Sunstripping: conheça a técnica que deixa a pele com efeito bronzeado

Jessica Krieger
Com esta maquiagem rápida e fácil de fazer, o rosto fica com aspecto saudável, como se tivesse tomado sol – mesmo nos dias frios de inverno

Make do desfile da DSquared2 no final do ano passado já anunciava a tendência para 2016.


Depois dos famosos contornos, técnica de maquiagem queridinha de celebridades como Kim Kardashian, a novidade da vez é o chamado sunstripping (faixa de sol, em tradução livre). Ou seja, este efeito imita aquele aspecto de pele que acaba de ser queimada pelo sol. Com ele, é possível deixar a face com aspecto mais jovem e saudável, como um bronzeado natural

Fácil e rápido de fazer, o sunstripping foi utilizado nas passarelas internacionais, como no desfile da DSquared2. E, agora, segue para o dia a dia das mulheres que não gostam (ou evitam) tomar sol no rosto. 

“O natural sunstripping é conquistado através de uma semaninha de praia, tomando muito sol, um look meio surfista, o que é quase impossível hoje em dia, já que as mulheres hoje tem se protegido contra a radiação solar. O que é muito prudente. Não é necessário queimar a pele se você pode utilizar os recursos da maquiagem para isso”, analisa o beauty artist Renato Mardonis.

Quem pode fazer?

Na teoria, qualquer tipo de pele pode receber o sunstripping. Mas, na prática, mulheres com a pele muito branquinha devem tomar cuidado para não aumentar o contraste com o tom natural da cútis. Neste caso, os resultados não serão aqueles almejados e, ao contrário, a maquiagem pode até manchar ou ficar artificial demais.

Mardonis acredita que esta técnica também não combina com rosto muito pequeno ou muito quadrado. “Não cabe muito porque pode achatar a pessoa, pois fica um traço reto, de uma orelha a outra. Não fica legal. Neste caso é recomendado apenas dar um rubor às maçãs do rosto”, completa. 

Sunstripping x contorno

Apesar das duas técnicas estarem em alta no universo da maquiagem, elas têm resultados bastante diferentes. Enquanto o contorno equilibra luz e sombra para esculpir e definir o rosto, o sunstripping serve mesmo para dar aquela impressão de pele bronzeada

“A diferença é que o contorno fazemos para ressaltar aquilo que temos de bonito e disfarçar o que queremos esconder, como um nariz grande, olhos caídos, etc. Já o sunstripping serve apenas para dar o ar saudável ao rosto”, analisa a maquiadora Thayanne Sant'anna.


Passo a passo

Thayanne explica que, para fazer o sunstripping, o primeiro passo é utilizar uma boa cobertura de pele com corretivo, base e pó no rosto. Depois, basta usar um pincel para aplicar o blush ou bronzant em linha reta, de orelha a orelha, pegando as maças do rosto, nariz e passando por baixo do olho. 

 “O segredo é escolher o tom correto do pó bronzeador ou blush. Mais alaranjados para as peles mais clarinhas e marrons para negras e bronzeadas”, conta. 

Ilustração mostra onde passar o blush ou brozant para não errar no sunstripping.


Se a opção for um tom mais rosa, que seja de uma tonalidade queimada para conferir este aspecto “coradinho” no rosto. “O importante é ir testando para ver o tom e a quantidade de produto que mais se adequam ao seu perfil. Não se esqueça de esfumar para deixar ainda mais natural”, acrescenta Claudia Soares, maquiadora e cabeleireira do Coiffeur Oscar Freire. 


Dicas para não errar

Os três maquiadores entrevistados por A Revista da Mulher para este artigo deram dicas preciosas para acertar no sunstripping em casa. Confira:

Prefira um blush ou brozant liquido para ser aplicado de uma maça do rosto à outra, passando pelo topo do nariz;

Aplique aos poucos e regule a quantidade do produto para não deixar um efeito artificial;

Não aplique muito produto nas pontas do nariz para não ficar com cara de quem está gripada;

Use um pincel mais durinho para garantir firmeza nos traços antes de esfumar;

Na hora de escolher o bronzer ou blush, não se esqueça: tons mais alaranjados para peles mais claras e marrons para bronzeadas, morenas e negras. 
 
Copyright foto: iMAXtree e Reprodução/Instagram

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto