe interessa. Ele busca conversar com os pais, emitindo cada vez mais sons. Gosta que mamãe e o papai conversem com ele e presta atenção no que dizem. Mais do que as palavras, são as expressões do  rosto e o tom da voz que ele entende.

Ele também presta atenção nos barulhos. Assim que algum atrai sua atenção, ele gira a cabeça e para o que estava fazendo para se concentrar. 
Como o bebê está cada vez mais curioso, aprecia sair de casa e descobrir coisas novas. Aliás, é provável que, durante esses passeios, ele não caia no sono como fazia nos primeiros meses de vida.

Com três meses, o bebê começa a usar mais as mãos. Primeiro, ele as leva à boca e suga o punho. Ele começa também a apanhar os objetos ao seu alcance. O chocalho é sem dúvida um de seus brinquedos prediletos. Escolha um de cor viva, fácil de segurar e de material lavável. Se o brinquedo fizer barulho facilmente, melhor ainda, pois isso certamente cativará a atenção do pequeno. 

A alimentação

Alimentado com leite materno ou mamadeira, o bebê de três meses faz geralmente cinco ou seis mamadas por dia. É inútil se preocupar se ele não tomar tudo durante uma refeição. O importante é que ele cresça e ganhe peso de maneira regular. 

Se a mamãe precisa voltar ao trabalho e ainda dá o peito ao filho, será preciso de desmamá-lo. Saiba que desmame toma algum tempo, portanto, não deixe para a última hora. Comece bem devagar, substituindo uma das mamadas por uma mamadeira, em seguida duas, e assim por diante. Não é necessário substituir todas as mamadas: é possível manter a da manhã e da noite, por exemplo. 

A saúde

Durante a consulta mensal de rotina, o pediatra continua se certificando que o bebê está crescendo corretamente e lhe dá alguns conselhos sobre alimentação. Geralmente com três meses, a criança pesa em média 5,5kg e mede 60 cm. O crescimento é muito rápido: os bebês ganham, em média, 150 g por semana e vários centímetros por mês. 

No terceiro mês de vida, o nenê deve receber a 1ª. Dose Vacina Meningocócica C (conjugada), que protege o bebê contra uma doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do sorogrupo C.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto