Conheça os 3 principais métodos para calcular a ovulação

Aline Garcia
Conheça os diferentes métodos para identificar o período de ovulação
A ovulação é acompanhada de sinais característicos, como inchaço e aumento da temperatura corporal. © iStockphoto.com
 
Determinar os dias de ovulação do ciclo menstrual pode ser muito útil para as mulheres que querem engravidar. Existem várias maneiras de calcular o período fértil, mas antes de escolher um método, é preciso ter em mente que período de ovulação varia a cada ciclo e o período fértil se estende por vários dias.
 
Às mulheres que querem engravidar, é recomendado ter relações nos dias que precedem a ovulação para otimizar suas chances, ou seja, a partir do nono ou do décimo dia para um ciclo normal de 28 dias. Mas isso não é razão para não sair do quarto: ter uma relação a cada 48 horas é suficiente.  
 
Veja abaixo as três principais maneiras de identificar os dias da ovulação:
 

O muco cervical

É possível rastrear a ovulação graças a sinais físicos característicos. Primeiro há um corrimento esbranquiçado, mais abundante, transparente e fluido. Trata-se de muco cervical, uma substância translúcida parecida com a clara do ovo. Sua função é facilitar a chegada dos espermatozoides no útero. Ele aparece algumas horas antes da ovulação. Às vezes também, a ovulação coincide com dores de barriga ou estufamentos. 
 

A temperatura basal

Outro sinal de alerta: o pico de temperatura. Numa curva de temperatura ao longo do ciclo inteiro, a ovulação corresponde à mudança de temperatura entre o ponto mais baixo e o mais alto. Ela define, portanto, a data da ovulação, mas somente depois dela ter acontecido.
 
Consequentemente, este método é usado para verificar se a ovulação realmente aconteceu, mas não para antecipá-la. Em contrapartida, a observação de várias curvas de temperatura sucessivas durante vários ciclos permite situar com mais ou menos exatidão a data de ovulação e permite calculá-la.
 

Os testes de ovulação

Eles permitem determinar a ovulação 24 h a 36 h antes da liberação do óvulo. Podem ser encontrados em farmácias e grandes supermercados.  
Como funciona? Para fazer estes testes, basta mergulhar uma tirinha na urina e em seguida analisar a cor obtida: uma faixa muito colorida assinala o período mais propício.
 
O teste é positivo quando detecta uma grande quantidade de hormônio luteinizante LH. A taxa deste hormônio, em fraca quantidade durante o ciclo, aumenta bruscamente bem antes da ovulação, causando a expulsão de um óvulo pelo ovário. 
 
Este método é útil para as mulheres que não sabem quando estão ovulando ou que têm ciclos irregulares. No entanto, ao fazer testes de ovulação antes de ter relações o casal corre o risco de “medicalizar” o ato sexual... O ideal é, portanto, ter uma vida sexual regular, sem pressão.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto