Período fértil: saiba como calcular e conheça os sinais

Ana Paula Cardoso

Sonho de ser mãe? Fique por dentro de como o corpo sinaliza a ovulação

O corpo dá sinais quando a mulher está em seu período fértil. © iStockphoto.com/djedzura


Em geral, muito fala-se sobre métodos contraceptivo. Porém, para as mulheres em busca da gravidez, o que interessa mesmo é saber quando a ovulação acontece, o chamado período fértil. Mas será que existem de fato sintomas físicos para saber se uma mulher está pronta para engravidar?

Segundo o Dr.Rodrigo da Rosa Filho, ginecologista e obstetra, especialista em reprodução humana, a resposta é sim. Muco cervical, temperatura basal e até algum desconforto na região abdominal podem ser sinais de estar entrando no auge do período fértil.

"No período fértil, a mulher pode sentir o muco cervical mais fluído e transparente e no dia fértil, há aumento da temperatura corpórea em cerca de 0,5 grau. Além disso, algumas mulheres podem ter 'dor do meio', que consiste na dor no momento da ovulação" orienta o especialista.

Apesar de ainda se propagar que a mulher tem aumento de libido durante o período fértil, não há estudos científicos que comprovem a teoria. Alguns médicos acreditam que a vontade de ter filhos pode levar a um maior desejo de ter relações sexuais, em um processo mais psicoemocional que necessariamente físico.

Como calcular o período fértil?

O ciclo menstrual é dividido em período pré-ovulação e pós-ovulação. "A primeira fase é variável, enquanto a fase pós-ovulação dura 14 dias e é fixa, ou seja, há sempre 14 dias entre a data de ovulação e o último dia do ciclo. A mulher que tem ciclo de 28 dias, ovula no 14º dia do ciclo, enquanto a mulher com ciclo de 32 dias, ovula no 18º dia, por exemplo", diz o ginecologista. 

Para saber o período fértil, a mulher deve contar com 3 dias antes dessa data e 3 dias depois. Nas mulheres com ciclos de 28 a 30 dias, o período fértil é entre o 11º e o 21° dias do ciclo. Ou seja, o cálculo é similar ao da tabelinha, método contraceptivo. 

A diferença é como usá-lo: na tabelinha, evita-se relações sexuais no período fértil. Já quem quer engravidar, escolherá justamente os dias de ovulação para tentar a fecundação.

Importância do cálculo para a fecundação

Embora haja uma certa variação para cada pessoa, na maioria das mulheres férteis um dos dois ovários produz um óvulo todos os meses - normalmente no meio do ciclo menstrual. O óvulo produzido desce, então, pela trompa uterina (trompa de Falópio) até o interior do útero. 

Para que ocorra a fertilização, o casal deve ter relações sexuais pouco antes ou pouco depois da ovulação. Pois será o encontro de um espermatozoide que, ultrapassando o canal vaginal, chegará até a trompa uterina encontrando o óvulo.

Como óvulo sobrevive apenas cerca de 36 horas depois da ovulação e o espermatozoide só permanece vivo durante dois ou três dias, a fertilização depende de uma sincronia do tempo e por isso o cálculo do período fértil é tão importante para quem planeja ter filhos.

Segundo especialistas em reprodução humana, para uma mulher ficar grávida, o momento ideal para ter relação sexual é entre 12 a 24 horas antes da ovulação. Para isso existem as formas de tentar determinar o período fértil de forma precisa.

Período fértil fornecido por aplicativo

Existem vários aplicativos para tablets e smartphones que prometem informar com precisão a data do período fértil. Mas nem todos são recomendados por médicos. A mulher precisa conhecer seu corpo, seu ciclo menstrual e sua temperatura corporal para poder usar esses aplicativos com mais eficácia.

"A maioria dos aplicativos apenas faz contas como se a mulher fosse um relógio e que tem ciclo extremamente regular e na prática a maioria das mulheres apresentam variações discretas. O melhor aplicativo é chamado Natural Cycles, pois calcula o período fértil baseado na temperatura corpórea e não apenas no calendário", indica o Dr. Rodrigo da Rosa Filho. 

Mas é bom lembrar: a medição da temperatura deverá ser feita pela mulher todos os dias. A informação será registrada no aplicativo. Sem isso, o auxílio tecnológico para fornecer a melhor data do período fértil não será possível.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto