O bebê de 8 meses

Bruna de França
Os oito meses são geralmente um obstáculo difícil. É nesta idade, em geral, que o bebê sente as primeiras angústias da separação. É uma etapa normal e até mesmo necessária ao crescimento da criança

A partir dos 8 meses, o bebê pode ter mais dificuldadede em se separar dos pais.


O desenvolvimento

Com cerca de oito meses, o bebê experimenta as primeiras angústias da separação. Agora ele sabe que é um ser diferente da mãe. Com isso, a partida da genitora é fonte de angústia pois ele ainda não tem consciência de que ela irá voltar. Quando a mãe vai embora, a criança vive o fato como se fosse um abandono. Esta etapa é normal e todos os especialistas afirmam que é essencial à formação do indivíduo. Esta angústia se manifesta essencialmente através do choro assim que a mamãe sai. Com isso, deixá-lo de manhã na creche ou com uma babá se torna um verdadeiro calvário. 

Nesta idade, o bebê conhece perfeitamente o mundo que o rodeia e o meio no qual está evoluindo. Ele costuma não gostar do que é novo e se esconde quando um estranho vem falar com ele. O que ele aprecia, é estar no meio familiar, com os seus mais próximos. 

Esta crise dos oito meses é mais ou menos importante e mais ou menos longa, dependendo da criança. Os especialistas perceberam em especial que as crianças que são deixadas sob guarda de terceiros regularmente e que se acostumaram a ver pessoas diferentes, têm geralmente crises mais amenas. 

Para atravessar esta fase, nada como dar segurança à criança. Se os pais precisam se ausentar, é necessário explicar ao filho para onde vão e por quanto tempo. É importante dizer que irão voltar e que estarão pensando nele, mesmo quando não estiverem presente. Por outro lado, não o obrigue a ir com pessoas que não conhece. 

A alimentação

As refeições do bebê estão agora bem organizadas. Com oito meses, normalmente ele conserva duas mamadeiras, ou mamadas, por dia, e faz duas refeições com papinha. 

Alguns bebês sentem vontade de comer sozinhos desde já e com as mãos. A criança  pega pequenos pedaços de legumes entre o polegar e o dedão e os leva à boca. Isso pode se revelar às vezes cansativo pois ele bagunça tudo e se suja. Mas esta etapa é muito importante, pois ele vai ganhar autonomia. 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto