Guia prático: os seis pincéis de maquiagem que você precisa ter e como usá-los

Esqueça o arsenal impossível: com seis bons pincéis você pode construir um kit eficaz para uma aplicação digna de profissional

Guia prático para não errar no uso dos pincéis.


Há quem prefira se maquiar só com os dedos - a top maquiadora Pat McGrath, responsável pela beleza dos desfiles de marcas como Givenchy, Prada e Dolce & Gabbana, só para citar alguns, é uma delas. Mas, se a sua experiência não é comparável à de uma das melhores make-up artists do mundo, um bom pincel pode ajudar, e muito, na missão do acabamento perfeito.

Outra vantagem: o contato dos dedos com a maquiagem estimula o acúmulo de bactérias e de oleosidade no produto, seja ele um corretivo cremoso ou uma sombra, e o resultado é a alteração de cor e textura. Os pincéis, se limpos regularmente (existem bons produtos específicos, que substituem o sabonete e a água, que podem danificar as cerdas), evitam esse problema. Ao guia!

Pincel de pó

Para aplicar pó solto ou compacto de maneira natural, um grande pincel com cerdas macias e naturais (tipo kabuki ou com o cabo longo) é ideal - uma esponja absorve muito mais produto, o que resulta em uma aplicação mais carregada. A vantagem da ferramenta é que se pode ir construindo a cobertura aos poucos: se a ideia é só finalizar, uma passada deve ser suficiente; se o objetivo é cobrir algumas imperfeições, duas ou três. 

Dica: o pincel de pó pode servir também para o pó bronzeador. Na hora de aplicar, siga a dica de Olivier Echaudemaison, diretor criativo de maquiagem da Guerlain: "desenhe um número 'três' na lateral do rosto, começando pela testa, avançando pelas têmporas e finalizando na altura do maxilar".

Pincel de blush

Ele deve ser menor que o pincel de pó e ter um formato levemente diagonal, o que vai garantir a aplicação na área certa, logo abaixo das têmporas. Aqui, vale a mesma dica do pó: ao invés de carregar o pincel com produto, vá construindo a cor aos poucos, reaplicando se necessário, para um efeito natural.

Pincel de base

Um dos mais importantes do arsenal, o pincel de base deve ser a ferramenta de maior investimento. O formato ideal é achatado com a ponta levemente arredondada e cerdas sintéticas, mais indicadas para produtos líquidos ou cremosos. Na hora de aplicar a base líquida, deposite o produto no dorso da mão e molhe o pincel aos poucos para evitar a concentração do produto, e faça movimentos orgânicos que partam do centro do rosto para fora.


Pincel de corretivo

Outro pincel importante, o de corretivo deve ser pequeno com formato levemente pontiagudo e cerdas durinhas. Na hora de aplicar, vá depositando os produtos aos poucos, construindo a cobertura desejada e, ao invés de movimentos orgânicos como a base, prefira "batidinhas" que vão garantir um resultado menos marcado e mais natural. Dica: o pincel de corretivo pode ser usado também para aplicar aquele batom vermelho, já que o formato dele permite o controle.

Pincel de sombra

Fino e com a ponta arredondada, o pincel de sombra deve ter cerdas naturais, melhores para produtos em pó. Na hora de aplicar, deposite a sombra na pálpebra móvel e depois faça um movimento de para-brisa com o pincel para espalhar o produto. Dica: para garantir um efeito de profundidade, aplique sombra marrom bem no limite da pálpebra móvel, marcando todo o côncavo com a ponta do pincel (posicionar o pincel perpendicular ao rosto pode ajudar).

Pincel chanfrado

Para criar um delineado preto, ou então a base de um olho mais construído com sombras, o pincel chanfrado é insubstituível. Seu formato diagonal afiado ajuda no desenho do traço, sobretudo no fim, para garantir que o delineado gatinho seja preciso. 

Dica: coloque o pincel em contato com o produto sem esfregar, o que danifica o pincel, abrindo suas cerdas e fazendo com que o desenho seja menos preciso. Outro detalhe é que geralmente os delineadores cremosos são muito sensíveis, então feche a embalagem (ou vire de ponta cabeça) logo após depositar o produto no pincel, para evitar que ele seque.

Copyright foto: Imaxtree; Arte A Revista da Mulher
 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto